Funções do ferro no corpo

O ferro executa muitas funções importantes no corpo. É envolvido primeiramente em transferência do oxigênio dos pulmões aos tecidos. Contudo, o ferro igualmente joga um papel no metabolismo como um componente de algumas proteínas e enzimas.

O ferro é tóxico ao corpo em seu estado livre. É associado com as proteínas através do emperramento da ligante ou sendo incorporado em um grupo do porphyrin - uma molécula circular. Um complexo do formulário ferroso do ferro e do protoporphyrin IX é sabido como o heme. O ferro do Heme é encontrado nas proteínas conectadas com o transporte do oxigênio, incluindo a hemoglobina e o myoglobin. o ferro do Não-heme pode ser encontrado nas proteínas conectadas com a fosforilação oxidativo e em proteínas do armazenamento do ferro como o transferrin e o ferritin.

Produtos que contêm o ferro. Comer saudável. Imagem Copyright: bitt24/Shutterstock
Produtos que contêm o ferro. Comer saudável. Imagem Copyright: bitt24/Shutterstock

Hemoglobina e myoglobin

Aproximadamente 70 por cento do ferro no corpo são encontrados na hemoglobina e no myoglobin. A hemoglobina é a proteína nos glóbulos vermelhos responsáveis para levar o oxigênio aos tecidos dos pulmões. O Myoglobin é uma proteína encontrada nos músculos que seja usada para o armazenamento do oxigênio.

A hemoglobina é o sistema de transporte do oxigênio encontrado nos glóbulos vermelhos de todos os animais vertebrados e de alguns invertebrado. Nos seres humanos, a hemoglobina é compo de quatro subunidades globulares da proteína. As quatro subunidades formam um bolso que ligue um grupo do heme.

O oxigênio liga ao átomo do ferro dentro da molécula da hemoglobina nos pulmões para formar o oxyhemoglobin. Isto ocorre nos capilares dos alvéolos do pulmão. É liberado em seu destino nas pilhas. A hemoglobina leva ligamentos do CO2 de volta aos pulmões a ser expirados como o desperdício, mas do CO2 à parcela da proteína da molécula da hemoglobina, não ao ferro encadernado no grupo do heme.

Como a hemoglobina, o myoglobin liga o ferro dentro de um grupo do heme. Contudo, estrutural, é muito mais simples, consistindo em uma única corrente do polipeptídeo de 154 ácidos aminados. Encontra-se somente em myocytes cardíacos e no músculo esqueletal oxidativo. O Myoglobin é uma proteína do armazenamento do oxigênio. Em mamíferos marinhos, fornece um abastecimento de oxigénio pelos períodos prolongados em que o animal está mergulhando sob a água. Naquelas horas, o myoglobin libera o oxigênio para sustentar o metabolismo aeróbio no músculo. Nos seres humanos, os níveis do myoglobin foram mostrados para ser aumentados em altas altitude.

enzimas Ferro-dependentes

Um grande número enzimas exigem o ferro como um cofactor para suas funções. Entre o mais significativo destes são as enzimas envolvidas na fosforilação oxidativo, o caminho metabólico que converte nutrientes à energia. As enzimas do citocromo ligam o ferro do heme, e alguns complexos da proteína no processo da fosforilação oxidativo têm os centros do ferro-enxofre que são cruciais a sua função.

Ferritin e transferrin

O ferro dietético é armazenado dentro de um complexo da proteína chamado ferritin. O Ferritin tem 24 subunidades que forma uma cápsula em torno dos átomos encadernados do ferro. Cada complexo liga 2000 a 45000 átomos do ferro. Uma outra proteína, transferrin, feito no fígado, transporta o ferro dentro do sangue a outros lugar para o armazenamento. Os lugar principais do armazenamento do ferro no corpo incluem o fígado, o músculo esqueletal, e as pilhas reticuloendothelial. Se a capacidade de armazenamento destas pilhas é excedida, o ferro está depositado perto dos complexos do ferritin-ferro nas pilhas. Estes depósitos são chamados hemosiderin. O ferro no hemosiderin não está disponível à pilha. Os depósitos de Hemosiderin podem ser encontrados no corpo que segue uma hemorragia.

A utilização total do ferro no corpo é regulada pelos mRNAs do ferritin e do transferrin que contêm elementos responsivos do ferro (IREs). A homeostase do ferro exige o ácido ascórbico (a vitamina C), que estimula a absorção do ferro dietético, e ajuda com tomada do ferro do transferrin-limite no plasma. O ácido ascórbico igualmente estimula a síntese do ferritin, ao inibir a degradação do ferritin e o fluxo do ferro fora da pilha.

Fontes

Further Reading

Last Updated: Feb 26, 2019

Dr. Catherine Shaffer

Written by

Dr. Catherine Shaffer

Catherine Shaffer is a freelance science and health writer from Michigan. She has written for a wide variety of trade and consumer publications on life sciences topics, particularly in the area of drug discovery and development. She holds a Ph.D. in Biological Chemistry and began her career as a laboratory researcher before transitioning to science writing. She also writes and publishes fiction, and in her free time enjoys yoga, biking, and taking care of her pets.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Shaffer, Catherine. (2019, February 26). Funções do ferro no corpo. News-Medical. Retrieved on December 14, 2019 from https://www.news-medical.net/health/Iron-Functions-in-the-Body.aspx.

  • MLA

    Shaffer, Catherine. "Funções do ferro no corpo". News-Medical. 14 December 2019. <https://www.news-medical.net/health/Iron-Functions-in-the-Body.aspx>.

  • Chicago

    Shaffer, Catherine. "Funções do ferro no corpo". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Iron-Functions-in-the-Body.aspx. (accessed December 14, 2019).

  • Harvard

    Shaffer, Catherine. 2019. Funções do ferro no corpo. News-Medical, viewed 14 December 2019, https://www.news-medical.net/health/Iron-Functions-in-the-Body.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News-Medical.Net.
Post a new comment
Post