Simpósio Internacional nos Poluentes Orgânicos Persistentes a ocorrer em Bruxelas

O 3ø simpósio internacional em Poluentes Orgânicos Persistentes (Dioxina 2011) ocorrerá em Bruxelas do 22 ao 25 de agosto de 2011, reunindo perto de 1000 especialistas do mundo sobre. É a primeira vez que esta reunião científica, o mais importante de seu tipo nesta área de pesquisa, e que eram nascidos como consequência do desastre de Seveso (1976), está ocorrendo em Bélgica.

Esta 3a edição foi organizada por iniciativa do Professor Jean François Focant (Universidade de Liège), Presidente do simpósio 2011 da Dioxina, e Adrian Covaci (Universidade de Antuérpia), copresidente.

Os Poluentes Orgânicos Persistentes (POPs) representam diversas dúzias das famílias das moléculas, de que o mais conhecidos (infelizmente) são dioxina, furano e mais geralmente PCBs.

Através de 800 sumários apresentados em cinco sessões paralelas e em sessões plenárias, a Dioxina 2011 examinará as revelações científicas as mais recentes a respeito dos PNF.

As moléculas Complexas, PNF são caracterizadas por sua toxicidade à saúde humana e ao ambiente, por sua persistência no ambiente (os períodos os mais comuns da meia-vida são mais longos de dez anos) e por sua bioacumulação em organismos vivos.

Diversos tratados internacionais classificaram e fixaram as categorias dos pontos iniciais da emissão com certeza de POP. Se a produção de substâncias tais como PCBs é proibida hoje e se as emissões industriais estão monitoradas geralmente, os cientistas e as autoridades públicas estão continuando a examinar atenta estes poluentes devido ao impacto a longo prazo potencial na saúde e ao ambiente ligado a suas persistência e bioacumulação.

A Dioxina 2011 igualmente colocará uma ênfase nos compostos orgânicos emergentes, usados cada vez mais nas aplicações múltiplas mas cujos os efeitos são compreendidos ainda muito deficientemente, como as moléculas do bromo (usadas por exemplo como retardadores da chama), as moléculas do flúor (Teflon, química, química médica, Etc.) e os insecticidas de organochlorine, Etc.

Source: http://www.dioxin2011.org