Os Pesquisadores descobrem que as expressões faciais reconhecíveis se tornam antes do nascimento

Os Bebês no ventre desenvolvem uma escala de movimentos faciais de tal maneira que é possível identificar expressões faciais tais como o riso e o grito. 

Pela primeira vez um grupo de pesquisadores podia mostrar que as expressões faciais reconhecíveis se tornem antes que nascimento e que, como a gravidez progride uma gestação de 24 a 36 semanas, os movimentos faciais fetal se tornam mais complexos. 

O grupo de pesquisadores inclui o Dr. Nadja Reissland, um psicólogo e Director de Investigação do Professor James Mason na Medicina e na Saúde da Universidade de Durham, Professor Brian Francis, Professor de estatísticas sociais na Universidade de Lancaster e Dr. Karen Lincoln, consultante na Obstetrícia e na Ginecologia no Hospital da Universidade de James Cook, Middlesbrough, onde as varreduras fetal são recolhidas. 

O grupo examinado gravou os movimentos faciais fetal obtidos por máquinas do ultra-som 4D nos estados avançados de gravidez.

Gravaram os mesmos feto depois que tinham sido encontrados para ser saudáveis em uma sua varredura de 20 semanas, diversas vezes entre 24 e 36 semanas da gestação. Encontraram que os movimentos da face fetal se tornam mais complexos ao longo do tempo.  

Os Feto na primeira fase de observação (24 semanas) podiam mover um músculo em sua face em um momento. Por exemplo esticariam seus bordos ou abririam sua boca. Por uma idade gestacional de 35 semanas, os feto combinaram um número de movimentos do músculo facial, combinando por exemplo o estiramento do bordo, a redução das sobrancelhas e o aprofundamento do sulco nasolabial, desse modo girando movimentos isolados em expressões reconhecíveis e cada vez mais complexas. 

O Professor Brian Francis do Departamento das Matemáticas e das Estatísticas na Universidade de Lancaster disse: “Esta é uma introspecção nova e fascinante no processo notável de revelação fetal. Esta pesquisa tem demonstrado pela primeira vez que em feto saudáveis há uma progressão desenvolvente de simples aos movimentos faciais complexos, preparando o feto para o nascimento do cargo da vida.” 

Embora o feto não possa fazer nenhuns sons, a revelação de expressões faciais significa que no nascimento, o bebê tem desenvolvido já os movimentos faciais para acompanhar o grito e o riso. 

O Dr. Nadja Reissland da Universidade de Durham disse: “Nós encontramos que tanto mais do que nós esperaram. Nós soubemos que o bebê pisca antes do nascimento e que alguma pesquisa identificou fazer uma carranca antes do nascimento. Contudo neste estudo nós temos desenvolvido pela primeira vez um método da codificação e da análise que permite que nós sigam objetiva a complexidade crescente dos movimentos ao longo do tempo que conduz às expressões faciais reconhecíveis.” 

Os pesquisadores argumentem que estes testes padrões dos movimentos de motor estão desenvolvidos antes que o bebê sinta a emoção, apenas porque o bebê pratica movimentos de respiração no útero mesmo antes que desenhe uma respiração. 

A descoberta poderia ajudar potencial a identificar dentro o utero dos problemas de saúde -, desde que há uma relação entre testes padrões comportáveis fetal e a revelação do cérebro fetal. Olhar diferenças entre revelações faciais fetal normais e anormais pode indicar problemas com a revelação do cérebro. 

Os pesquisadores planeiam agora olhar se o movimento facial fetal pôde ajudar a se diferenciar entre feto das matrizes que fumam durante a gravidez e os não fumadores. Igualmente examinarão a revelação de expressões faciais em relação à raiva, ao sorriso e à tristeza. 

Source: http://www.plosone.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.pone.0024081