Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

O passado, o presente, e o futuro da medicina da precisão

A vasta quantidade de avanços científicos que foram feitos dentro do campo da genómica permitiu o campo da medicina da precisão à transição de uma fantasia previamente esperançosa a uma realidade impactful.

ADN

Crédito de imagem: ktsdeisgn/Shutterstock.com

Quando esta área de ciência experimentar uma quantidade considerável de progresso, permanece uma necessidade urgente para este montante substancial de dados de ser traduzido universal na prática médica clínica.

Que é medicina da precisão?

A medicina da precisão foi definida como uma aproximação nova para o tratamento e a prevenção da doença que considera a informação, o ambiente e o estilo de vida genéticos de cada paciente estabelecer finalmente as estratégias específicas baseadas nestes factores.

Com tal fim, a medicina da precisão aponta criar o plano o mais eficaz do tratamento para cada paciente individual na esperança de eliminar o teste e terapias diagnósticos desnecessários.

Em relação à medicina personalizada, que incorpora a composição genética de um indivíduo com seus interesses sociais e religiosos, a medicina da precisão confia pelo contrário mais pesadamente em dados e em analítica para criar o curso de tratamento paciente-centrado final.

Descobertas adiantadas

Embora muito do trabalho que avançou o campo da medicina da precisão pudesse ser atribuído ao projecto de genoma humano que foi terminado em 2003, diversas descobertas médicas adiantadas apoiaram o uso das terapias que foram visadas para características pacientes individuais.

Em 1901, por exemplo, o Dr. Karl Landsteiner na universidade de Viena identificou o sistema do grupo sanguíneo de ABO para promover a compreensão a respeito de porque determinadas transfusões de sangue eram bem sucedidas, quando outro eram mortais.

Algumas outras descobertas extraordinárias feitas por Phoebus Levene, Erwin Chargaff, James D. Watson, Francis H.C. Crick, e Frederick Sanger explicaram a estrutura e a função de moléculas do RNA e do ADN.

As descobertas revolucionárias feitas por estes cientistas permitiram que os pesquisadores, pela primeira vez na história, conectassem doenças e a saúde humana a uma vasta gama de factores genéticos e ambientais individuais.

Introduzindo a medicina pessoal

As descobertas científicas acima mencionadas ajudaram pesquisadores a ganhar uma compreensão melhor de que moléculas específicas dentro do corpo humano determinam a individualidade e, mais importante, a sua susceptibilidade de um paciente a determinadas doenças.

Enquanto a pesquisa nesta área progrediu, diversas companhias farmacéuticas começaram a tomar um olhar mais atento nos makeups moleculars e genéticos dos pacientes em um esforço para projectar farmacoterapia específicas e visadas, assim introduzindo o mundo ao potencial da medicina personalizada. Este trabalho foi apoiado igualmente global por fornecedores de serviços de saúde, porque a promessa da farmacoterapia particularizada era aperfeiçoar o benefício para o paciente quando simultaneamente reduzindo o potencial de fazer com que prejudiquem.

Avanços recentes

Em 2015, a presidente na altura Barack Obama anunciou a iniciativa financiado pelo governo da medicina da precisão dos Estados Unidos que é sabida mais comumente como “todos nós.”

Sob este projecto, sobre 1 milhão indivíduos registrados compartilhará de seus dados pessoais que foram adquiridos dos informes médicos eletrônicos, ADN que arranjam em seqüência, informação relatada pessoal e outras tecnologias digitais da saúde, tais como ensaios do RNA, da proteína e do metabolito.

Tomada junto, a análise detalhada destes dados espera aumentar a compreensão da origem e da patogénese final de uma vasta gama de doenças.

Além disso, a iniciativa da medicina da precisão dos Estados Unidos é apontada para a aumentação de tecnologias actuais do diagnóstico e do tratamento para criar uma selecção mais sofisticada e mais precisa, uma detecção e métodos de gestão clínicos.

Sentidos futuros

As aplicações da medicina da precisão podem actualmente ser encontradas em qualquer momento durante o tempo de um indivíduo, variando antes da concepção a muito mais tarde na vida de um indivíduo.

Apesar do grande número de avanços que foram feitos dentro do campo da medicina da precisão, permanece uma falta infeliz da tradução destes dados no cuidado e na política sanitária clínicos.

Diversas iniciativas em curso apontam superar estes obstáculos. Por exemplo, o consórcio deGeração arranjando em seqüência clínico da pesquisa (CSER2), que tem um total de $18,9 milhões nas concessões para oferecer pesquisadores, alvos apoiar não somente a descoberta mais adicional e interpretação de variações genomic mas para assegurar-se de igualmente que tais descobertas estejam integradas na prática médica clínica.

Similarmente, os E.U. que executam os projectos da genómica na prática (INFLAME), que foram concedidos aproximadamente $30 milhões USD, igualmente melhorarão a revelação, a investigação e a disseminação da medicina genomic.

Com tal fim, um dos objetivos fundamentals dos projectos da INFLAMAÇÃO inclui a integração de dados genomic nos registos de saúde eletrônicos dos pacientes para permitir finalmente que esta informação vital crie planos específicos do diagnóstico e do tratamento para todos os pacientes.

Fontes

Further Reading

Last Updated: Feb 7, 2020

Benedette Cuffari

Written by

Benedette Cuffari

After completing her Bachelor of Science in Toxicology with two minors in Spanish and Chemistry in 2016, Benedette continued her studies to complete her Master of Science in Toxicology in May of 2018. During graduate school, Benedette investigated the dermatotoxicity of mechlorethamine and bendamustine; two nitrogen mustard alkylating agents that are used in anticancer therapy.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Cuffari, Benedette. (2020, February 07). O passado, o presente, e o futuro da medicina da precisão. News-Medical. Retrieved on February 25, 2021 from https://www.news-medical.net/life-sciences/The-Past-Present-and-Future-of-Precision-Medicine.aspx.

  • MLA

    Cuffari, Benedette. "O passado, o presente, e o futuro da medicina da precisão". News-Medical. 25 February 2021. <https://www.news-medical.net/life-sciences/The-Past-Present-and-Future-of-Precision-Medicine.aspx>.

  • Chicago

    Cuffari, Benedette. "O passado, o presente, e o futuro da medicina da precisão". News-Medical. https://www.news-medical.net/life-sciences/The-Past-Present-and-Future-of-Precision-Medicine.aspx. (accessed February 25, 2021).

  • Harvard

    Cuffari, Benedette. 2020. O passado, o presente, e o futuro da medicina da precisão. News-Medical, viewed 25 February 2021, https://www.news-medical.net/life-sciences/The-Past-Present-and-Future-of-Precision-Medicine.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News Medical.