DFG para estabelecer cinco Unidades de Pesquisa novas para levar a cabo edições actuais em áreas de pesquisa

Published on July 4, 2014 at 8:10 AM · No Comments

O Deutsche Forschungsgemeinschaft (DFG, Fundação de Pesquisa Alemão) está estabelecendo cinco Unidades de Pesquisa novas. Isto foi decidido pelo Senado do DFG em uma sessão durante a Reunião 2014 Anual na Universidade de Goethe, Francoforte - am - cano principal. As colaborações da pesquisa oferecerão a pesquisadores a possibilidade levar a cabo actual e edições de pressão em suas áreas de pesquisa e estabelecer sentidos inovativos do trabalho.

Como com todas as Unidades de Pesquisa de DFG, a colaboração entre as unidades novas será lugar interdisciplinars e do período do múltiplo. Na inicial período de um financiamento de 3 anos, receberão aproximadamente 8 milhão euro no total. Isto traz o número de Unidades de Pesquisa financiadas pelo DFG a 188.

As Unidades de Pesquisa novas
(em ordem alfabética pela universidade do anfitrião)

De acordo com previsões actuais da população, em 2040 uma em dois povos em Alemanha realizar-se-á sobre 50 anos velho e um em três estará sobre 60. Isto apresenta desafios à medicina, porque as capacidades auto-curas do corpo humano, como a capacidade regenerativa dos órgãos e a capacidade para curar após ferimento, diminuem com idade. Isto é em parte devido às mudanças no sistema imunitário e às reacções mudadas às estimulações externos. Regeneração da Unidade de Pesquisa “em Indivíduos Envelhecidos: Usando o Osso que Cura como um Sistema Modelo Para Caracterizar a Regeneração Sob Circunstâncias Comprometidas” aponta investigar o fenômeno usando o modelo de mudanças relativas à idade em processos de cicatrização do osso e ligar isto para pesquisar em outros processos relativos à idade.
(Porta-voz: Professor Dr. - Ing. Georg Duda, Charité - Universitätsmedizin Berlim, Universidade Livre de Berlim e Universidade de Humboldt de Berlim)

A revelação de veículos novos e de conceitos inteligentes do transporte é tendo por resultado volumes de tráfego evergrowing e de cargas crescentes do eixo. Esta tendência tem sido negligenciada até agora no campo da infra-estrutura de transporte rodoviário. Este é o ponto de partida para Estruturas A longo prazo da Estrada da Unidade de Pesquisa “para as Cargas Futuras do Tráfego. Uma Estrada Acoplada - Pneumático - Sistema do Veículo”. Os pesquisadores de participação pretendem desenvolver um modelo termomecânico acoplado para a análise física da estrada, dos pneumáticos e do veículo. Além do que uma compreensão melhor da física do sistema, espera-se que os resultados tornarão possível aperfeiçoar estruturas da estrada e os materiais de construção associados para maximizar sua longevidade.
(Porta-voz: Professor Dr. - Ing. Michael Kaliske, Universidade Técnica de Dresden)

Ácinobactéria, conhecida desde a primeira Guerra no iraque, é um grupo de bactérias para que lá é pouco tratamento e que espalhou agora ao redor do mundo e muito rapidamente desenvolve a resistência antibiótica. Seus mecanismos da infecção são pela maior parte desconhecidos, que é porque apresenta tais desafios enormes à ciência e aos fornecedores de serviços de saúde. A Unidade de Pesquisa “Adaptação e Persistência do baumannii Emergente de PathogenAcinetobacter” reune microbiologista, microbiologista médicos, bioquímicos, biólogos estruturais e cientistas da bioinformática para investigar o processo e os mecanismos da infecção da bactéria. O grupo aponta obter introspecções frescas na biologia da infecção, que poderia ser crucial no controle clínico da bactéria. O estudo da Ácinobactéria é igualmente do interesse fundamental na microbiologia médica, porque os factores da virulência conhecidos de outras bactérias não estão actuais na Ácinobactéria.
(Porta-voz: Professor Dr. Volker Müller, Universidade Francoforte de Goethe - am - cano principal)

A Unidade de Pesquisa “Sociabilidade e Saúde nos Primatas” examinará as conexões entre a sociabilidade e a aptidão em primatas não-humanos. Entre babuínos, por exemplo, os indivíduos social integrados têm uma esperança de uma vida mais longa do que os indivíduos social isolados, que têm uma aptidão mais deficiente. Assim como os papéis e as redes sociais afectam a propensão à doença? Estudando os sistemas sociais de primatas, o grupo pretende analisar os impactos de variáveis sociais tais como o tamanho do grupo, o grau do domínio, o apoio social e tácticas de acoplamento em vários aspectos da saúde e da constituição física. Os pesquisadores igualmente planeiam investigar a transmissão das infecções e de doenças de transmissão sexual entre grupos sociais de primatas não-humanos e compreender assim melhor os relacionamentos entre a sociabilidade e a saúde.
(Porta-voz: Professor Dr. Peter M. Kappeler, Deutsches Primatenzentrum GmbH - Instituto de Leibniz para a Pesquisa do Primata, Universidade de Göttingen)

Os processos Sociais da comparação são uma característica fundamental do comportamento humano. Por exemplo, a avaliação de nossa própria realizações ostentando, salário anual ou atracção depende do quem nós nos comparamos com. Este pensamento do comparativo é o foco Relatividade da Unidade de Pesquisa nova “na Cognição Social: Antecedentess e Conseqüências do Comparativo que Pensam”. O grupo pretende investigar se o pensamento comparativo é um princípio do comportamento do superordinate e pode ser usado para explicar vários aspectos do comportamento humano. Os Especialistas na psicologia, na economia comportável e na biologia comportável examinarão os antecedentess e as conseqüências do comparativo que pensam a fim ajudar a explicar a dinâmica complexa do comportamento social humano.
(Porta-voz: Professor Dr. Thomas Muβweiler, Universidade de Água de Colônia)

Read in | English | Español | Français | Deutsch | Português | Italiano | 日本語 | 한국어 | 简体中文 | 繁體中文 | Nederlands | Русский | Svenska | Polski