O antibiótico Novo mostra a promessa contra a mastite bovina

Published on March 20, 2012 at 4:46 AM · No Comments

as doenças foodborne puderam logo ter um outro guerreiro a afirmar com, agradecimentos a uma molécula nova descoberta por químicos nas Universidades de Illinois. O antibiótico novo, um analog da nisina amplamente utilizada do preservativo de alimento, igualmente tem o potencial ser um benefício à indústria de leiteria como um tratamento para a mastite bovina.

A nisina antibiótica ocorre naturalmente no leite, um produto das bactérias residentes na teta da vaca. Ajuda a manter o leite da deterioração e mata um espectro largo das bactérias que causam a doença foodborne, especialmente listeria e clostridium. Foi aprovada como um aditivo de alimento em 1969, e tem-se tornado desde então predominante na indústria alimentar em mais de 50 países.

“É bom saber que há os produtos naturais adicionados a nosso alimento que nos protegem das doenças,” disse o pesquisador Wilfred camionete der Donk do chumbo, um professor da química em Illinois. “Muitos povos provavelmente realizam nem sequer aquele, ou pense que é algum tipo de um produto químico não-natural. No verão passado nós tivemos a manifestação do listeria, e aquele é um bom exemplo dos povos que morrem dos micróbios patogénicos no alimento. Você não ouve tais manifestações frequentemente, e aquele é na parte devido aos compostos que são adicionados ao alimento para matar os micróbios patogénicos.”

A Nisina igualmente mostra a promessa como um tratamento para a mastite bovina, uma infecção nas vacas que custe biliões da indústria de leiteria todos os anos desde que leite produzido durante e shortly after o tratamento antibiótico tem que ser jogado para fora. Desde Que a nisina já esta presente em baixos níveis no leite, os fazendeiros que usam a nisina para tratar a mastite não podem precisar de rejeitar o leite ou a carne dos animais recentemente tratados.

Contudo, para todo seu serviço público, a nisina tem inconvenientes. Produziu em um ambiente ácido, mas torna-se instável a níveis neutros do pH necessários para muitos alimentos ou fármacos. Igualmente torna-se instável em umas mais altas temperaturas, limitando seus usos.

Ao estudar o genoma de uma outra bactéria que vivesse em altas temperaturas, o grupo de camionete der Donk encontrou genes para fazer uma molécula com uma estrutura e uma função similares à nisina, conhecida como um analog. Isolaram os genes e introduzems lhes em Escherichia Coli assim que poderiam produzir o antibiótico novo, geobacillin dublado, em grandes bastante quantidades para estudar suas estrutura e função.

“Como se constata, o geobacillin é mais estável, com respeito ao pH e à temperatura,” camionete der Donk disse. “Nós pensamos que esta é boa notícia para o uso potencial do geobacillin no alimento.”

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski