Chave do Exercício a uma vida mais longa

Published on November 12, 2012 at 5:15 PM · No Comments

Por Helen Albert, Repórter Superior dos medwireNews

Participar no exercício do tempo de lazer pode estender a esperança da vida de uma pessoa em até 4,5 anos, sugere pesquisadores.

Baseado em dados associados de seis estudos de coorte, Steven Moore (Instituto Nacional para o Cancro, Bethesda, Maryland, EUA) e os colegas prevêem que esse mesmo pessoa que participa somente ao meio do governo recomendou uma quantidade de exercício pela semana, equivalente a 32.5-75.0 minutos da actividade moderado-à-vigorosa da intensidade, estenderá suas vidas em 1,8 anos.

Escrevendo na Medicina de PLoS, a equipe relata que embora a obesidade seja ligada a uma esperança de vida mais baixa em sua análise, o exercício físico pareceu diminuir até certo ponto os efeitos negativos do excesso de peso.

“Nossos resultados destacam a contribuição importante que a actividade física do tempo livre na idade adulta pode fazer à longevidade,” disseram Moore em uma indicação da imprensa.

“O exercício Regular estendeu as vidas em cada grupo que nós examinamos em nosso estudo - peso, excesso de peso, ou obeso normal.”

Moore e a equipe associaram dados em 654.827 adultos saudáveis envelhecidos 21 a 90 anos para avaliar o impacto do exercício na esperança de vida.

O período mediano da continuação era 10 anos, durante que participantes do tempo 82.465 morreu.

Usando curvas ajustadas directas da sobrevivência, os pesquisadores calcularam esse pessoa que andou vivamente, ou o equivalente, porque até 75 minutos pela semana (0.10-3.74 horas equivalentes metabólicas/semana [MET-h/wk]) ganharam 1,8 anos na esperança de vida comparada com as aquelas que não exercitaram.

Povos que realizaram a quantidade recomendada de exercício pela semana (exercício da vigoroso-intensidade do moderate- de 150 minutos/semana ou 75 dos minutos/semana; 7,5 MET-h/wk) foram calculados para ganhar 3,4 anos de vida e aqueles que relataram a participação duas vezes neste nível de exercício ganharam 4,2 anos em média.

O mais de nível elevado do exercício relatado, o equivalente a 450 minutos do passeio vivo pela semana ou mais, foram associados com um ganho de 4,5 anos na esperança de vida.

Os Ganhos na esperança de vida foram considerados através de todos os grupos (BMI) do índice de massa corporal, mas os grandes ganhos eram para povos do peso normal (BMI 18.5-24.9 kg/m)2 quem participou em 7,5 MET-h/wk ou mais, que ganharam 7,2 anos na vida comparou com os aqueles que eram completamente inactivos.

Licensed from medwireNews with permission from Springer Healthcare Ltd. ©Springer Healthcare Ltd. All rights reserved. Neither of these parties endorse or recommend any commercial products, services, or equipment.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski