as pilhas de T do CARRO da Duplo-Sinalização mostram a actividade anticancerosa poderoso no modelo animal

Published on April 8, 2013 at 2:17 AM · No Comments

A necessidade de distinguir entre pilhas normais e pilhas do tumor é uma característica que seja procurada por muito tempo para a maioria de tipos de drogas de cancro. Os antígenos do Tumor, proteínas originais na superfície de um tumor, são alvos potenciais para uma resposta imune normal contra o cancro. Identificando que os antígenos as pilhas do tumor de um paciente expressas são a pedra angular de projetar a terapia do cancro para aquele individual. Mas alguns destes antígenos do tumor são expressados igualmente nas pilhas normais, avançando a terapia personalizada de volta ao problema original.

As pilhas de T feitas para expressar uma proteína chamada CARRO, para o receptor quiméricoe do antígeno, são projectadas transplantando uma parcela de um anticorpo tumor-específico em uma pilha imune, permitindo que reconheçam antígenos na superfície da pilha. Os Carros Adiantados da primeiro-geração tiveram um domínio de sinalização para a activação De Célula T. Os Carros De segunda geração são mais de uso geral e têm dois domínios de sinalização dentro da pilha imune, um para a activação De Célula T e outro para o costimulation De Célula T impulsionar a função do T cell.

Importante, os Carros permitem que as pilhas de T dos pacientes reconheçam antígenos do tumor e matem determinadas pilhas do tumor. Um grande número pilhas de T tumor-específicas, cancro-de combate do CARRO podem ser geradas em um laboratório especializado usando pilhas de T dos pacientes próprias, que são infundidas então de novo nelas para a terapia. Apesar de prometer resultados clínicos, reconhece-se agora que algumas terapias Carro-baseadas podem envolver a toxicidade contra os tecidos normais que baixas quantidades expressas do antígeno tumor-associado visado.

Para endereçar esta edição, o Jr. de Daniel J. Powell, o PhD, o professor adjunto da pesquisa da Patologia e da Medicina do Laboratório, a Faculdade de Medicina de Perelman, a Universidade da Pensilvânia, e o director da Facilidade Celular do Tecido da Terapia, desenvolveram uma aproximação dupla inovativa do CARRO em que o sinal da activação para pilhas de T é separado fisicamente de um segundo sinal costimulatory para pilhas imunes. Os dois Carros levam a especificidade diferente do antígeno -- receptor do mesothelin e do um-folate. Mesothelin é associado primeiramente com o mesotelioma e o cancro do ovário, e o receptor do um-folate com o cancro do ovário.

Powell compara esta aproximação dupla do CARRO a ter dois pedais de gás diferentes, um para começar o sistema imunitário e um segundo para revving o acima. As pilhas de T Duplas do CARRO são mais selectivas para pilhas desde que sua actividade completa exige a interacção com ambos os antígenos, que co-são expressados somente em pilhas do tumor, tecido nao normal do tumor.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski