A medicamentação de acne Comum pode retardar o progresso de recaída-remitir MS, mostras da experimentação

Um ensaio clínico Canadense conduzido por pesquisadores na Universidade do Instituto do Cérebro do Hotchkiss de Calgary (HBI), na Faculdade de Medicina do Cumming (CSM), mostra esse minocycline, uma medicamentação de acne comum, pode retardar o progresso de recaída-remitir a esclerose múltipla (MS) nos povos que têm experimentado recentemente seus primeiros sintomas.

Além do que ser uma descoberta inesperada - uma droga da acne que beneficia uma desordem neurológica - a descoberta é significativa porque oferece uma opção segura e disponível do tratamento para aqueles com a SENHORA adiantada do início. Esta descoberta podia impactar milhares de pacientes em todo o mundo recentemente diagnosticados do MS.

Os resultados do ensaio clínico da Fase 3 foram publicados Quinta-feira 1 de Junho de 2017 em New England Journal da Medicina. A experimentação incluiu 142 participantes entre as idades de 18 e de 60 através de incluir Canadense de 12 locais: Vancôver, Burnaby, Calgary, Edmonton, Winnipeg, Ottawa, Toronto, Londres, Montreal, Cidade de Quebec e Halifax.

O MS é provavelmente uma doença auto-imune do sistema nervoso central (cérebro, medula espinal). A doença ataca o myelin, a coberta protectora dos nervos, causando a inflamação e danificando frequentemente o myelin. A droga trabalha reduzindo a inflamação.

Em Canadá, o custo de terapias actuais para recaída-remitir o MS cai tipicamente na escala de $20.000 a $40.000 pelo ano; o tratamento do minocycline custaria a uma fracção daquele aproximadamente $600 pelo ano. Nos Estados Unidos, o tratamento do MS custa frequentemente aproximadamente três vezes tanto quanto em Canadá. Os Pesquisadores dizem que a poupança de despesas potencial será tremenda e melhorará o acesso ao tratamento para povos com SENHORA.

Os Pesquisadores e os doutores são entusiasmado sobre a descoberta, porque não há nenhuma terapia oral aprovada em Canadá para o uso nesta fase inicial mesma da doença.

A droga própria estêve ao redor por 50 anos, e não precisa uma aprovação mais adicional de Canadá da Saúde de ser usada fora como uma prescrição da rotulagem para a SENHORA.

“Os resultados clínicos estão obrigando,” diz o Dr. Luanne Metz do membro de HBI, autor principal do estudo, que é igualmente um professor no Departamento de Neurociência Clínicas no CSM e em um neurologista dos Serviços Sanitários De Alberta. “Baseou nestes resultados, neurologistas poderá prescrever o minocycline para os povos que experimentam seus primeiros sintomas do demyelination se um MRI sugere que a causa provasse provavelmente ser Senhora”

Os “Pacientes terão agora contudo uma outra opção do tratamento, uma que não exige injecções, monitorando o trabalho de laboratório, ou a autorização especial por sua companhia de seguros; desde que têm a cobertura adequada a começar com. Estes processos podem atrasar a iniciação do tratamento por três a quatro meses visto que o minocycline pode ser começado imediatamente.”

O cuidado Actual para muitos indivíduos que experimentam um primeiro ataque clínico sugestivo de recaída-remitir o MS envolve um cérebro MRI aproximadamente seis meses para determinar se o MS pode ser confirmado ou tratamento com medicamentações injectáveis para reduzir a possibilidade que sua condição evoluirá para confirmar a SENHORA.

“Nós não curamos o MS, mas esta experimentação faz o tratamento futuro fácil e disponível. Tem o impacto global porque há os países onde os povos com MS não podem ser tratados devido ao custo muito alto,” diz V. Pequenino Yong, PhD, um autor do estudo do HBI e professor no Departamento de Neurociência Clínicas.

Jill, 34, experimentados seu primeiro sinal que poderia desenvolver o MS em 27. Acordou com formigar em sua mão, a propagação da dormência a 50 por cento de seu corpo antes que recebeu a confirmação que as lesões tinham formado em seus cérebro e espinha. Ofereceu-se para o ensaio clínico bienal e manteve-se tomar a droga depois que a experimentação terminou. “Juntar-se à experimentação era uma decisão fácil e o apoio que Eu recebi durante todo o processo era excelente. Eu acredito na pesquisa. Como somos mais nós que vamos aprender?”

Jill é agora sintoma - livre e não foi diagnosticado com SENHORA. Após estar na droga por seis anos, Jill consultou com seu médico e decidiu parar de tomar a medicamentação. “É um antibiótico, e Eu quis dar a meu corpo uma ruptura de toda a medicamentação. Eu posso ir para trás no minocycline em algum momento. É grande ter esta opção.”

A experimentação foi financiada pela Sociedade da Esclerose Múltipla de Canadá e de sua Fundação de Investigação Científica afiliado da Esclerose Múltipla (MSSRF). Os Participantes na experimentação que experimentavam seus primeiros sintomas demyelinating randomized para receber duas vezes por dia magnésio 100 do minocycline ou do placebo oral. Sobre seis meses do tratamento, havia uma redução de 27,6 por cento da Senhora desenvolvida tornando-se (O risco era 61 por cento no grupo do placebo e 33,4 por cento no grupo do minocycline.) Isto é similar aos efeitos de terapias actuais.

“Esta é verdadeiramente uma história de sucesso Canadense na pesquisa de que a Sociedade do MS de Canadá e MSSRF são orgulhosos ser uma parte,” diz o Dr. Karen Lee, vice-presidente da pesquisa na Sociedade do MS de Canadá. “Estes são alguns dos pesquisadores os mais experientes e dos neurologistas do mundo, que tomaram uma ideia e a trouxeram do banco à cabeceira. Nós somos incentivados muito pelos resultados do ensaio clínico e satisfeito que os povos que vivem com o MS serão fornecidos uma opção segura e benéfica do tratamento tão cedo na doença como possível.”

Este resultado notável para os indivíduos que experimentam demyelinating sintomas no mundo inteiro realizou-se sobre 18 anos na factura. Yong, um neurocientista, teve inicialmente a ideia testar a medicina da acne em um modelo animal desde que o minocycline tem muitas propriedades anti-inflamatórios que pensou poderia ser útil em tratar a SENHORA. Logo após ter obtido resultados de pesquisa bem sucedidos, nos estudos igualmente apoiados pela Sociedade do MS de Canadá e de MSSRF, Yong teamed acima com Metz que conduziu a transição em um ensaio clínico piloto, então uma Fase 2, e finalmente a experimentação definitiva da Fase 3. “Este estudo destaca os benefícios de terapias existentes de avaliação para outras indicações. O Minocycline é uma medicamentação de acne existente que seja segura, e bem-tolerado e está disponível para o uso clínico imediato,” diz o neurologista de Manitoba, Dr. Ruth Ann Marrie.

A “Pesquisa tem um impacto profundo no cérebro e em cuidados médicos mentais. Afastamento Cilindro/rolo. Yong e Metz forneceram um exemplo notável de como o conhecimento novo da saúde do cérebro pode ser gerado quando o laboratório é construído uma ponte sobre à clínica,” diz o Director Samuel Weiss de HBI, PhD. “Este é um resultado espectacular que impacte positivamente as vidas do pessoa no mundo inteiro - e é um testamento à potência da excelência da pesquisa no HBI e no CSM.”

Advertisement