Os sintomas Adiantados da doença de Parkinson podem ser revelados no sono ideal

Published on March 28, 2011 at 12:34 PM · No Comments

Durante um estudo em grande escala dos custos sócio-económicos desta doença neurodegenerative, os pesquisadores Dinamarqueses, alguns da Universidade de Copenhaga, descobriram que os sintomas muito adiantados da doença de Parkinson podem ser revelados no sonho ou no sono do REM.

A doença de Parkinson é uma doença de cérebro a mais conhecida para tremer ele causa. É um incurável, uma doença crónica e afecta gradualmente os músculos e a capacidade mental, afligindo seriamente as vidas se o paciente e seus parentes imediatos.

“No estudo nós vimos que oito anos antes do diagnóstico, os sofredores de Parkinson exibidos trabalham e as indicações da saúde que algo era errado,” diz Poul Jennum, professor da neurofisiologia clínica no Centro para o Envelhecimento Saudável, na Universidade de Copenhaga, e no Centro do Sono no Hospital de Glostrup.

Entre os sintomas muito adiantados são a desordem de sono RBD, ou do sono do REM desordem do comportamento. O REM é uma fase particular do sono em que nós sonhamos, e nossos olhos cintilam ràpida atrás de nossas pálpebras, daqui do termo REM, ou do Movimento de Olho Rápido. Para impedir que nós actuem realmente para fora nossos sonhos o corpo fecham geralmente nosso movimento do músculo durante o sono do REM, mas em RBD é ainda activo, e os dorminhocos do REM com RBD indicam uma escala dos comportamentos dos espasmos simples do braço e do pé ao retrocesso, à gritaria, à apreensão ou a saltar da base.

“Em alguns casos seu comportamento pode ser violento e o resultado nos ferimentos aos pacientes ou a seus sócios,” Professor Jennum explica.

“Nossa hipótese é que as fases muito as mais adiantadas da doença de Parkinson aparecem como várias doenças tais como RBD,” Jennum diz.

Nos últimos anos, os grandes avanços foram feitos no tratamento da doença de Parkinson, mas nós ainda não temos as terapias para abrandar os sintomas mais atrasados, os custos e a mortalidade aumentada da doença.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Dansk | Nederlands | Русский | Svenska | Polski