MusculoskeletalNetwork caracteriza a cobertura especial das sessões da reunião anual do ACR

Published on November 17, 2012 at 3:21 AM · No Comments

UBM Medica E.U. anuncia que MusculoskeletalNetwork caracteriza a cobertura especial das sessões da reunião anual da Faculdade Americana da Reumatologia (ACR), incluindo a informação a mais atrasada sobre processos novos do FDA para a aprovação dos biosimilars que são como versões genéricas das medicamentações caras usadas agora para tratar condições rheumatologic dolorosas tais como a artrite reumatóide (RA).

Muitas drogas “biológicas” mais novas aprovadas actualmente para estas desordens, tais como o adalimumab (Humira) e o rituximab (Rituxan), são idênticas às moléculas criadas pelo sistema imunitário humano, salvo que estas drogas são manufacturados nas culturas celulares por processos da tecnologia biológica. Seu custo alto, que pode ser executado nos dez dos milhares de dólares pelo mês, deve deixar cair se os fabricantes são permitidos vender uma vez produtos idênticos da “continuação” a patente nas drogas originais expira, apenas porque as versões genéricas menos-caras de outras drogas estão agora no mercado. Desde Que os biosimilars não seriam produzidos exactamente nos mesmos tipos das pilhas, há uns interesses que não puderam ser tão seguros ou eficazes quanto o original biológico.

Como parte do Acto Disponível do Cuidado, o Congresso dos E.U. passou a legislação que autoriza em 2010 o FDA estabelecer políticas para regular biosimilars. Painel FDA no artigo do “em Biosimilars: A Analítica Se Ensaios Clínicos do Trunfo” Rede Osteomuscular menciona oficiais do FDA na conferência do ACR que fala aos interesses específicos dos rheumatologists que assistem à conferência. Estes especialistas estão particularmente interessados na edição como estas drogas, usadas no início primeiramente para tratar o cancro, são agora prova eficaz para muitas desordens rheumatologic tais como o lúpus e formulários da artrite.

Igualmente relatando da conferência, a Rede Osteomuscular revela resultados prometedores de estudos da pre-aprovação em drogas em perspectiva para o RA, que pode ser mais seguro e mais eficaz do que a primeira medicamentação oral para esta circunstância, tofacitinib (Xeljanz). Tofacitinib foi aprovado pelo FDA somente na semana passada.

SOURCE UBM Medica E.U.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski