Resultados da LIBERDADE anunciados

Published on November 8, 2012 at 9:15 AM · No Comments

Por Piriya Mahendra, Repórter dos medwireNews

Os Resultados da mostra experimental da LIBERDADE que a cirurgia do enxerto do desvio de artéria coronária (CABG) reduz significativamente o risco para resultados adversos compararam com a intervenção coronária percutaneous (PCI) nos pacientes com diabetes e doença arterial coronária (CAD).

Contudo, Valentin Fuster (Faculdade de Medicina do Monte Sinai, New York, EUA) e team igualmente relatado na reunião anual da Associação Americana do Coração em Los Angeles, Califórnia, EUA que a incidência de 5 anos do curso era mais alta nos pacientes que se submeteram a CABG do que naqueles que se submeteram ao PCI, em 5,2% contra 2,4%.

Os autores dizem que o benefício de CABG estêve conduzido por diferenças significativas entre os grupos na taxa de MI e a morte de toda a causa. Igualmente indicam que este resultado era similar a todos os níveis de complexidade angiográfica (de acordo com a contagem da SINTAXE), de fracção da ejecção, e de função renal.

Esta experimentação randomized de 1900 pacientes com diabetes e multivessel CAD mostrou que o resultado composto preliminar da morte de qualquer causa, enfarte do miocárdio nonfatal (MI), e curso nonfatal em 5 anos ocorreu significativamente menos freqüentemente em CABG do que pacientes do PCI, em 18,7% contra 26,6%.

Fuster e a equipe observam que embora o Coração, o Pulmão, e o Instituto Nacionais do Sangue recomendem que CABG era o método de tratamento de escolha no diabético e nos pacientes do CAD como consequência dos resultados da Investigação do Revascularization da Angioplastia do Desvio (BARI) nos anos 90, prática clínica não mudem apreciàvel.

“Quando considerados junto, os dados fornecem um sinal de forma convincente que o PCI conduz à mortalidade a longo prazo aumentada, em comparação a CABG, nos pacientes com diabetes e multivessel CAD,” escrevem em New England Journal da Medicina.

Em um editorial relacionado, Mark Hlatky (Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, Califórnia, EUA) diz: “Como um cardiologista que não execute um ou outro procedimento, Eu encontro que a LIBERDADE (Avaliação Futura do Revascularization nos Pacientes com o Diabetes Mellitus: A Gestão Óptima da experimentação da Doença de Multivessel) fornece a evidência de obrigação da eficácia comparativa de CABG contra o PCI nos pacientes a doença arterial coronária do diabetes e do multivessel.”

Continua: “Os resultados da experimentação da LIBERDADE sugerem que os pacientes com diabetes devam ser informado sobre o benefício potencial da sobrevivência de CABG para o tratamento da doença do multivessel. Estas discussões devem começar antes que a angiografia coronária a fim fornecer bastante tempo para que o paciente digira a informação, a discuta com os membros da família e os membros do coração team, e vêm a uma decisão informado.”

Licensed from medwireNews with permission from Springer Healthcare Ltd. ©Springer Healthcare Ltd. All rights reserved. Neither of these parties endorse or recommend any commercial products, services, or equipment.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski