Que é Dislexia?

A Dislexia é uma desordem de aprendizagem que se manifeste como uma dificuldade com leitura, soletração e em alguns casos matemática. É separada e distinta das dificuldades da leitura resultando de outras causas, tais como uma deficiência não-neurológica com visão ou audição, ou da instrução deficiente ou inadequada da leitura.

Calcula-se que influências da dislexia entre 5% e 17% da população dos E.U.

A Dislexia é provavelmente o resultado de um defeito/diferença neurológica, e embora não de uma inabilidade intelectual, uma inabilidade da língua, entre outros.

Há muitas definições da desordem chamada “dislexia” mas nenhum consenso.

A Federação do Mundo da Neurologia definiu a dislexia como segue:

“A dislexia desenvolvente Específica é uma desordem manifestada pela dificuldade que aprende ler apesar da instrução convencional, da inteligência adequada, e da oportunidade sócio-cultural adequada. É dependente das inabilidades cognitivas fundamentais que são freqüentemente da origem constitucional.”

Algumas das outras definições publicadas são puramente descritivas, quando ainda outro personificarem teorias causais. Das definições de variação usadas por pesquisadores e por organizações da dislexia em todo o mundo, parece que a dislexia é não uma coisa mas muitas, tanto que serve como uma carteira de compensação conceptual para um número deficits e de dificuldades das habilidades de leitura, com um número de causas.

Castelos e Coltheart, 1993, tipos fonológicos e de superfície descritos de dislexia desenvolvente pela analogia aos subtipos clássicos da dislexia adquirida (alexia) que são classificados de acordo com a taxa de erros em não-palavras da leitura. Contudo a distinção entre a dislexia de superfície e fonológico não substituiu a terminologia empírica velha de dysphonetic contra tipos dyseidetic de dislexia. Distinção de superfície/fonológico é somente descritiva, e desprovido de toda a suposição aetiological a respeito dos mecanismos subjacentes do cérebro, ao contrário a distinção de dysphonetic/dyseidetic refere dois mecanismos diferentes: - um relaciona-se a um deficit da discriminação do discurso, e ao outro a um prejuízo da percepção visual.

A Maioria de povos com dislexia que têm o tipo do Dysiedetic de Boder, têm as dificuldades attentional e espaciais que interferem com o processo de aquisição da leitura. 

Não há nenhuma cura para a dislexia, mas os indivíduos disléxicos podem aprender ler e escrever com apoio educacional apropriado.

Para sistemas de escrita do alfabeto, o alvo fundamental é aumentar a consciência de uma criança das correspondências entre grafemas e fonemas, e relacionar estes à leitura e à soletração. Encontrou-se que treinar focalizada para a língua visual e ganhos longo-duráveis dos rendimentos ortográficos das edições do que o mero treinamento fonológico oral.

Leitura Adicional


Este artigo é licenciado sob a Licença Criativa da Atribuição-ShareAlike das Terras Comuns. Usa o material do artigo de Wikipedia na “Dislexia” que Todo O material adaptado usado de Wikipedia está disponível sob os termos da Licença Criativa da Atribuição-ShareAlike das Terras Comuns. Wikipedia® próprio é uma marca registada do Wikimedia Fundação, Inc.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski
Comments
The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News-Medical.Net.
Post a new comment
Post