Métodos novos para ajudar à pesquisa nas causas do diabetes

Os cientistas do instituto de Babraham estão desenvolvendo métodos novos para ajudar à pesquisa nas causas do diabetes, uma circunstância sofrida perto ao redor 2,5 milhões de pessoas no Reino Unido.

Um estudo novo, publicado no jornal da investigação clínica, descreve um modelo eficaz de um formulário raro da doença chamada o diabetes neonatal transiente mellitus (TNDM), que afecta aproximadamente 1 em 600.000 bebês recém-nascidos.

Os bebês carregados com TNDM inicialmente não podem produzir a insulina, mas os sintomas desaparecem após aproximadamente 3 meses. Contudo dois terços daqueles afetados desenvolverão o diabetes mais tarde na vida, geralmente em seus adolescentes.

O modelo do rato, desenvolvido pelo grupo de investigação dirigido pelo Dr. Gavin Kelsey, mostra o diabetes de desaparecimento e de reaparecimento similar àquele considerado em TDNM, e faz o exame das pilhas deprodução defeituosas do pâncreas muito mais directo. Uma redução nos níveis de diversos fecha os produtos químicos envolvidos na revelação do pâncreas tem sido mostrada já.

O Dr. Kelsey comenta “embora um formulário raro do diabetes, TNDM seja importante para nossa compreensão do diabetes porque o gene defeituoso foi identificado. Um modelo para TNDM, tal como esse produzido em Babraham, permitirá que nós estudem em detalhe os problemas que elevaram nas pilhas deprodução quando este gene defeituoso é expressado.”