O documentário apresenta a história inspirada dos cabritos com autismo e síndrome de Asperger

Milhões de pessoas em todo o mundo estão conseguindo o sucesso cada dia, mas nenhuma realização é tão impressionante quanto aquelas conseguida pelos povos para quem a vida quotidiana é um desafio. “Caçoa com câmeras,” um documentário apresentado pelo grupo dos media do Polaris, para ser liberado o 15 de dezembro, é uma história reconfortante e inspirada de muitas tais realizações conseguidas por cabritos com autismo e síndrome de Asperger.

Os “cabritos com câmeras” seguem os desafios e os triunfos das crianças autísticas que participam em um filme acampam. É hospedado por actores da organização não lucrativa para o autismo, e ensinado pelo professor vencedor dum prémio Brad Koepenick.

“É um acampamento de uma semana onde os cabritos façam uns desenhos animados animados, um filme do claymation, e então nós façamos a câmera que os efeitos especiais no último dia quando nós gravamos um filme silencioso,” disseram o Sr. Koepenick. “Há mais faculdade criadora nesta sala hoje do que você verá em algumas das salas de direcção principais dos estúdios.”

Os “cabritos com câmeras” são os primeiros de uma série de documentários a ser apresentados pelo grupo dos media do Polaris, uma empresa empreendedora internacional do treinamento de habilidades.

“Nós somos muito orgulhosos ser envolvido “em cabritos com as câmeras, “” disse Shane Krider, CEO e fundador do Polaris. Da “a terapia arte foi usada com as crianças autísticas para décadas e a grande promessa mostrada. A nenhumaa parte é essa promessa assim que realizado do que neste filme excepcional, reconfortante,” disse. “No Polaris, nós esforçar-nos-emos sempre para apresentar histórias inspiradores dos povos excepcionais que conseguem o sucesso que talvez foram negligenciados pelos media do grosso da população.”

O Polaris hospedará uma selecção teatral de “cabritos com câmeras” em Los Angeles o 17 de dezembro de 2009.

Source:

Polaris Media Group