Que são quinase Cyclin-Dependentes?

as quinase Cyclin-dependentes são um tipo de quinase do serine/treonina que são activadas por cyclins para conduzir o progresso do ciclo de pilha.

O ciclo de pilha é compreendido de 4 fases, que são controladas firmemente para assegurar a réplica exacta do ADN e a formação de pilhas de filha. Cada um destas fases é acompanhada de um aumento em um tipo específico de cyclin.

a quinase Cyclin-dependente 6 (CDK6) limita ao ribociclib do inibidor (opinião do detalhe). Enzima envolvida no regulamento do ciclo de pilha e no alvo de diversas drogas antitumoral. rendição 3D. Crédito de imagem: Molekuul_be/Shutterstock
a quinase Cyclin-dependente 6 (CDK6) limita ao ribociclib do inibidor (opinião do detalhe). Enzima envolvida no regulamento do ciclo de pilha e no alvo de diversas drogas antitumoral. rendição 3D. Crédito de imagem: Molekuul_be/Shutterstock

Estes cyclins oscilam, aumentando e diminuindo em fases diferentes, ligando a CDKs e conduzindo o ciclo de pilha para a frente. As diferenças em cada fase são devido a um balanço entre a expressão genética de cada cyclin e o sistema ubiquitin-proteasome que os quebra para baixo.

As quinase dependentes de Cyclin estam presente a níveis constantes durante todo o ciclo de pilha, mas são somente activas na presença dos cyclins. Limitado uma vez a um cyclin actuam ao phosphorylate muitas proteínas do alvo em resíduos do ácido aminado do serine ou da treonina. Este grupo do fosfato actua a inibe ou activa a proteína do alvo, funcionando para conduzir para a frente o ciclo de pilha.

Foi mostrado para estar 12 genes diferentes de CDK, mas somente 5 são usados para controlar o ciclo de pilha. Estes são CDK-1, CDK-2, CDK-3, CDK-4, e CDK-6. Cada um interage com um cyclin diferente em uma fase diferente, em umas várias proteínas de estimulação do alvo e em assegurar-se de que as fases vitais de cada fase estejam realizadas antes que uma pilha se mova na próxima fase.

Quinase dependentes de Cyclin no ciclo de pilha

Inicialmente, um estímulo mitogenic conduz ao upregulation da expressão genética do cyclin D, que liga a CDK4. A proteína de Retinoblastoma (Rb) funciona geralmente para inibir o factor E2F da transcrição, contudo, quando os phosphorylates cyclin-D-CDK4 a proteína do Rb, esta abandonam a inibição de E2F e a conduzem à produção de genes exigidos entrando na fase S.

Estes genes incluem o cyclin E, que liga a CDK4, conduzindo o ciclo de pilha na fase S. Cyclin A é produzido igualmente, que liga a CDK2 e estimula a réplica do ADN. Finalmente, o cyclin B liga a CDK-1 para conduzir o ciclo para a frente na fase de M, estimulando a cariocinese.

Descoberta de quinase do dependente de Cyclin

As primeiras obras nos anos 80 em CDKs foram realizadas usando o teste genético e bioquímico no fermento, que revelou que acto de CDKs para controlar a progressão do ciclo de pilha. Igualmente mostraram que eram somente activos com a presença de cyclins.

CDC28 foi identificado em Saccharomyces Cerevisiae, que limitam aos cyclins e conduziram a pilha com as várias transições do ciclo de pilha. Em contraste com pilhas mamíferas, estas pilhas de fermento tiveram somente um CDK que interagiu com os vários cyclins.

Controle de quinase do dependente de Cyclin

Em cima dos sinais externos, os inibidores de CDK podem ser usados para obstruir a actividade da quinase de CDK, impedindo desse modo que o ciclo de pilha esteja conduzido para a frente. Estes incluem a família INK4 e a família de CIP/KIP. Além do que níveis do cyclin, isto fornece e maneira adicional de controlar a actividade de CDKs.

CDKs e cancro

O controle sobre CDKs é extremamente importante. Se o controle apertado sobre o sistema de CDK-cyclin divide, a seguir as pilhas podem proliferar incontroladamente. As mutações em CDK4 foram mostradas para ser implicadas em diversos tipos de cancro. O overexpression CDK6 foi implicado igualmente no linfoma, na melanoma e na leucemia. As mutações nos inibidores foram mostradas igualmente para ser implicadas nos cancros, porque a perda de controle de CDK conduz à perda de proliferação celular.

Desde que a movimentação de CDKS o ciclo de pilha para a frente, inibidores de CDK foi sugerida como um tratamento possível para o cancro. Há os ensaios clínicos numerosos actualmente em curso que apontam testar o sucesso de usar estes inibidores para impedir a réplica celular em pilhas cancerígenos. Contudo, desde que CDKs é exigido conduzindo o ciclo de pilha em tecidos não-cancerígenos, necessidade destas drogas de ser projectado ser selectivo para pilhas cancerígenos somente.

Referências

Further Reading

Last Updated: Feb 26, 2019

Hannah Simmons

Written by

Hannah Simmons

Hannah is a medical and life sciences writer with a Master of Science (M.Sc.) degree from Lancaster University, UK. Before becoming a writer, Hannah's research focussed on the discovery of biomarkers for Alzheimer's and Parkinson's disease. She also worked to further elucidate the biological pathways involved in these diseases. Outside of her work, Hannah enjoys swimming, taking her dog for a walk and travelling the world.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Simmons, Hannah. (2019, February 26). Que são quinase Cyclin-Dependentes?. News-Medical. Retrieved on October 19, 2019 from https://www.news-medical.net/life-sciences/What-are-Cyclin-Dependent-Kinases.aspx.

  • MLA

    Simmons, Hannah. "Que são quinase Cyclin-Dependentes?". News-Medical. 19 October 2019. <https://www.news-medical.net/life-sciences/What-are-Cyclin-Dependent-Kinases.aspx>.

  • Chicago

    Simmons, Hannah. "Que são quinase Cyclin-Dependentes?". News-Medical. https://www.news-medical.net/life-sciences/What-are-Cyclin-Dependent-Kinases.aspx. (accessed October 19, 2019).

  • Harvard

    Simmons, Hannah. 2019. Que são quinase Cyclin-Dependentes?. News-Medical, viewed 19 October 2019, https://www.news-medical.net/life-sciences/What-are-Cyclin-Dependent-Kinases.aspx.

Comments

The opinions expressed here are the views of the writer and do not necessarily reflect the views and opinions of News-Medical.Net.
Post a new comment
Post