Pesquisa sobre efeitos da cafeína em jovens após a puberdade

Published on June 16, 2014 at 2:23 AM · No Comments

A entrada da Cafeína por crianças e por adolescentes tem aumentado por décadas, devida na grande parte à popularidade de sodas e das bebidas caffeinated da energia, que são introduzidas no mercado agora às crianças tão novas quanto quatro. Apesar disto, há pouca pesquisa sobre os efeitos da cafeína em jovens.

Um pesquisador que está conduzindo tais investigações é o Templo de Jennifer, PhD, professor adjunto no Departamento das Ciências do Exercício e da Nutrição, Universidade na Escola do Búfalo da Saúde Pública e das Profissões Medicais.

Seu estudo novo encontra que após a puberdade, os meninos e as meninas experimentam a frequência cardíaca diferente e pressão sanguínea muda após ter consumido a cafeína. As Meninas igualmente experimentam algumas diferenças no efeito da cafeína durante seus ciclos menstruais.

O estudo, “as Respostas Cardiovasculares à Cafeína pelo Género e a Fase Pubertal,” serão publicados o 16 de junho em linha na edição De julho de 2014 da Pediatria do jornal.

As fotos Carregável do Templo estão disponíveis em http://www.buffalo.edu/news/releases/2014/06/019.html.

Após estudos, incluir aqueles por esta equipa de investigação, mostrou que a cafeína aumenta a pressão sanguínea e diminui a frequência cardíaca nas crianças, adolescentes e adultos, incluindo meninos e meninas pre-adolescentes. A finalidade aqui era aprender se as diferenças de género em respostas cardiovasculares à cafeína emergem após a puberdade e se aquelas respostas diferem através das fases do ciclo menstrual.

O Templo diz, “Nós encontrou uma interacção entre o género e a dose da cafeína, com os meninos que têm uma resposta maior à cafeína do que meninas, assim como interacções entre a fase, o género e a dose pubertal da cafeína, com as diferenças de género actuais em cargo-pubertal, mas não em pre-pubertal, participantes.

“Finalmente,” diz, “nós encontrou diferenças nas respostas à cafeína através do ciclo menstrual em meninas cargo-pubertal, com diminuições na frequência cardíaca que eram maiores nos aumentos meados de-luteais da fase e da pressão sanguínea que eram maiores na fase meados de-folicular do ciclo menstrual.

“Neste estudo, nós estávamos olhando exclusivamente nos resultados físicos da ingestão da cafeína,” diz. As Fases do ciclo menstrual, marcadas por níveis de mudança de hormonas, são a fase folicular, que começa no primeiro dia da menstruação e das extremidades com a ovulação, e a fase luteal, que segue a ovulação e é marcada por uns níveis significativamente mais altos de progesterona do que a fase precedente.

A pesquisa Futura nesta área determinará a extensão a que as diferenças de género são negociadas por factores fisiológicos tais como o nível de hormona esteróide ou por diferenças nos testes padrões do uso da cafeína, uso da cafeína por pares ou por mais autonomia e controle sobre compras da bebida, Templo diz.

Este dobro-cego, placebo-controlado, estudo da dose- foi financiado por uma concessão do Instituto Nacional no Abuso de Drogas dos Institutos de Saúde Nacionais.

Examinou a frequência cardíaca e a pressão sanguínea antes e depois da administração do placebo e de duas doses da cafeína (1 e 2 mg/kg) em pre-pubertal (8 - aos anos de idade 9; n = 52) e cargo-pubertal (15 - aos anos de idade 17; n = 49) meninos (n = 54) e meninas (n = 47).

Os Co-autores são Amanda M. Ziegler, coordenador de projecto para o Laboratório da Nutrição e de Pesquisa da Saúde, e aluno diplomado Adam Gracyzk, no Departamento de UB de Ciências do Exercício e da Nutrição, na Escola de UB da Saúde Pública e das Profissões Medicais; Ashley Bendlin, aluno de licenciatura no Programa dos Estudos Ambientais e no Departamento de Psicologia, Faculdade de UB das Artes e Ciências; Theresa Sion, aluno de licenciatura em cuidados da família, Escola de Enfermagem de UB; e Karina Vattana, que se graduou recentemente com umas BS em ciências biomedicáveis, em Faculdade de Medicina de UB e em Ciências Biomedicáveis.

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski