Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Tratando o cancro da mama usando antibióticos

Faixa clara a:

o cancro da mama Triplo-negativo (TNBC) descreve o formulário da doença que falta a expressão de 3 receptors: hormona estrogénica, progesterona, e HER2. Até 15% dos cancro da mama são considerados ser TNBC, que são correlacionados com uma taxa elevado de retorno sistemático e local.

TNBCs é um grupo heterogêneo; como tal, determinar uma droga que possa confiantemente suprimir um caminho da sinalização comum a tudo é desafiante. O caminho da sinalização de Wnt é um caminho implicado na patofisiologia de TNBC, contudo nenhuma droga visada a este caminho está actualmente no mercado, nem em ensaios clínicos avançados.

Seu papel na inibição do crescimento da célula cancerosa era em meados de 1990 s primeiramente descoberto, mas a investigação subseqüente era limitada. Conseqüentemente, os ensaios clínicos anticancerosos eram pela maior parte inconsequentes devido a suas pequena escala e descontinuidade.

Um estudo recente, contudo, redescobriu o clofazimine como um agente anticanceroso que fornece uma promessa nova de sua aplicação na oncologia.

Dividindo a pilha de cancro da mama. Crédito de imagem: Shutterstock
Dividindo a pilha de cancro da mama. Crédito de imagem: Shutterstock

Uma toxina capaz de parar um caminho da sinalização

Os cientistas da universidade de Genebra e da universidade de Lausana leveraged o efeito do anti-leprotic clofazimine da droga como um agonista eficaz da sinalização de Wnt, o mecanismo celular do núcleo que conduz muitos cancros, incluindo TNBC.

Os resultados, publicados no cancro do jornal rotulam, demonstram a necessidade de reexaminar actualmente drogas disponíveis no mercado para reusar potencial em outros contextos clínicos.

A pesquisa mostra esse clofazimine, um agente da anti-lepra, pode inibir a sinalização de Wnt nas dosagens similares àquelas usadas à lepra do deleite. Clofazimine foi encontrado para inibir o caminho em diversos modelos do xenograft do rato da doença para ser uma supressão eficiente do crescimento do tumor.

A equipe provou um painel das linha celular de TNBC que representaram clìnica subtipos relevantes da doença conhecida à resistência do indicador à quimioterapia. O efeito do clofazimine foi induzido com a indução da apreensão do ciclo de pilha e do apoptosis subseqüente.

Clofazimine é igualmente compatível com o agente citotóxico da quimioterapia, o doxorubicin, que aumenta a supressão do crescimento do tumor sem a indução de efeitos adversos através de uma escala larga de tipos de TNBC. Assim, a propriedade deapreensão da pilha do clofazimine pode ser combinada com a capacidade da pilha-matança do doxorubicin.

Conseguindo a inibição do crescimento do tumor

A equipe, dirigida por Vladimir Katanaev, perfilou a actividade da droga em termos da inibição do caminho de Wnt e da inibição de proliferação de pilha. Sua eficácia alertou in vitro in vivo uma investigação. Para fazer assim, a equipe seleccionou duas linha celular do cancro.

A primeira linha somática é sabida para crescer em uma maneira Wnt-dependente, e a segunda era uma linha celular chemoresistant do cancro que fosse sabida para ser dependente da escolha de Wnt.

Clofazimine podia inibir com sucesso o crescimento do tumor em ambos os modelos do xenograft sem produzir as reacções adversas evidentes que indicam um pedido terapêutico potencial largo para o clofazimine.

Os alvos moleculars da droga são o caminho da sinalização de Wnt e o canal quilovolt 1,3 do potássio, que é pensado para negociar o apoptosis da célula cancerosa. Contudo, o papel da inibição clofazimine-negociada de um ou both of these alvo molecular em tipos diferentes do cancro permanece ser investigado mais.

Um alvo particularmente profundo do clofazimine nos modelos animais estudados é beta-catenin, um componente do caminho da sinalização de Wnt, que causa um interruptor do sobre ao estado da fora-sinalização. Em conseqüência, a pilha pode já não dividir-se.

A promessa da droga Repurposing no futuro

Este estudo indica o potencial da droga que reposiciona no tratamento da doença. Esta aproximação oferece a vantagem do facto que aprovou estas drogas é aprovado para o uso, com muitos já testado nos seres humanos. Como tal, a informações detalhadas sobre sua farmacologia, a toxicidade potencial, a composição, e a dosagem são amplamente disponíveis. Contudo, as edições que cercam o financiamento são levantadas, porque estas drogas não são patenteáveis.

Outros compostos moleculars pequenos conhecidos da droga mostraram que a promessa em outros estudos pré-clínicos igualmente está prometendo as fontes de droga que reposicionam esforços. Além disso, outros effectors de Wnt, incluindo produtos naturais, podem igualmente ser usados no tratamento dos cancros Wnt-dependentes, que têm faltado previamente agentes terapêuticos visados.

Total, este estudo demonstra que os esforços futuros devem ser dirigidos em visar uma parcela particular um pouco do que o caminho no conjunto.

Referência

Ahmed K, Koval A, Xu J, Bodmer A, Katanaev VL. Para o primeiro visou a terapia para o cancro da mama triplo-negativo: Reposicionamento do clofazimine como um inibidor selectivo quimioterapia-compatível do caminho de Wnt. Cancro Lett. 2019; 449:45-55. http://dx.doi.org/10.1016/j.canlet.2019.02.018 PubMed

Further Reading

Last Updated: Feb 23, 2020

Hidaya Aliouche

Written by

Hidaya Aliouche

Hidaya is a science communications enthusiast who has recently graduated and is embarking on a career in the science and medical copywriting. She has a B.Sc. in Biochemistry from The University of Manchester. She is passionate about writing and is particularly interested in microbiology, immunology, and biochemistry.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Aliouche, Hidaya. (2020, February 23). Tratando o cancro da mama usando antibióticos. News-Medical. Retrieved on September 27, 2020 from https://www.news-medical.net/health/Treating-Breast-Cancer-Using-Antibiotics.aspx.

  • MLA

    Aliouche, Hidaya. "Tratando o cancro da mama usando antibióticos". News-Medical. 27 September 2020. <https://www.news-medical.net/health/Treating-Breast-Cancer-Using-Antibiotics.aspx>.

  • Chicago

    Aliouche, Hidaya. "Tratando o cancro da mama usando antibióticos". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Treating-Breast-Cancer-Using-Antibiotics.aspx. (accessed September 27, 2020).

  • Harvard

    Aliouche, Hidaya. 2020. Tratando o cancro da mama usando antibióticos. News-Medical, viewed 27 September 2020, https://www.news-medical.net/health/Treating-Breast-Cancer-Using-Antibiotics.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News Medical.