O Novo livro prevê “um século vacinal”

Um novo livro publicado pela Organização de Saúde Pan-Americano (PAHO) prevê que o século XXI se transformará “século os agradecimentos das vacinas” às revelações rápidas no campo da imunização.

Em uma série de ensaios escritos por peritos principais na vacinologia e na saúde pública, o livro, Vacinas: Impedir Doenças e Proteger a Saúde, notam que o número de vacinas actualmente durante o processo de desenvolvimento é inaudito e que o progresso nesta área está mantendo o ritmo com a ameaça crescente de doenças emergentes e reemirjindo.

Entre candidatos novos no encanamento estão as vacinas contra HIV/AIDS, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), vírus de Nilo Ocidental, a febre hemorrágica de Ebola, a dengue e o antraz.

No capítulo da abertura do livro, Anthony S. Fauci, director do Instituto Nacional dos Estados Unidos da Alergia e de Doenças Infecciosas, descreve como seu instituto financiou um projecto rápido do sector privado para criar uma vacina quiméricoa contra o vírus de Nilo Ocidental. A doença primeiramente apareceu nos Estados Unidos em 1999 e tem desde a propagação extensamente e ràpida. A vacina propor está incorporando actualmente experimentações da fase 1.

Outros candidatos novos de promessa incluem três vacinas diferentes contra o SARS e uma vacina tetravalent para a dengue, que visa os quatro tipos virais distintos que causam essa doença.

As vacinas Novas estão igualmente durante o processo de desenvolvimento para umas doenças mais velhas que incluem a malária, a tuberculose, a cólera, o tifóide e ancilóstomo. Mesmo as doenças crónicas estão sendo visadas, por exemplo, com as vacinas contra os piloros de Helicobacter (que causa úlceras estomacais e pode conduzir ao cancro gástrica) e papillomavirus humano (a causa do cancro do colo do útero).

O PAHO registra igualmente discute novos conceitos na revelação vacinal, tal como o uso dos assistentes e de sistemas de entrega novos, incluindo as vacinas do ADN e as vacinas orais derivadas das plantas transgénicas. Igualmente examina vacinas contra os micróbios patogénicos que poderiam ser usados em ataques do bioterrorista, tais como a bactéria do vírus e do antraz de varíola.

O editor do livro, Ciro A. de Quadros, actualmente director de programas internacionais no Instituto da Vacina de Albert B. Sabin, era para o chefe das várias décadas de programas da imunização do PAHO. Outros contribuinte notáveis incluem D.A. Henderson, C.J. Peters e José Esparza.

Vacinas: Impedir Doenças e Proteger a Saúde estão disponíveis para a compra em Inglês na Livraria do PAHO. Uma versão Espanhola do livro é esperada estar disponível em agosto.

O Boletim De Notícias da Organização de Saúde Pan-Americano

Este artigo é reproduzido sob um acordo com a Organização de Saúde Pan-Americano.