Os resultados da Pesquisa sugerem estratégias potenciais para combater IBMPFD e outras doenças degenerativos

RESULTADOS
Os pesquisadores do UCLA descobriram a base molecular, e identificaram do tratamento potencial para, de uma doença incurável conhecida como o corpo de inclusão myopathy, doença de Paget com demência frontotemporal, ou IBMPFD. Usando ambas as moscas de fruto genetically projetadas que têm o equivalente da mosca do gene da doença assim como pilhas dos povos com IBMPFD, os pesquisadores descobriram como as mutações levaram por aquelas com dano celular da causa de IBMPFD. Igualmente identificaram dois compostos que podem inverter os efeitos de mutações IBMPFD-associadas nas moscas e em pilhas humanas de IBMPFD. Os resultados sugerem estratégias potenciais para combater IBMPFD e outras doenças degenerativos, incluindo a esclerose de lateral amyotrophic, conhecida geralmente como o ALS.

FUNDO
IBMPFD é uma desordem herdada que afecte os músculos, o cérebro e os ossos. A Maioria povos com a desordem mostram a fraqueza de músculo progressiva, ou de myopathy, conduzindo à perda da mobilidade ou mesmo à falha respiratória. Outro desenvolvem a demência que afecta predominante a língua e o comportamento. Nenhum tratamento está disponível para parar a progressão da doença. Os estudos Prévios mostraram que mutações em um gene que codificasse a Valosin-Contenção da Proteína, conhecido como VSP, causa IBMPFD e alguns formulários do ALS. Além Disso, nos povos com IBMPFD, as mitocôndria, a central eléctrica productor de energia da pilha, não produzem a energia correctamente. Contudo, não era claro como as mutações de VSP interrompem as mitocôndria e como este rompimento conduz à doença.

MÉTODO
A equipe criou as moscas de fruto que são dadas a doença em seus músculos, que conduz aos defeitos múltiplos, incluindo a morte celular do músculo, similar àquela vista nos pacientes. Além, as mitocôndria anormalmente pequenas, fragmentadas apareceram, um sinal da aflição mitocondrial. Isto conduziu a equipe examinar uma proteína chamada Mitofusin que controla a fusão das mitocôndria, mantendo a capacidade de produção energética mitocondrial em pilhas saudáveis. A equipe mostrou que VSP degrada normalmente Mitofusin, mas o mutante VCP é anormalmente overactive, e promove a degradação excessiva de Mitofusin. Esta descoberta explica como dano celular ocorre. Mais importante ainda, voa os compostos deinibição alimentados mostrados a reversão do desperdício do músculo e da fragmentação mitocondrial. As pilhas Pacientes tratadas com os mesmos compostos mostraram respostas positivas similares.

IMPACTO
Os pesquisadores Biomedicáveis estão cada vez mais cientes que os defeitos na fusão mitocondrial são uma indicação das circunstâncias que variam da doença de Parkinson, doença cardíaca ao diabetes. Este papel revela como o mutante VCP pode causar a destruição celular vista em IBMPFD interferindo com as proteínas responsáveis para controlar a fusão mitocondrial. Importante, os inibidores de VCP podem inverter a patologia de IBMPFD nas moscas e dentro - pilhas pacientes. Os inibidores de VCP estão sendo estudados actualmente nos ensaios clínicos para o cancro. Isto levanta a possibilidade de usar inibidores de VCP para tratamentos de IBMPFD e outras doenças causadas por mutações de VCP, tais como o ALS, a neuropatia periférica e a paraplegia espástico hereditária.

Advertisement