Depressão em atletas de elite

Thought LeadersDr. Paul GorczynskiSenior LecturerUniversity of Portsmouth

Um Dr. Paul Gorczynski da entrevista conduziu daqui até abril Cashin-Garbutt, MILIAMPÈRE (Cantab)

Sua pesquisa recente comparou sintomas da depressão na elite e nos não-atletas. Que eram seus resultados principais?

Nossos resultados principais mostraram que os atletas de capacidade elevada eram apenas tão prováveis quanto não-atletas relatar sintomas depressivos suaves ou mais severos.

Você foi surpreendido por estes resultados?

Nós não éramos aquele surpreendidos pelos resultados principais porque a pesquisa recente pelo Arroz de Simon e pelos colegas (2016) mostrou amplamente taxas similares de problemas de saúde mentais entre atletas de elite e não-atletas.

Sua revisão narrativa não agregou os resultados de estudos múltiplos, que é que feito nossa méta-análisis original.

O Que nos surpreendeu era que quando nós conduzimos nosso subgrupo analisa pelo sexo, atletas de elite e os não-atletas tiveram taxas similares da predominância de sintomas depressivos, com as mulheres que são duas vezes mais prováveis que homens relatar sintomas.

Nossos resultados mostraram que as mulheres estão no risco considerável de sintomas depressivos.  

Que são algumas das razões principais pelas quais os atletas de elite podem sofrer da depressão?

Os atletas de Elite estão sob uma quantidade considerável de esforço com uma necessidade de executar bem consistentemente. São examinados frequentemente pelo público, para sua conduta profissional e o que fazem em suas vidas privadas.

Os atletas de Elite igualmente têm um número de procuras colocadas em cima delas, incluindo regimes do treinamento, obtendo junto com treinadores e membros da equipa, tratando os riscos de ferimento e recuperação, assim como os aspectos que cercam a aposentadoria, esperou e inesperado, e uma perda da identidade ostentando.  

Que impacto podem as edições da imagem do corpo ter em atletas de elite?

A imagem do Corpo pode ter um impacto tremendo em atletas de elite. É ligada frequentemente com uma pressão do peso aplicada sobre por treinadores e por companheiros da equipe assim como as expectativas sociais de ter tamanhos de corpo do detalhe. Pode conduzir ao descontentamento do corpo, o uso de suplementos à perda/ganho de peso, e comer desorganizado ou distúrbios alimentares.

Que mais precisa de ser feito para aumentar a consciência de problemas de saúde mentais em atletas de elite?

Muito trabalho é necessário ajudar igualmente a endereçar o estigma em torno dos problemas de saúde mentais no esporte. Atletas, treinadores, oficiais, ventiladores, nós todos temos um papel a jogar para endereçar e eliminar o estigma da doença mental.

Mudar nossas atitudes para procurar da doença mental e da ajuda é importante e necessário assegurar aqueles que precisam a ajuda, procure-a para fora.

Sua pesquisa encontrou um relatório mais alto de sintomas depressivos pelos atletas fêmeas comparados aos atletas masculinos? Como isto compara aos não-atletas?

Sim, e na elite e nas populações da não-elite. As Fêmeas eram duas vezes tão prováveis relatar sintomas depressivos do que homens.

Que são os desafios principais com dados auto-relatados?

os dados do Auto-Relatório podem ser comprometidos pelos povos que compreendem não inteiramente os questionários que se estão enchendo ou pelo desejo social, ou pelos povos que enchem-se nas perguntas em uma maneira que seja vista mais favoràvel.

Que países os dados foram tomados e você viu alguma variação nos resultados entre regiões geográficas?

Os Dados foram obtidos dos estudos conduzidos em Alemanha, em Irã, em Suíça, e nos EUA.

Em geral, as taxas da predominância pareceram ser mais altas para atletas de elite em Alemanha e em Irã do que em Suíça e nos EUA.

Que você pensa as posses futuras para abordar a depressão na elite e nos não-atletas?

Nós precisamos uma pesquisa mais de alta qualidade que avalie sintomas depressivos nos atletas e forneça o tratamento baseado evidência. Pesquise que os atletas, os treinadores, e os oficiais das ajudas sabem que mais sobre a saúde mental e como procurar a ajuda é necessário. A instrução total Tornando-se da saúde mental entre todos os indivíduos no esporte é chave.

Onde podem os leitores encontrar mais informação?

Eu incentivo leitores verificar para fora o Jornal Britânico da Medicina de Esportes para ver se há a pesquisa de alta qualidade a mais atrasada da saúde mental a respeito dos atletas.

Sobre o Dr. Paul Gorczynski

Eu sou um Conferente Superior na Universidade de Portsmouth. Minha pesquisa explora o impacto da actividade física, do exercício, e do esporte na saúde mental.

Advertisement