Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Perfilamento de MicroRNA

Perfilamento de MicroRNA

MicroRNAs, ou os miRNAs, são RNAs pequeno que regulam a expressão genética depois que a transcrição ocorreu. Isto ocorre em estados fisiológicos saudáveis e em estados doentes em muitos organismos. Devido à escala dos processos que ajudam a regular, miRNAs pode fornecer biomarkers valiosos em contextos da doença; eis porque perfilar a expressão do miRNA é um campo de estudo crescente.

O miRNA de Interestin

os miRNAs são curtos, os fragmentos do RNA da não-codificação que ajudam a regular a expressão genética. Após a transcrição do ADN original, o RNA de mensageiro (mRNA) é liberado e o miRNA pode ligar-lhe. Este emperramento promove a degradação do mRNA ou da inibição de tradução, impedindo desse modo a formação de proteína. Os miRNAs são pouco numerosos comparados aos alvos do mRNA, com o aproximadamente 1 miRNA para cada 30 mRNA. Contudo, estes poucos miRNAs podem regular muitos mRNAs e conseqüentemente para ter um efeito profundo na expressão.

Dado que um miRNA pode potencial regular centenas de mRNA, pressups-se que o teste padrão da expressão daquelas centenas de mRNA pode ser capturado em um único miRNA. Esta riqueza da informação biológica está apelando aos pesquisadores nos campos tais como a biologia, a diferenciação do tecido, e a doença desenvolventes. o perfilamento do miRNA envolve a análise da expressão dos miRNAs que variam da espécie ao nível aos grupos menores de interesse biológico.

Aplicações do perfilamento

o miRNA pode regular que os mRNAs obtêm traduzidos em proteínas, e pode conseqüentemente suprimir a expressão genética imprópria. Na biologia desenvolvente, a comparação de perfis do miRNA pode ajudar a mostrar que miRNAs são envolvidos em determinados processos desenvolventes. Tal pesquisa mostrou que os perfis do miRNA, ou a expressão tamborilam, pode ser específica a determinados tipos da pilha. Além, os miRNAs podem parar transições desenvolventes e ajudá-las a manter o estado da pilha uma vez que se diferenciou. Isto conduziu pesquisadores acreditar que o miRNA pode ter aplicações valiosas em células estaminais compreensivas.

Em contextos da doença, os miRNAs estão sendo explorados como fontes de biomarkers de determinadas doenças. os perfis do miRNA de tecidos saudáveis e doentes são comparados para identificar os biomarkers da doença e os alvos terapêuticos potenciais. Esta táctica foi empregada nas doenças do cancro, as auto-imunes, e as neurológicas.

Em particular, os miRNAs anormais consistem do interesse terapêutica e em estudar a progressão do tumor no cancro. A causa subjacente para as diferenças na expressão do miRNA entre tecidos saudáveis e doentes pode ser devido às mutações de ponto do ADN, à variação epigenética, ou às mudanças cromossomáticas aos genes do miRNA. No cancro, o perfilamento do miRNA estêve usado igualmente para diagnosticar clìnica a origem do cancro quando a outra identificação é difícil. o miRNA foi empregado mesmo no forense para razões similares, porque os perfis do miRNA podem ajudar a distinguir os tipos de líquido de corpo encontrados nas cenas do crime.

Métodos do perfilamento do miRNA

o perfilamento do miRNA pode ser feito usando uma escala dos métodos, tais como a reacção em cadeia reversa quantitativa da polimerase da transcrição (qRT-PCR), o microarray do miRNA, e arranjar em seqüência do RNA. O qrt-PCR envolve a transcrição reversa do miRNA no cDNA, e arranjar em seqüência subseqüente do produto.

Este método é aplicado geralmente ao outro estudo genético e está apelando conseqüentemente aos laboratórios já familiares com o método. Para perfilar o miRNA usando o qRT-PCR, diversos miRNAs são analisados paralelamente sob as mesmas circunstâncias da reacção. Contudo, os miRNAs podem diferir dràstica em suas circunstâncias óptimas que os meios que analisam miRNAs paralelamente podem ser difíceis. Para superar este, os pesquisadores podem usar os ácidos nucleicos fechados (LNAs) nas primeiras demão eles mesmos.

Os Microarrays igualmente analisam diversos miRNAs paralelamente durante o perfilamento. No microarray, os miRNAs são etiquetados fluorescente. as pontas de prova ADN-baseadas da captação são usadas então para cruzar o miRNA etiquetado. Estas pontas de prova podem ou não podem conter LNAs, apenas como no qRT-PCR. A disposição é feita a varredura então, e a fluorescência é determinada para perfilar o miRNA. Os Microarrays permitem que muito mais amostras sejam perfiladas em tandem, porém este método é geralmente mais caro.

Uma aproximação mais nova ao perfilamento do miRNA é arranjar em seqüência da próxima geração. O RNA que arranja em seqüência (RNA-segs.) é um tal método e é considerado frequentemente a técnica nova a mais poderosa para o perfilamento do miRNA. Como o qRT-PCR, em RNA-segs. a amostra submete-se à transcrição reversa para gerar uma biblioteca do cDNA. Os adaptadores são introduzidos sobre às extremidades das costas do cDNA e as amostras são amplificadas usando o PCR. Os dados crus da seqüência são analisados usando a bioinformática para revelar miRNAs conhecidos. A previsão de miRNAs novos é igualmente possível.

Fontes

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4517822/
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29380324
  3. https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0959437X13000129

Further Reading

Last Updated: Feb 26, 2019

Sara Ryding

Written by

Sara Ryding

Sara is a passionate life sciences writer who specializes in zoology and ornithology. She is currently completing a Ph.D. at Deakin University in Australia which focuses on how the beaks of birds change with global warming.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Ryding, Sara. (2019, February 26). Perfilamento de MicroRNA. News-Medical. Retrieved on October 26, 2020 from https://www.news-medical.net/life-sciences/MicroRNA-Profiling.aspx.

  • MLA

    Ryding, Sara. "Perfilamento de MicroRNA". News-Medical. 26 October 2020. <https://www.news-medical.net/life-sciences/MicroRNA-Profiling.aspx>.

  • Chicago

    Ryding, Sara. "Perfilamento de MicroRNA". News-Medical. https://www.news-medical.net/life-sciences/MicroRNA-Profiling.aspx. (accessed October 26, 2020).

  • Harvard

    Ryding, Sara. 2019. Perfilamento de MicroRNA. News-Medical, viewed 26 October 2020, https://www.news-medical.net/life-sciences/MicroRNA-Profiling.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News Medical.