Leitura do Fim De Semana: O mistério de algumas inovações que são lentas ser aceitadas; mitos sobre a crise da obesidade

Published on July 26, 2013 at 7:46 AM · No Comments

Cada repórter Ankita Rao da semana selecciona leitura interessante em torno da Web.

O Nova-iorquino: Ideias Lentas
Por Que algumas inovações espalham tão rapidamente e outro tão lentamente? Considere as trajectórias muito diferentes da anestesia cirúrgica e dos anti-sépticos. … o 16 de Outubro de 1846, no Hospital Geral de Massachusetts, Morton administrou seu gás através de um inalador na boca de um homem novo que submete-se à excisão de um tumor em sua maxila. … daqui até Fevereiro, a anestesia tinha sido usada em quase todas as capitais de Europa, e daqui até junho na maioria de regiões do mundo. … Nos dezoito-anos sessenta, o cirurgião Joseph Lister de Edimburgo… aperfeiçoou maneiras de usar o ácido carbólico para as mãos e feridas e o destruição de limpeza de todos os germes que pudessem incorporar o campo de funcionamento. O resultado era impressionante umas mais baixas taxas de sepsia e de morte. Você pensaria que… seu método anti-séptico espalharia tão ràpida quanto a anestesia. Longe dele. … Em nossa era de comunicações eletrônicas, nós viemos esperar que as inovações importantes espalharão rapidamente. A Abundância faz… Mas há uma lista ingualmente longa de inovações vitais que não travaram sobre. O enigma é porque (Dr. Atul Gawande, 7/29).

A República Nova: A Perda de Peso Não É a Resposta: Que Michelle Obama Não Obtem Sobre a Obesidade
O mistério o mais grande quando se trata da obesidade não é como impedi-la. É como tratá-lo. Não me obtenha errado. Nós precisamos de conhecer o que expande nossas circunferências de modo que milhões mais não sofram o tipo - o diabetes 2 e a doença cardíaca que seguem. Mas milhões são obesos, agora, e o estabelecimento médico não sabe realmente ajudá-los. Eu aprendi aquele a meu desânimo quando Eu tentei encontrar um programa para um parente que parecesse demasiado novo para faixas do estômago e desvios gástricas. O problema é simples e conhecido. É duro mas nao impossível perder o peso. Mas é quase impossível mantê-lo fora (Judith Shulevitz, 7/23).

O Atlântico: Resposta ao Paciente Que Grita o Mais Alto
As Poucas pessoas argumentiriam que os recursos médicos escassos devem simplesmente ir aos pacientes e às famílias que gritam o mais alto, mas o exemplo recente de uma menina de Pensilvânia dos anos de idade dez com fibrose cística mostra como tal estratégia pode trabalhar. Os pais de Sarah Murnaghan foram à corte exigir que sua filha estivesse colocada na lista da transplantação para os pulmões novos.  A corte concordou, e tem recebido agora um segundo grupo de pulmões depois que seu sistema imunitário rejeitou o primeiro grupo. Há um longo; e contado; a história do solavanco dos pacientes do activista o sistema para obter tratamentos negou-lhes inicialmente. … Mas em uma era de custos dos cuidados médicos e da passagem de aumentação do Acto Disponível do Cuidado (ACA), que procura reinar e regular a despesa, os privilégios de pacientes do activista precisam de ser reexaminados (Dr. Barron Lerner, 7/23).

Cientista Novo: Porque São os E.U. Ricos. Em Tal Saúde Deficiente?
Os Americanos morrem mais novo e experimentam mais ferimento e doença do que povos em outras nações ricas, apesar de gastar quase duas vezes tanto quanto por pessoa em cuidados médicos. Aquela era a conclusão sobressaltado de um relatório principal liberado no começo desse ano pelo Conselho de Pesquisa Nacional dos E.U. e pelo Instituto da Medicina. … Tão distressing como todo o esta é, menos atenção foi dada muito à pergunta óbvia: Por Que são os Estados Unidos tão indispostos? A resposta, despejam, são simples no entanto deceptively complexo: É quase tudo. … nós podemos esperar que a evidência de uma desvantagem da saúde nos Estados Unidos agora está obrigando assim que os termos da conversação e mesmo do cálculo político começarão a mudar. Então, talvez, nós podemos começar endereçar essa desvantagem e parar de pagar por ela com nossas vidas (Laudan Aron, 7/15).

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski