IGTP, UAB descobrem o primeiro biomarker genético para detectar a demência do corpo de Lewy

Published on July 26, 2013 at 7:59 AM · No Comments

O Trias dos Alemães eu o Instituto de Investigação das Ciências da Saúde de Pujol (IGTP) e o Universitat Autònoma de Barcelona (UAB) descobri o primeiro biomarker genético para detectar a demência do corpo de Lewy (LBD), uma doença que pudesse ser confundida com o Alzheimer. Este biomarker é encontrado em 20% dos casos e diferencia um dos subgrupos da patologia. Licenciado à empresa de Grifols, conduzirá um diagnóstico e um tratamento mais precisos.

A demência do corpo de Lewy (LBD) é a segunda causa da demência após a Doença de Alzheimer. Os sintomas de ambas as doenças são muito similares, desde que em ambos os casos há uma deterioração gradual na capacidade mental, afetando a memória, os processos do pensamento, o comportamento e a actividade física. Estas similaridades significam que alguns pacientes com LBD errada estão diagnosticados e tratados com as drogas usuais para Alzheimer. Mas este tratamento causa reacções adversas ao aproximadamente meio destes pacientes, fazendo a doença muito mais ruim em alguns casos.

Actualmente não há nenhum teste específico para diagnosticar LBD. Na prática, os vários testes neurológicos e neuropsychological são usados para detectar a doença e sua sobreposição possível com outras desordens, mas o diagnóstico clínico de LBD não é muito exacto.

A pesquisa, conduzida pelo IGTP e pelo UAB, conduziu à descoberta do primeiro biomarker genético, encontrou em 20% de casos de LBD, e de uma diferenciação entre um subgrupo de LBD e Doença de Alzheimer. “Embora este marcador detecta somente um determinado número de sofredores de LBD, aumenta significativamente a sensibilidade diagnóstica à doença e estes pacientes podem obter um diagnóstico exacto e conseqüentemente o tratamento direito”, explica o Dr. Katrin Beyer, cabeça do projecto de investigação e pertença ao Grupo de Patologia Estrutural e Molecular, Departamento da Patologia no Hospital do Trias dos Alemães e Instituto.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski