Alergia do perfume

A alergia do perfume ou da fragrância é em segundo - a causa a mais popular de alergias da pele, de acordo com o perito da dermatite de contacto, Dr. Sandy Skotnicki-Grant, forma o centro da dermatologia do louro em Toronto.

A sensibilidade da fragrância pode ser definida como uma irritação ou uma reacção adversa aos produtos químicos em um perfume ou a outros produtos scented tais como refrogeradores de ar e cosméticos. A sensibilidade aos odores fortes pode fazer o Illinois alérgico dos povos severamente. Os povos com a asma ou a outra doença respiratória podem ser mais suscetíveis às alergias da fragrância comparadas aos indivíduos saudáveis.

Sintomas da alergia da fragrância

As sensibilidades aos perfumes ou em fragrâncias gerais provocam várias reacções desagradáveis nos povos. Alguns sintomas comuns da alergia do perfume incluem o seguinte:

  • suave à dor de cabeça severa
  • irritação de pele, itching, e pruridos
  • espirrando, tossindo e nariz ralo, igualmente chamado rhinitis alérgico
  • dificuldades, vertigem, e fadiga de respiração
  • dores do músculo
  • olhos aquosos, vermelhos, e sarnentos
  • chiar
  • incapacidade concentrar-se
  • inchação - ou angioedema
  • náusea e vômito

Os estudos mostraram que nos povos que sofrem das enxaqueca, as fragrâncias fortes dos perfumes ou as águas de Colônia podem mesmo provocar um ataque da enxaqueca.

Produtos químicos da fragrância nos perfumes e nos outros produtos

Os perfumes contêm uma mistura de diversos ingredientes que incluem uma mistura complexa de essências naturais assim como de produtos químicos sintéticos. O perfume ou a água de Colônia média contêm aproximadamente 14 ingredientes químicos secretos que são capazes da provocação suave às reacções alérgicas severas em indivíduos fragrância-sensíveis.

Os povos que têm exposição difundida a estes produtos químicos de sensibilização são em risco da sensibilização do contacto a tais fragrâncias. Muitos destes produtos químicos são altamente instáveis e oxidam prontamente durante o armazenamento ou ao contacto com a luz solar e o ar. Estes produtos da oxidação actuam como agentes phototoxic e sensitizers poderosos.

Um tal produto químico da fragrância, limoneno é usado em produtos de limpeza como um solvente. Não pode somente dividir e sensitizers poderosos do formulário mas igualmente reagir com o ozônio que gera os poluentes perigosos tais como o acetaldeido e o formaldeído, que levantam o risco sério de uma variedade de interesses da saúde. Um outro produto químico de uso geral da fragrância é o linalool, um componente da essência de alfazema.

Seus derivados - acetato linalyl e antranilato linalyl - geram alérgenos do contacto ao contacto com o ar. Além do que ingredientes da fragrância, os perfumes e os pulverizadores do corpo igualmente contêm estabilizadores, solventes, preservativos. "absorber" UV, e tinturas. Independentemente de afetar o usuário, as alergias da fragrância igualmente causam reacções passivas a outro em contacto com ou compartilhando do espaço com o portador.

Como impedir/sensibilidade fragrância do deleite?

Uma maneira de impedir a sensibilidade da fragrância é evitar os produtos que contêm a substância de sensibilização. Com cuidado observar etiquetas em produtos e escolher produtos etiquetaram a “fragrância livre” ou “unscented” pode ajudar, embora estas etiquetas não sejam sempre seguras e o produto possa ainda conter ingredientes ervais. Limite a exposição aos perfumes ou aos perfumes vestidos por outro em lugares públicos ou em locais de trabalho. os povos Fragrância-sensíveis devem certificar-se que os colegas de trabalho estão cientes de sua condição.

Um dermatologista ou um allergist podem recomendar os produtos seguros baseados em sensibilidades individuais. O alérgeno que causa a sensibilidade é diagnosticado geralmente com a ajuda de um teste de correcção de programa na pele do indivíduo afetado. Uma mistura de diversos ingredientes da fragrância é usada testando. Um correcção de programa-teste positivo para um ingrediente particular significaria que a pessoa é alérgica a esse produto químico da fragrância. Com esse conhecimento, a pessoa poderia evitar os produtos que contêm esse ingrediente no futuro. Isto não é fácil embora, como as etiquetas em produtos fragranced normalmente não revelam cada único ingrediente.

Sensibilidade da fragrância no local de trabalho

Os empregadores estão tornando-se cada vez mais accommodative de indivíduos fragrância-sensíveis actualmente. Algumas empresas pararam o uso de refrogeradores de ar e usam produtos de limpeza fragrância-livres a fim minimizar produtos químicos da fragrância em ambientes internos. As empresas igualmente estão educando empregados sobre esta edição e estão executando uma política fragrância-livre voluntária na medida do possível.

Referências

Further Reading

Last Updated: Aug 23, 2018

Susha Cheriyedath

Written by

Susha Cheriyedath

Susha has a Bachelor of Science (B.Sc.) degree in Chemistry and Master of Science (M.Sc) degree in Biochemistry from the University of Calicut, India. She always had a keen interest in medical and health science. As part of her masters degree, she specialized in Biochemistry, with an emphasis on Microbiology, Physiology, Biotechnology, and Nutrition. In her spare time, she loves to cook up a storm in the kitchen with her super-messy baking experiments.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Cheriyedath, Susha. (2018, August 23). Alergia do perfume. News-Medical. Retrieved on October 22, 2019 from https://www.news-medical.net/health/Perfume-Allergy.aspx.

  • MLA

    Cheriyedath, Susha. "Alergia do perfume". News-Medical. 22 October 2019. <https://www.news-medical.net/health/Perfume-Allergy.aspx>.

  • Chicago

    Cheriyedath, Susha. "Alergia do perfume". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Perfume-Allergy.aspx. (accessed October 22, 2019).

  • Harvard

    Cheriyedath, Susha. 2018. Alergia do perfume. News-Medical, viewed 22 October 2019, https://www.news-medical.net/health/Perfume-Allergy.aspx.

Comments

  1. Anthony Flora Anthony Flora United States says:

    So livid with every resource telling me the treatment is to "avoid" these fragrances, thats the whole problem, WE CAN'T. I would love to get out of my customer service job, but I have to go to school for that, WHICH I AM. Take a wild guess where im being exposed to these perfumes/fragrances, AT work and At school. The Symptoms impair our ability to succeed, i get off work and am COMPLETELY wiped out because immune system has been over-active all day just so some un-educated person can have their luxury of scent. The only treatment we have for our skin rashes are extremely powerful, steroid creams which are extremely expensive and un-healthy. Trust me suffers like me, are not having problems at home, its when we go out and try to live our lives. We have a right to breath, and eventually the world will catch on, because our numbers are growing.

  2. Maryanne O'neill Maryanne O'neill Australia says:

    I have the same issue. " Avoidance" is really old school. It doesn't apply to us who cannot simply avoid other people who wear ridiculous amounts of perfume which can hospitalize someone so quickly. The right to breathe is just plain difficult and I believe workplace laws need to change to accommodate not only persons who are intolerant to perfumes but for the people that will develop it as well as the general population. I believe " perfume/ fragrance" is the New silent killer that tobacco had on lung health many decades ago. Just trying to breathe each day .

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News-Medical.Net.
Post a new comment
Post