Os Cientistas mostram como um subconjunto de pilhas bacterianas escapa a matança por muitos antibióticos

Published on January 13, 2014 at 1:25 PM · No Comments

Os Cientistas fizeram um avanço importante em compreender como um subconjunto de pilhas bacterianas escapa a matança por muitos antibióticos.

As Pilhas transformam-se “persisters” incorporando um estado em que param de replicating e podem tolerar antibióticos. Ao Contrário da resistência antibiótica, que elevara devido às mutações genéticas e é passada sobre a umas gerações mais atrasadas, esta fase tolerante é somente provisória, mas pode contribuir ao desenvolvimento posterior da resistência.

Em um estudo novo na Ciência do jornal, os pesquisadores do MRC Centram-se para o Bacteriologia Molecular e a Infecção na Faculdade Imperial Londres tem sucedido em pilhas visualizando do persister em tecidos contaminados pela primeira vez, e tem identificado os sinais que conduzem a sua formação.

Virtualmente todas as espécies bacterianas formam subpopulações dos persisters que são tolerantes a muitos antibióticos. Persisters é provável ser uma causa de muitas infecções periódicas, mas pouco é sabido sobre como elevaram.

A equipe desenvolveu um método para seguir únicas pilhas usando uma proteína fluorescente produzida pelas bactérias. Mostraram que a Salmonela, que causa a gastroenterite e a febre tifóide, forma um grande número persisters não-replicating após ser tragado pelas pilhas imunes chamadas macrófagos. Adotando este modo não-replicating, a Salmonela sobrevive ao tratamento antibiótico e atrasa-se no anfitrião, esclarecendo sua capacidade para causar infecções periódicas.

Os pesquisadores igualmente identificaram os factores produzidos pelas pilhas humanas que provocam as bactérias para se transformar persisters.

Um dos autores principais, Dr. Sophie Helaine, disse: “Nós confiamos em antibióticos para defender-nos contra infecções bacterianas comuns como a tuberculose, a cistite, a amigdalite e o tifóide, mas algumas pilhas podem escapar o tratamento por persisters tornando-se, que permite que a infecção volte. Este é um problema grande em si mesmo, mas igualmente fá-lo mais provavelmente que a resistência antibiótica elevarará e espalhará.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski