Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Que são salas da pressão negativa?

As salas da pressão negativa, igualmente chamadas salas do isolamento, são um tipo de sala de hospital que mantem pacientes com doenças infecciosas, ou de pacientes que são suscetíveis às infecções de outro, longe de outros pacientes, visitantes, e pessoal dos cuidados médicos.

Sala da pressão negativa

Crédito de imagem: Chokniti Khongchum/Shutterstock.com

São um método comum do controle da infecção e são usados para isolar pacientes com doenças contagiosos, transportadas por via aérea tais como o sarampo, tuberculose, SARS, MERS, e COVID-19.

Como faz o ork das salas da pressão negativa?

São chamados salas da pressão negativa porque a pressão de ar dentro da sala é mais baixa do que a pressão de ar fora da sala. Isto significa que quando a porta é aberta, ar potencial contaminado ou outras partículas perigosas do interior da sala não fluirão fora em áreas não-contaminadas.

Em lugar de, o ar filtrado não-contaminado fluirá na sala da pressão negativa. O ar contaminado é sugado fora da sala com sistemas de exaustão, que estão construídos com filtros que limpo o ar antes que estejam bombeados fora e longe da facilidade de cuidados médicos.

Há diversas maneiras que o fluxo de ar dentro de uma sala pode ser controlado.

Estes métodos incluem:

  • Controlando a quantidade e a qualidade do ar que está sendo posto e fora de uma sala
  • Controlando a pressão de ar entre salas ou áreas adjacentes
  • Projetar o fluxo de ar específico modela com certeza situações ou procedimentos clínicos
  • Ar ou partículas infecciosas de diluição com grandes quantidades de ar puro
  • Filtrando o ar com filtros de HEPA, entre outros tipos.

Algumas salas da pressão negativa exigem uma antecâmara, que seja uma sala da represa em que forneça uma área segura para que os profissionais dos cuidados médicos mudem ou fora do vestuário de protecção, transferência ou preparem o equipamento e as fontes, e podem proteger outras salas da contaminação se a pressão é perdida dentro da sala da pressão negativa.

A temperatura e a umidade em uma sala da pressão negativa devem ser monitoradas como a quantidade aumentada de troca de ar dentro da sala podem criar os esboços que podem ser incômodos para um paciente.

As salas da pressão negativa não têm que ser salas individuais para um único paciente em um momento. Os ambientes comuns da pressão negativa nos hospitais podem incluir áreas de espera, banheiros, e áreas da triagem, onde as infecções podem facilmente ser espalhadas.

Os tipos diferentes de salas do isolamento

Há quatro tipos das salas do isolamento, dois de que são as salas da pressão negativa.

Classe S

As salas do isolamento da classe S são as salas neutras ou padrão da pressão de ar, em que o condicionamento de ar normal é usado. São usados para o isolamento do contacto, que é um tipo de controle da infecção que exige o uso das luvas, vestidos, e as máscaras para assegurar ninguém entram o contacto directo com um paciente com uma doença infecciosa. As salas da classe S puderem ser usadas para outros meios quando não no uso para os pacientes que precisam o isolamento.

Classe P

As salas da classe P são salas da pressão positiva. Os pacientes que immunocompromised são protegidos de tornar-se contaminados por partículas potencialmente perigosos dos outros pacientes, visitantes, ou pessoal dos cuidados médicos.

Classe N

As salas da classe N são as salas da pressão negativa em que os povos fora da sala são protegidos de todas as partículas transportadas por via aérea infecciosas dentro da sala. As salas da classe N devem estar na parte dianteira de uma unidade da paciente internado assim que nenhuns pacientes que entram na sala não passam por outros pacientes em áreas diferentes da unidade.

As salas da classe N são equipadas com um sistema de exaustão que remova mais ar do que a sala está sendo fornecida com. As antecâmaras não são sempre necessárias para salas da classe N.

Classe Q

As salas da classe Q são as salas da pressão negativa que incluem medidas de controle adicionais da infecção tais como uma antecâmara e são usadas nas situações que exigem a quarentena.

Há umas precauções mais altas tomadas com as salas da classe Q, incluindo alarmes ao pessoal alerta à perda de pressão dentro da sala, portas de fecho automático, um banheiro separado para o paciente, e um sistema de ventilação que não permita que nenhum ar esgotado retorne na sala.

Os filtros de HEPA devem ser usados para que o ar de exaustão controle o ar contaminado que incorpora o ambiente fora da facilidade de cuidados médicos, e os sistemas de comunicação podem ser usados para ajudar o pessoal a coordenar com segurança os movimentos internos e exteriores da sala.

Há igualmente umas salas da pressão da classe A, mas são construídos já não em facilidades de cuidados médicos novas e não recomendados para o uso em facilidades existentes. As salas da classe A estão alternando as salas da pressão que podem ser usadas como salas da pressão negativa ou positiva. Contudo, isto aumenta o risco de falha humana ao ajustar o fluxo de ar para a sala, que pode causar complicações muito sérias para o controle da infecção.

Como pode a pressão da sala ser testada e monitorado?

Embora haja directrizes dos centros para o controlo e prevenção de enfermidades em como correctamente monitore e mantenha o controle da infecção em facilidades de cuidados médicos, não há nenhuma directriz do grupo em como monitorar salas agudas da pressão negativa.

Para testar a pressão dentro de uma sala aguda da pressão negativa, um fumo ou o teste do tecido podem ser executados.

Para realizar estes testes, uma cápsula do fumo ou o tecido são colocados na parte inferior da porta da sala da pressão negativa. Se o fumo ou o tecido são puxados debaixo da porta, a sala pode ser considerada para ser pressurizado negativamente.

Embora este seja um teste simples e eficaz na redução de custos, não fornece a monitoração contínua de salas da pressão negativa. Igualmente não mostra se uma sala é excedente ou sob-pressurizada, simplesmente aquela a sala está pressurizada negativamente a algum grau.

Os monitores eletrônicos colocados na sala do isolamento e nas áreas fora da sala oferecem a monitoração contínua da pressão da sala. São equipados com um alarme que soe se a sala se torna pressurizada incorrectamente.

Contudo, um risco com monitores eletrônicos é que podem se tornar contaminados e fornecer leituras falsas. Adicionalmente, são caros e o pessoal dos cuidados médicos tem que ser treinado para usá-los.

Medidor da pressão

Crédito de imagem: Sucharas Wongpeth/Shutterstock.com

Referências

Further Reading

Last Updated: Feb 18, 2021

Lois Zoppi

Written by

Lois Zoppi

Lois is a freelance copywriter based in the UK. She graduated from the University of Sussex with a BA in Media Practice, having specialized in screenwriting. She maintains a focus on anxiety disorders and depression and aims to explore other areas of mental health including dissociative disorders such as maladaptive daydreaming.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Zoppi, Lois. (2021, February 18). Que são salas da pressão negativa?. News-Medical. Retrieved on April 12, 2021 from https://www.news-medical.net/health/What-are-Negative-Pressure-Rooms.aspx.

  • MLA

    Zoppi, Lois. "Que são salas da pressão negativa?". News-Medical. 12 April 2021. <https://www.news-medical.net/health/What-are-Negative-Pressure-Rooms.aspx>.

  • Chicago

    Zoppi, Lois. "Que são salas da pressão negativa?". News-Medical. https://www.news-medical.net/health/What-are-Negative-Pressure-Rooms.aspx. (accessed April 12, 2021).

  • Harvard

    Zoppi, Lois. 2021. Que são salas da pressão negativa?. News-Medical, viewed 12 April 2021, https://www.news-medical.net/health/What-are-Negative-Pressure-Rooms.aspx.

Comments

  1. Simka Lashinka Simka Lashinka United States says:

    I am not sure what happened to my question so I will leave a abbreviated version. The term "negative pressure room" is generally reserved for reference to Class N or Class Q. My dentist recently added 2 to his dental facility. He says being treated in the room will decrease my risk. I understand that it might decrease risk from someone who is infected who was  treated in the same chair compared to following an infected patient in a room with out good air circulation. I don't understand how it would lower risk if an infected person were being treated in a plain (not negative pressure room) room say, down the hall. Or if there were viral particles in the facility air but outside the negative pressure room. Seems like viral particles would be swept into the room, making the negative pressure room the dirtiest rather than the cleanest room in the facility. For the patient in the chair, the negative pressure room seems the least protective. But obviously if the patient was infectious treating the patient in that room would offer other patients in the facility and maybe the dentist the least risk possible. Seems like the negative pressure room protects others fin the facility rom the patient while the positive pressure rooms protect the patient from others who may be infected who are in the facility. Have I missed something? Any clarification would be appreciated.

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News Medical.