Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Remoção do nó de linfa

Os nós de linfa inchados ou afetados podem às vezes precisar de ser removido para o exame. Isto é chamado biópsia do nó de linfa.

Biópsia do nó de linfa

Uma biópsia envolve a remoção de inteiro ou da parte do nó de linfa para olhar sob o microscópio para sinais da infecção, ou o cancro.

Os nós de linfa são filtros situados em intervalos entre os canais da linfa. Funcionam como parte do sistema imunitário e abrigam os linfócitos que actuam contra as infecções ou os corpos estrangeiros.

Normalmente são duros de sentir. Contudo quando afetados por uma infecção ou por um cancro podem obter mais grandes no pescoço, para trás da cabeça, sob as maxilas e o queixo, atrás das orelhas, do virilha ou dos poços de braço.

Técnicas da biópsia

Para uma biópsia do nó de linfa pode haver diversas técnicas que o doutor pode escolher de. Estes incluem (1-4) -

  • aspiração da Fino-agulha - uma agulha fina é introduzida no nó de linfa e um tecido pequeno da amostra é removido em uma seringa.
  • Biópsia da agulha do núcleo - uma agulha oca com uma ponta especial é introduzida no nó de linfa e uma amostra de tecido o tamanho de uma grão do arroz é removida para o exame
  • Biópsia aberta ou remoção completa do nó de linfa - para este procedimento o local é limpado com um anti-séptico e um cirúrgico estéril drapeja é colocado sobre ele.

    A área numbed usando uma injecção anestésica local. Um corte pequeno é feito sobre a pele. A pele é separada então com cuidado dos nós subjacentes. O tecido circunvizinho é dissecado com cuidado longe do nó. Os nervos e os vasos sanguíneos circunvizinhos, nas áreas em torno do pescoço são evitados especialmente.

    Uma agulha com uma sutura é passada através do centro do nó e a tracção é-lhe aplicada. O nó é eliminado delicadamente. Mais de linfa nós únicos ou podem ser removidos. Se um único nó é removido o procedimento é examiná-lo sob o microscópio.

    Se mais de um nó de linfa é tomado, a biópsia está chamada uma dissecção do nó de linfa. Uma dissecção do nó de linfa pode ser executada sob uma anestesia mais larga usando blocos anestésicos regionais ou mesmo sob a anestesia geral.

    Uma biópsia aberta toma geralmente 30 a 60 minutos. Contudo se há uma dissecção do nó de linfa para remover o cancro, a cirurgia pode tomar mais por muito tempo. Depois que a cirurgia as extremidades da pele é suturada ou grampeada e o local está vestido.

Quando a remoção do nó de linfa é exigida?

Uma biópsia aberta é necessário nos casos de (1-4) -

  • Cancros - os linfomas são cancros do sistema linfático onde pode haver uma febre associada, uma fadiga, uma perda de peso e uma transpiração excessiva na noite.
  • Plataforma dos cancros. Muitos cancros, como o cancro da mama, propagação através dos canais linfáticos.

    O exame da propagação aos nós de linfa os mais próximos pode ajudar o médico a compreender a extensão da propagação. Isto ajuda em encenar a doença. Por exemplo, se há uma propagação extensiva aos nós de linfa, o cancro pode ser de fases avançadas.

  • Remoção do cancro - os nós de linfa que foram afectados são removidos às vezes completamente para remover o cancro e para impedir sua propagação mais adicional.
  • Uma biópsia do nó de linfa da sentinela - este é geralmente o primeiro nó de linfa a que as células cancerosas são mais provável de espalhar de um tumor preliminar. Actua como um protector ou uma sentinela ao órgão afetado.

    Uma biópsia do nó de linfa da sentinela é usada para determinar a extensão, ou a fase, do cancro no corpo.

    Para a biópsia do nó de linfa da sentinela do cancro da mama uma incisão é feita sob o vinco do braço do lado afetado. É feita geralmente sob a anestesia geral junto com a remoção do tumor do peito também.

Complicações da remoção do nó de linfa

As complicações da remoção do nó de linfa incluem o sangramento, a dor, o risco de infecções do local operativo, o ferimento de estruturas circunvizinhas em torno do nó como vasos sanguíneos, e os nervos.

Às vezes o maltrato de um nó cancerígeno pode conduzir à propagação de pilhas do tumor na área da biópsia ou à propagação da infecção do nó. (4)

Fontes

  1. http://www.webmd.com/cancer/lymph-node-biopsy
  2. http://www.cancer.gov/cancertopics/factsheet/detection/sentinel-node-biopsy
  3. http://www.breastcancer.org/treatment/surgery/lymph_node_removal/
  4. http://emedicine.medscape.com/article/937855-treatment#showall

Further Reading

Last Updated: Jun 5, 2019

Dr. Ananya Mandal

Written by

Dr. Ananya Mandal

Dr. Ananya Mandal is a doctor by profession, lecturer by vocation and a medical writer by passion. She specialized in Clinical Pharmacology after her bachelor's (MBBS). For her, health communication is not just writing complicated reviews for professionals but making medical knowledge understandable and available to the general public as well.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Mandal, Ananya. (2019, June 05). Remoção do nó de linfa. News-Medical. Retrieved on October 26, 2021 from https://www.news-medical.net/health/Lymph-node-Removal.aspx.

  • MLA

    Mandal, Ananya. "Remoção do nó de linfa". News-Medical. 26 October 2021. <https://www.news-medical.net/health/Lymph-node-Removal.aspx>.

  • Chicago

    Mandal, Ananya. "Remoção do nó de linfa". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Lymph-node-Removal.aspx. (accessed October 26, 2021).

  • Harvard

    Mandal, Ananya. 2019. Remoção do nó de linfa. News-Medical, viewed 26 October 2021, https://www.news-medical.net/health/Lymph-node-Removal.aspx.

Comments

  1. Corey Hayes Corey Hayes United States says:

    Mine started with extreme acute onset of a highgrade fever upwards of 103. I would get then more and more as the year went on till it was every week.Then one morning I woke up with the right dise of my neck swelled up putting pressure on the back of my skull.Went to a specialist ENT and he took 2 large drain neeedles of fluid from my neck. Then he took a biopsy of the tissue.The biopsy was benign infected lymph nodes and a brachial cleft cyst.The surgery took 3 hours because of the amount of infected tissue that had to be removed.And I woke up with a incision from my jaw to collarbone.The worst part of recovery was they had to cut muscle from my neck to shoulder.It took me almost a year to get full strength back in my right arm.They also put a drain tube in my neck which I had for 7 to 10 days after surgery.

  2. Kay Creswell Ex Stubbs Kay Creswell Ex Stubbs United States says:

    I had a sore throat, went to the 'little clinic', Doc said my lymph nodes in my neck were swollen, (that was back in July).  She told me to get a full blood work up.  I just did - in October.  My GYN Doc felt of my neck and could feel some swelling.  She did a full blood work up - everything came back normal.  Even the chest x-ray she sent me to have done.   I had a dental apt this week and had my dentist feel my throat...I was sensitive to his pressure, but he said it wouldn't hurt to do further testing especially if it hurt for him to mash on the right side of my chin.  Guess I'll call my PCP.

    • Deepika Kale Deepika Kale Czech Republic says:

      Hi can you please tell me finally what was the disease? I have some what similar  symptoms. Doctors did my X-ray it was clean no infection. I showed it ENT specialist no infection of ears. My ultrasound showed my organs are fine. Doctors thought I might have TB. then also did all the test related to TB,it seems negative. I don't know what is wrong with me.  If it was undetermined   , did the swelling gone on its own??? or they gave you medicines. Thanks

  3. fatima alzahraa fatima alzahraa Algeria says:

    To Kay Creswell Ex Stubbs  i'm going through the same condition as yours and i'm really afraid of the surgery..does it leave a remarkable  scar!! please answer me!!

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News Medical.