Determinadas medicamentações de SSRI não conseguem a mesma selectividade para a prevenção de SUDEP

Published on December 4, 2012 at 12:17 AM · No Comments

Os Cientistas da Universidade Do Sul de Illinois relataram hoje os resultados de um estudo que avaliam o efeito potencial de duas medicamentações de antidepressivo selectivas dos inibidores (SSRI) do reuptake da serotonina em reduzir o risco de morte inesperada repentina na epilepsia (SUDEP). Em um relatório apresentado na Reunião Anual da Sociedade Americana 66th da Epilepsia, a equipa de investigação encontrou que determinadas medicamentações de SSRI no estudo não conseguiram a mesma selectividade para a prevenção de SUDEP que o fluoxetine, um SSRI que tinha investigado previamente.

No estudo precedente, a equipe Do Sul de Illinois demonstrou que o fluoxetine de SSRI é eficaz em obstruir SUDEP em um modelo animal para apreensões audiogenic, conduzindo à possibilidade de medicinas actualmente disponíveis que estão sendo provadas eventualmente do uso em reduzir o risco de SUDEP nas pessoas com apreensões deficientemente controladas. O estudo que relatam agora foi conduzido para determinar se o outro SSRIs, fluvoxamine ou sertraline, teriam o mesmo efeito em SUDEP, uma condição actualmente untreatable nos seres humanos. (#1.018 Abstrato) Um SSRI adicional, paroxetine, foi testado igualmente recentemente.

Os investigador testaram os efeitos do fluvoxamine, do sertraline e do paroxetine no assunto dos ratos à apreensão apreensão-induzida, cardiorespiratória no som de um sino elétrico. Os Ratos que exibiram a apreensão cardiorespiratória foram reanimados e tratados mais tarde com uma das medicamentações experimentais. Cada Um dos animais suscetíveis foi expor subseqüentemente outra vez ao som deindução.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski