Diagnostico e tratamento da insolação

Por Dra. Ananya Mandal, Méd.

O diagnóstico cedo da exaustão e da insulação tem uma importância vital por estas doenças poderem avançar até atingir complicações fatais.

Na maioria dos casos, o diagnóstico é feito de maneira clínica. Isto implica tomar a temperatura e avaliar os sintomas da exaustão por aquecimento e da insolação.

Os passos para o diagnóstico da doença abrangem a avaliação da temperatura, exames de de sangue e assim por diante. (1-4)

Avaliação da temperatura corporal central.

Geralmente, a exaustão por aquecimento pode se manifestar como o suor, extremidades pegajosas e a insolação podem se manifestar como membros quentes o calorosos. Tem que se medir a temperapura corporal central.

Geralmente o termômetro põe se na boca, nas pregas da virilha, o nos dobras da axila para detetar a temperatura central. A temperatura de 40ºC o superior é amiúde um sinal de insolação.

Porém a insolação pode ser diagnosticado a temperaturas inferiores e estas temperaturas não são sempre indicativos de insolação porque podem ser atingidas por atletas durante exercício físico.

Exames do Sangue

Faze-se um teste de sangue de rotina. Isto deteta outros problemas como à anemia, diabete, e a presença de infeções.

Os eletrólitos do sangue tais como o sódio, potássio e os bicarbonatos são administrados em doenças relacionadas ao aquecimento. Estes são avaliados nos exames de sangue.

Prescrevem-se testes do funçionamento do fígado e dos rins para verificar se há danos. Os níveis de urato no sangue indica os estado de saúde dos rins, e os níveis da creatina quinase detecta a desagregação muscular ou a rabdomiólise.

Outros testes para a insolação

Outros testes para diagnosticar a insolação incluem:

  1. Testes de orina para detectar indicações de dáno muscular por rabdomiólise o dános ao rim por complicações da insolaçaõ.
  2. Leva-se a cabo um ECG para observar a atividade do coração.
  3. Prescreve-se um raio-x do tórax para verificar se há aspiração de fluídos e edema pulmonar etc.
  4. Recomenda-se fazer uma IRM e uma tomografia computadorizada para detectar anormalidades importantes nos grandes orgãos.

Descartar outras doenças diagnosticando uma insolação

Outras doenças que imitam a insolação e que devem ser descartadas durante o diagnostico icluem:

  1. envenenamento sanguíneo o a sepsia
  2. malaria
  3. cancros que podem manifestar-se com hiperpirexia maligna ou febre etc.

Pode haver um historial de ingestão de antipsicóticos conduzindo à síndrome maligna neuroléptica o de antidepressivos conduzindo à síndrome da serotonina. Ambas podem manifestar-se com características da insolação.

Podem ver-se também características da insolação nos toxicodependentes que usam anfetamina, cocaína, êxtase etc.

Tratamento da exaustão por calor e da insolação

Aqueles com exaustão por calor e insolação precisam das abordagens terapêuticas seguintes:

  1. Colocar a pessoa em local fresco. Idealmente este é um quarto com ar condicionado ou pelo menos algum local à sombra.
  2. Si o paciente está consciente, oferecem-lhe bebidas frescas. Isto deve ser agua ou uma bebida de reidratação como uma bebida desportiva.

Evitam-se as bebidas com álcool e com cafeína enquanto elas conduzem a uma maior desidratação. Em pacientes com exaustão por calor os sintomas diminuem numa hora ou mais e não deixam efeitos de longo prazo.

  1. Desaperta-se a roupa e tira-se o excesso de roupa. Devia haver ventilação e fluxo de ar adequado para permitir um arrefecimento adicional. Abanar com frenquência ajuda.
  2. A pele do paciente deveria arrefecer-se com agua fresca mas não fria (15-18ºC). Isto pode ser feito tomando um banho fresco ou aplicando uma flanela ou um pano de rostro molhado sobre a pele.

Podem ser imersos em agua fresca mas não fria. Este último passo deve ser praticado soube uma supervisão médica enquanto o miúdo pode responder com uma mudança repentina na pressão do sangue especialmente entre aqueles que têm uma doênça cardíaca ou são idosos.

  1. A pele é massageada suavemente para segurar o fluxo do sangue.
  2. Em caso de crises ou convulsões o paciente é afastado de objetos que podem causar ferimentos. Nada deve ser forcado na boca do paciente.

Para os pacientes que vomitam o que estão inconscientes, posiciona-los de lado é preferível para evitar a sufocação.   Nestes, o departamento de emergencia  deve ser notificado immediatamente.

  1. Aqueles que são vulneráveis à insolação e as suas complicações (como as crianças de menos de dois anos, pessoas idosas, debilitadas e os doentes a largo prazo com diabetes e doenças cardíacas ou dos rins) precisam ser deslocados para o hospital para um melhor seguimento e cuidado.
  2. No hospital ministram-se fluidos e eletrólitos como seja preciso ao tempo que se controlam a respiração, as vias aéreas e o manutenção do fluxo do sangue.
  3. Aplicam-se pacotes de gelo ao pescoço, axilas e virilhas do paciente para arrefecer a cerca de 0,1 ° C / minuto. A imersão num banho de gelo tem mostrado ser o método mais eficaz de arrefecimento.

Afrouxa-se o detem-se o arrefecimento quando a temperatura fica <38.5ºC, para evitar o esfriamento. A Lavagem gástrica gelada e a lavagem peritoneal tentam-se nos casos mais graves.

  1. Dão-se medicamentos como as Benzodiazepinas e relaxantes musculares para controlar os tremores e os ataques.
  2. Coloca-se um cateter urinário para medir a quantidade exata de urina.
  3. Complicações como a dificuldade respiratória, a encefalopatia (distúrbio cerebral), a rabdomiólise, os danos hepáticos ou renais são geridos de acordo com a gravidade e os sintomas. (1)

Revisto por April Cashin-Garbutt, Bel.

Fontes

  1. www.nhs.uk/.../Diagnosis.aspx
  2. http://www.patient.co.uk/doctor/Heat-Related-Illness.htm
  3. www.med.navy.mil/.../HeatStroke.pdf
  4. http://www.redcross.org/images/pdfs/code/Heat_Emergencies.pdf

Last Updated: Apr 19, 2019

Dr. Ananya Mandal

Written by

Dr. Ananya Mandal

Dr. Ananya Mandal is a doctor by profession, lecturer by vocation and a medical writer by passion. She specialized in Clinical Pharmacology after her bachelor's (MBBS). For her, health communication is not just writing complicated reviews for professionals but making medical knowledge understandable and available to the general public as well.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Mandal, Ananya. (2019, April 19). Diagnostico e tratamento da insolação. News-Medical. Retrieved on May 16, 2021 from https://www.news-medical.net/health/Diagnosis-and-treatment-of-heat-stroke.aspx.

  • MLA

    Mandal, Ananya. "Diagnostico e tratamento da insolação". News-Medical. 16 May 2021. <https://www.news-medical.net/health/Diagnosis-and-treatment-of-heat-stroke.aspx>.

  • Chicago

    Mandal, Ananya. "Diagnostico e tratamento da insolação". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Diagnosis-and-treatment-of-heat-stroke.aspx. (accessed May 16, 2021).

  • Harvard

    Mandal, Ananya. 2019. Diagnostico e tratamento da insolação. News-Medical, viewed 16 May 2021, https://www.news-medical.net/health/Diagnosis-and-treatment-of-heat-stroke.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News Medical.