Tratamento da bronquectasia

A bronquectasia é uma circunstância em que as vias aéreas se tornam anormalmente largas, fazendo com que o muco acumule e danifique a parede brônquica. Isto, por sua vez, aumenta a susceptibilidade dos pulmões à infecção.

Raio X dos pulmões que foram danificados pela bronquectasia - foto por Puwadol JaturawutthichaiPuwadol Jaturawutthichai | Shutterstock

Os sintomas da bronquectasia variam na severidade de pessoal, e incluem:

  • Tosse a longo prazo que produz a fleuma
  • Dispneia

A bronquectasia pode afectar qualquer um de toda a idade, mas o mais geralmente do segmento de meia idade. Infelizmente, o dano feito aos pulmões pela bronquectasia é permanente.

Que causa a bronquectasia?

Embora em muitos casos uma causa específica para a bronquectasia não possa ser encontrada, os factores de risco conhecidos incluem:

  • Uma história de infecções sérias do pulmão tais como a pneumonia ou gritar - tosse
  • Um sistema imunitário enfraquecido que saa dos brônquio suscetíveis às infecções
  • O aspergillosis broncopulmonar alérgico (ABPA) - uma alergia a um tipo específico dos fungos que fizesse com que os brônquio se tornem inflamou-se
  • Aspiração - inalando objetos estrangeiros
  • Fibrose cística e defeitos ciliary
  • Doenças do tecido conjuntivo

Como a bronquectasia afecta os pulmões?

Os brônquio são câmaras de ar pequenas nos pulmões que levam o ar aos alvéolos, de onde o oxigênio é absorvido então na circulação sanguínea.

As paredes dos brônquio são cobertas geralmente no muco no interior para protegê-los contra dano e a infecção. Contudo, a inflamação pode enfraquecer os brônquio, causando a dilatação da via aérea e a acumulação aumentada do muco. Isto faz os brônquio mais suscetíveis às infecções.

As infecções causam mais dano aos brônquio, uma produção crescente mais adicional do muco, iniciando desse modo um ciclo que danifique repetidamente os brônquio.

Tratando a bronquectasia

Embora o dano aos pulmões da bronquectasia seja permanente, há um número de opções do tratamento que apontam aliviar sintomas e impedem que o dano escale. O diagnóstico adiantado é chave em limitar a quantidade de dano feita aos pulmões.

As medidas da auto-suficiência que os pacientes podem tomar para aliviar seus sintomas e talvez para prender a progressão da circunstância incluem:

  • Não fumando
  • Tendo uma vacina anual da gripe
  • Tendo a vacina pneumocócico
  • Tomando o exercício regular
  • Ficar hidratado
  • Ficar longe dos povos com frios ou a gripe
  • Comendo uma dieta equilibrada.

Antibióticos

Os antibióticos são usados para infecções do pulmão. Embora os antibióticos para infecções do pulmão sejam tomados geralmente oral, porque os antibióticos severos das infecções podem ser administrados intravenosa.

Expectorantes

Os expectorantes são as drogas que ajudam a diluir o muco. Podem ser junção recolhida com os descongestionantes para melhorar mais resultados. Estas medicamentações facilitam tossir acima o muco. Contudo, há pouca informação em sua eficácia na bronquectasia.

Fisioterapia da caixa (CPT)

Há diversos exercícios da caixa que os pacientes podem realizar sós se são treinados primeiramente em seu desempenho apropriado por um fisioterapeuta. Estes exercícios ajudam a aliviar tossir e dispneia. Os pacientes podem usar uma inclinação principal descendente ou encontrar-se em seus estômagos para melhorar os efeitos de CPT.

Ciclo activo das técnicas de respiração (ACBT)

O ciclo activo das técnicas de respiração (ACBT) é uma técnica comum. Compreende um ciclo de repetição de exercícios de respiração. O ciclo começa com a respiração normal, seguida profundamente respirando, e então tossindo.

A respiração profunda afrouxa o muco e move-o para cima, e tossindo impulsos ele para fora. O ciclo é repetido por 20 minutos às meias horas. Esta técnica não é recomendada sem instrução por um fisioterapeuta, porque dano de pulmão mais adicional pode ocorrer se a técnica é realizada incorrectamente.

Técnica forçada da expiração (FET)

Um outro exercício de respiração é chamado técnica forçada da expiração (FET). O FET envolve o paciente que força para fora algumas respirações, igualmente conhecidas como huffing, e então tomando algumas respirações relaxado.

Um procedimento chamou a percussão da caixa ou a caixa que aplaude pode igualmente ser usada para ajudar a mover o muco das vias aéreas. Envolve um fisioterapeuta que rufa as mãos na caixa e na parte traseira do paciente, ou o mesmo efeito pode ser conseguido com um dispositivo específico conhecido como um percussor mecânico.

Outros dispositivos incluem as máscaras que produzem as vibrações que ajudam a quebrar acima o muco dentro das vias aéreas, das vestes infláveis que usam ondas radiofónicas para empurrar o muco para as vias aéreas superiores, e dos dispositivos de respiração handheld que movem o muco com vibrações. Contudo, há um escassez de informação na eficácia destes dispositivos.

Bronchodilators

Os Bronchodilators são as drogas que ajudam a relaxar os músculos em torno das vias aéreas e assim que facilitam a respiração. Estas medicamentações são dadas geralmente através de um nebulizer, consistindo em máscaraes protectoras ou em um adaptador bucal. Os Nebulizers passam a medicina directamente aos pulmões, e produzem assim a acção rápida. Os antibióticos podem igualmente ser dados através de um nebulizer. O uso dos bronchodilators é às vezes precedente recomendado à fisioterapia da caixa.

Terapia de oxigênio

A terapia de oxigênio aumenta níveis do oxigênio do sangue. O oxigênio é administrado através do nariz ou através de uma máscara. A terapia de oxigênio pode ser dada em casa ou no hospital.

Cirurgia

A cirurgia para a bronquectasia é rara. Contudo, nos casos onde a cirurgia é necessária; por exemplo onde há um sangramento severo nas vias aéreas, a remoção parcial da via aérea pode ser necessária, ou um procedimento cirúrgico necessário para controlar o sangramento. Em casos muito raros, as transplantações do pulmão podem ser realizadas, e os pulmões insalubres são substituídos com os pulmões saudáveis.

Como eficazes são os tratamentos para a bronquectasia?

Alguns tratamentos da bronquectasia são adaptados da fibrose cística (CF) e das terapias crônicas (COPD) da doença pulmonar obstrutiva, porque estas circunstâncias afectam as mesmas áreas dos pulmões e apresentam sintomas similares. Contudo, de acordo com uma avaliação realizada no Reino Unido em 2002, 87% dos fisioterapeuta sentem a necessidade para uma pesquisa doença-mais específica.

O cuidado é necessário ao usar os tratamentos prescritos para outras circunstâncias, como a resposta de variação da mostra diferente das circunstâncias ao mesmo tratamento, de qualquer modo similar seus sintomas.

Fontes

Further Reading

Last Updated: Jan 10, 2019

Lois Zoppi

Written by

Lois Zoppi

Lois is a freelance copywriter based in the UK. She graduated from the University of Sussex with a BA in Media Practice, having specialized in screenwriting. She maintains a focus on anxiety disorders and depression and aims to explore other areas of mental health including dissociative disorders such as maladaptive daydreaming.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Zoppi, Lois. (2019, January 10). Tratamento da bronquectasia. News-Medical. Retrieved on December 07, 2019 from https://www.news-medical.net/health/Bronchiectasis-Treatment.aspx.

  • MLA

    Zoppi, Lois. "Tratamento da bronquectasia". News-Medical. 07 December 2019. <https://www.news-medical.net/health/Bronchiectasis-Treatment.aspx>.

  • Chicago

    Zoppi, Lois. "Tratamento da bronquectasia". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Bronchiectasis-Treatment.aspx. (accessed December 07, 2019).

  • Harvard

    Zoppi, Lois. 2019. Tratamento da bronquectasia. News-Medical, viewed 07 December 2019, https://www.news-medical.net/health/Bronchiectasis-Treatment.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News-Medical.Net.
Post a new comment
Post