A doença de Addison nos animais

A doença de Addison é considerada nos seres humanos mas foi considerada em algumas raças dos cães e gato também. Esta circunstância é relativamente rara nos cães e é considerada raro nos gatos.

Os cães fêmeas que são novos a de meia idade são mais prováveis apresentar com esta condição rara. Contudo todas as idades, ambos os géneros dos cães assim como os gatos foram diagnosticados com doença de Addison. Os animais intactos e capados foram detectados com esta circunstância.

Algumas raças dos cães que são mais prováveis obter a doença de Addison incluem o cão de água português, a caniche padrão e a collie farpada. Todas as raças que incluem raças misturadas podem ser diagnosticadas com esta circunstância.

Que causa a doença de Addison nos animais?

Nos cães quando o córtice da glândula ad-renal não produz hormonas esteróides como o cortisol e o aldosterone, uma insuficiência ad-renal preliminar torna-se. Isto é chamado a doença de Addison e nomeado após um médico do século XIX que descreva primeiramente a circunstância nos seres humanos.

Em animais normais estas hormonas são produzidas pelas glândulas ad-renais que são quais são ficados situados apenas na frente dos rins. O cortisol é vital para o funcionamento do corpo porque regula diversas acções.

A produção do cortisol é regulada pelas hormonas produzidas no cérebro da glândula pituitária. Estas hormonas estimulam as glândulas ad-renais. Quando as glândulas ad-renais recebem o sinal do pituitary produzem o cortisol. O cortisol alinha acima o corpo para o esforço.

O Aldosterone ajuda em manter o balanço de sal e de água no corpo e regula a pressão sanguínea. O Aldosterone sinaliza os rins para manter o sódio e para excretar o potássio. Quando a produção do aldosterone diminui a pressão sanguínea e os volumes do sangue deixam cair dràstica.

Causas da doença de Addison nos animais

A doença de Addison resulta de dano às glândulas ad-renais. A destruição ocorre na camada exterior das glândulas ad-renais chamadas o córtice. Próprio sistema imunitário do corpo pode não reconhece as pilhas corticais e não as ataca. Isto é chamado uma doença auto-imune.

Sintomas da doença de Addison nos animais

Os sintomas adiantados são geralmente difíceis de detectar e podem ir despercebidos. Esta circunstância afecta geralmente uns cães mais novos e as fêmeas são mais em risco do que homens. Os ataques repetidos do vômito e da diarreia no animal de estimação são uma indicação adiantada da condição em alguns cães.

Há uma fraqueza a longo prazo da fadiga e de músculo junto com a perda de perda do apetite e de peso. O animal parece letárgico, sonolento e confuso. Pode haver uns sintomas da sede aumentada e da micção aumentada especialmente na noite. Em alguns cães e raças novos do brinquedo pode haver um problema adicionado do baixo açúcar no sangue. As fêmeas faltam geralmente sua estação.

Se não tratado e indetectado uma crise de Addisonian pode ocorrer. Há o seguimento severo do vômito ou da diarreia que lá é um colapso circulatório.

Tratamento

A doença de Addison é tratada usando substituições do cortisol e do aldosterone. As tabuletas esteróides orais (prednisona, prednisolone, dexamethasone) são prescritas para substituir o cortisol.

Para a substituição DOCF do aldosterone as injecções ou as tabuletas do acetato do ludrocortisone podem ser prescritas.

Para o tratamento de uma admissão da crise de Addisonian e a gestão de suporte em uma base urgente é justificado. As injecções intravenosas imediatas da hidrocortisona e de um gotejamento salino são indicadas.

Fontes

  1. https://www.addisondogs.com/addisons/articles/Roundtable_Discussion.pdf
  2. https://www.markusrick.com/download/Canine%20Hypoadrenocorticism%20(Addison's%20Disease).pdf
  3. https://www.animalhealthcarecenterofhershey.com/medical%20handouts/Addisons%20Disease.pdf
  4. https://www.vetstream.co.uk/yourvets/pdf/factsheets/dog/24_262418.pdf

Further Reading

Last Updated: Apr 18, 2019

Dr. Ananya Mandal

Written by

Dr. Ananya Mandal

Dr. Ananya Mandal is a doctor by profession, lecturer by vocation and a medical writer by passion. She specialized in Clinical Pharmacology after her bachelor's (MBBS). For her, health communication is not just writing complicated reviews for professionals but making medical knowledge understandable and available to the general public as well.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Mandal, Ananya. (2019, April 18). A doença de Addison nos animais. News-Medical. Retrieved on October 22, 2019 from https://www.news-medical.net/health/Addisons-Disease-in-Animals.aspx.

  • MLA

    Mandal, Ananya. "A doença de Addison nos animais". News-Medical. 22 October 2019. <https://www.news-medical.net/health/Addisons-Disease-in-Animals.aspx>.

  • Chicago

    Mandal, Ananya. "A doença de Addison nos animais". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Addisons-Disease-in-Animals.aspx. (accessed October 22, 2019).

  • Harvard

    Mandal, Ananya. 2019. A doença de Addison nos animais. News-Medical, viewed 22 October 2019, https://www.news-medical.net/health/Addisons-Disease-in-Animals.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News-Medical.Net.
Post a new comment
Post