O Leapfrog revela a nova ferramenta que permite que os compradores calculem o dinheiro gastado em erros médicos

Published on July 26, 2013 at 8:25 AM · No Comments

Durante um momento do fluxo para cuidados médicos dos E.U., os empregadores e os compradores são cada vez mais interessados sobre quanto valor recebem para seu investimento enorme nos cuidados médicos. Em uma apresentação ontem à noite nos Motoristas Inovativos do Congresso da Saúde do Mundo do Valor Baseados Comprando o Seminário, a Pasta de Leah, presidente e director geral do não lucrativo empregador-conduzido O Grupo do Leapfrog (Leapfrog), revelou uma nova ferramenta que permitisse que os compradores calculem quanto gastam anualmente nos custos desnecessários devido aos erros médicos que ocorrem dentro dos hospitais agudos gerais do cuidado.

A Calculadora Escondida do Acréscimo, desenvolvida por uma equipe dos peritos, foi concedida o estado da Bandeira de Ouro pela Gestão da Doença que Compra o Consórcio. A calculadora é acompanhada do Livro Branco descritivo do Leapfrog, “Os Americanos Escondidos do Acréscimo Paga por Erros do Hospital.”

“É counterintuitive e ultrajante, mas você pagará muito mais pelos hospitais que têm mais erros, acidentes e infecções,” disse a Senhora Pasta. Os “Erros não são marcados tipicamente como uma linha de item em uma conta - mas os compradores e os consumidores estão pagando milhões de dólares por eles, e nós substanciamo-la com nossa pesquisa.”

“Eu participei com a equipe do Leapfrog para ajudá-los a assegurar a aceitabilidade da Bandeira de Ouro,” diz a Gestão da Doença que Compra o Presidente Al Lewis do Consórcio. “Usaram a melhor evidência disponível e um processo rigoroso para construir a Calculadora Escondida do Acréscimo. Mais importante ainda para a aceitabilidade da Bandeira de Ouro, (1) a matemática está correcta; (2) os cálculos são transparentes; (3) e as suposições, ligadas toda às fontes competentes, podem todavia ser mudadas por um usuário que prefira suposições diferentes.”

Cada ano, mais de 180.000 beneficiários de Medicare morrem das infecções, dos erros, dos acidentes e dos ferimentos hospital-adquiridos. Em 2012, O Grupo do Leapfrog lançou a Contagem da Segurança do Hospital, que usa categorias da letra de “A,” “B,” “C,” “D” ou “F” para avaliar os esforços da segurança e os resultados pacientes de mais de 2.500 hospitais agudos gerais do cuidado através dos Estados Unidos.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski