CHMP Europeu recomenda o JANUVIA e o JANUMET de Merck como o serviço adicional à insulina

Merck & Co., Inc., que se opera em muitos países como o Sharp & o Dohme de Merck (MSD), recebeu uma opinião positiva do Comitê de Agência de Medicinas Européias (EMEA) para Produtos Medicinais para o Uso Humano (CHMP) para as tabuletas® de JANUVIA e as tabuletas® de JANUMET que recomendam seu uso como o serviço adicional à insulina para o tratamento do tipo - diabetes 2. Se adotado pela Comissão Européia, o sitagliptin será o único tratamento do diabetes na classe do inibidor DPP-4 para ter uma indicação para o uso como o serviço adicional à insulina na União Europeia.

Nos Estados Unidos, JANUVIA é indicado, como uma adjunção para fazer dieta e o exercício, para melhorar o controle glycemic em pacientes adultos com tipo - diabetes 2. JANUMET está indicado porque uma adjunção para fazer dieta e exercitar para melhorar o controle glycemic nos adultos com tipo - diabetes 2 mellitus quando o tratamento com o sitagliptin e o metformin for apropriado. JANUMET e JANUVIA não devem ser usados nos pacientes com tipo - 1 diabetes ou para o tratamento do ketoacidosis do diabético. A rotulagem para JANUVIA e JANUMET indica que não estiveram estudados em combinação com a insulina.

Nos Estados Unidos, uma Aplicação Nova suplementar da Droga (sNDA) que fosse similar à proposta Européia a respeito do uso JANUVIA e JANUMET em combinação com a insulina foi aceitada pelos E.U. Food and Drug Administration (FDA) e está actualmente sob a revisão. O uso de JANUVIA e de JANUMET em combinação com a insulina é de investigação nos E.U.

Sitagliptin é um selectivo, uma vez que-diariamente o inibidor DPP-4 que aumenta um sistema natural do corpo chamado o sistema do incretin para ajudar a regular o açúcar no sangue aumentando níveis de hormonas activas de GLP-1 e de GIP; inibe DPP-4 sobre 24 horas. A combinação da fixo-dose de sitagliptin e de metformin visa todos os três defeitos chaves do diabetes: deficiência da insulina das beta pilhas pancreáticos, da resistência à insulina hepática, e da superproduçao da glicose pelo fígado. Sitagliptin é a primeira medicina aprovada na classe do inibidor DPP-4 de tratamentos orais. Foi aprovado em mais de 80 países, e até agora houve mais de 15 milhão prescrições dispensaram no mundo inteiro.

www.merck.com