O Estudo revela o olhar raro no sucesso de programas de tratamento do abuso de substâncias para Afro-americanos

Published on February 20, 2013 at 1:44 AM · No Comments

A pesquisa Nova fora da Universidade de Cincinnati revela um olhar relativamente raro no sucesso de programas de tratamento do abuso de substâncias para Afro-americanos. Os Pesquisadores relatam que a auto-motivação poderia ser uma consideração importante em decidir na estratégia a mais eficaz do tratamento. O estudo conduzido por Ann Kathleen Burlew, um professor do UC de psicologia, e LaTrice Montgomery, um professor adjunto do UC de serviços humanos, é publicado em linha esta semana na Psicologia de Comportamentos Aditivos.

Especificamente entre Afro-americanos, o estudo investigou a eficácia da Terapia Inspirador do Realce (MET) comparada com o tratamento padrão, Aconselhando como de costume (CAU).

A Terapia do Realce da Motivação - que envolve expressar a empatia, ajustar objetivos, evitar a argumentação e apoiar a auto-eficácia - é projectada endereçar o tratamento circunvizinho do abuso de substâncias da ambivalência, se os abusadores são na fase onde estão prontos para viver uma vida substância-livre ou se ainda estão negando a necessidade para qualquer tratamento.

O estudo examinou a relação do tipo do tratamento e a motivação para o tratamento aos resultados dos participantes. Os pesquisadores encontraram que para participantes na Terapia Inspirador do Realce (MET), os abusadores de substância que eram altamente motivado à mudança relatada menos dias do abuso de substâncias pela semana do que participantes na Assistência Como De Costume (CAU) programa. Contudo, entre os participantes baixo-motivado, a Assistência Como De Costume (CAU) de participantes relatou menos dias do abuso de substâncias ao longo do tempo do que participantes na Terapia Inspirador do Realce (MET).

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski