Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Tipos de trombose

A trombose é um processo que envolve a formação de um coágulo na circulação sanguínea e é classificada em diversos tipos diferentes, de acordo com o lugar do thrombus.

As duas classificações largas são trombose venosa e trombose arterial, segundo se o coágulo estêve desenvolvido em uma artéria ou em uma veia. Dentro destas categorias, há diversos subtipos da trombose.

Trombose profunda da veia

A trombose profunda da veia (DVT) geralmente envolve a formação de um coágulo de sangue na veia femoral do pé e é o tipo o mais comum de trombose para causar complicações sérias. Se o thrombus interrompe para formar um embolismo move-se com o sangue para os pulmões e causa-se geralmente o embolismo pulmonar

Os sinais típicos da trombose profunda da veia são dor, inchamento e vermelhidão nos pés. Se estes são notados e DVT está suspeitado, a avaliação e a gestão devem ser conduzidas o mais cedo possível para reduzir a possibilidade de embolismo pulmonar.

Trombose da veia portal

Este tipo de trombose ocorre na veia portal hepática e pode causar a hipertensão portal e afectar o fluxo sanguíneo ao fígado. Na maioria dos casos, resulta de outras anomalias no corpo, tal como a pancreatitie, a cirrose, a diverticulite ou o cholangiocarcinoma.

Trombose da veia renal

A veia renal pode igualmente ser obstruída por um thrombus, que possa conduzir à drenagem reduzida do rim. Este tipo é sabido como a trombose da veia renal e é comum nos pacientes com síndrome nephrotic.  

Trombose da veia jugular

A trombose da veia jugular é um tipo extremamente raro de trombose venosa que ocorre geralmente em conseqüência do uso intravenoso da droga mas é associada igualmente com a infecção e a malignidade. Os indivíduos afetados por este tipo podem desenvolver complicações sérias tais como a sepsia sistemática, o embolismo pulmonar e o papilledema.

Síndrome de Budd-Chiari

Este tipo de trombose venosa envolve a obstrução da veia hepática e a saída do sangue do fígado. É raro mas pode ser reconhecido por sintomas da dor, de ascites e da hepatomegalia abdominais.

Doença de Paget-Schroetter

Igualmente sabido como a trombose do esforço, isto refere a trombose que ocorre em uma veia da extremidade superior, tal como a veia axilar ou subclavian. Geralmente afecta povos fisicamente activos e apresenta-os o mais frequentemente imediatamente depois ou durante do exercício da alta intensidade.

Trombose cerebral da cavidade venosa

Este é um tipo raro de curso, causado por um thrombus nos canais venosos do cérebro. É caracterizado pela dor de cabeça, pela visão anormal e pelos sintomas do curso, tais como a dificuldade que fala e que move os músculos do facial e do braço. A maioria dos povos faz uma recuperação completa, mas o tratamento adequado quanto para a um curso é exigido para promover a recuperação saudável.

Curso Thrombotic

Este é um tipo de trombose arterial que envolve um bloqueio na artéria cerebral que é responsável para o sangue e o oxigênio da fonte ao cérebro. O curso Thrombotic apresenta geralmente mais gradualmente do que outros tipos de curso, tais como hemorrágico, devido à acumulação gradual do thrombus e da obstrução crescente.

Enfarte do miocárdio

O enfarte do miocárdio pode resultar de diversas causas mas elevara frequentemente em conseqüência da trombose arterial na artéria coronária. Isto tem o potencial ser fatal e exige a atenção médica imediata endereçar o dano da causa e do limite às pilhas de músculo do coração.

Referências

Further Reading

Last Updated: Aug 23, 2018

Yolanda Smith

Written by

Yolanda Smith

Yolanda graduated with a Bachelor of Pharmacy at the University of South Australia and has experience working in both Australia and Italy. She is passionate about how medicine, diet and lifestyle affect our health and enjoys helping people understand this. In her spare time she loves to explore the world and learn about new cultures and languages.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Smith, Yolanda. (2018, August 23). Tipos de trombose. News-Medical. Retrieved on October 20, 2020 from https://www.news-medical.net/health/Types-of-Thrombosis.aspx.

  • MLA

    Smith, Yolanda. "Tipos de trombose". News-Medical. 20 October 2020. <https://www.news-medical.net/health/Types-of-Thrombosis.aspx>.

  • Chicago

    Smith, Yolanda. "Tipos de trombose". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/Types-of-Thrombosis.aspx. (accessed October 20, 2020).

  • Harvard

    Smith, Yolanda. 2018. Tipos de trombose. News-Medical, viewed 20 October 2020, https://www.news-medical.net/health/Types-of-Thrombosis.aspx.

Comments

  1. William Miranda William Miranda Brazil says:

    Olá!  Gostaria muito de tirar uma dúvida que anda me afligindo! Eu sou mùsico e canto há anos e me acompanho com violão.Há cerca de duas semanas ,sentí uma pontada exatamente no ponto de braço direito  onde faço apoio no violão e percebí que a dor vem da veia exatamente nesse ponto. 2 calombos pequeno são visíveis.Sempre que vou tocar ou apoiar essa parte do braço em alguma parte ,como se tivesse pisando numa mangueira ,imterrompendo o fluxo de água(acho!).

  2. William Miranda William Miranda Brazil says:

    Então,sempre que apoio o braço no local de apoio do violão,dói,como se tivesse um espinho no local. É como aquelas dores características de uma veia qdo "incha" após uma pancada e fica sensível a qquer toque. Isso pode ser trombose?Tenho 48 anos de idade ,surfo ,mergulho(caça sub),...!Obrigado pela atenção!

  3. Regiane Campos Regiane Campos Brazil says:

    ola,fui diagnostica com tromboze de via jugular direita,fiz duas cirurgias no ano passado nas pernas por causa de trombofelite,hj faco uso de xarelto20mg,gostaria de saber se nao tem cura,e vou ficar assimpra sempre,tenho 48 anos e tenho 4 filhos.

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News Medical.