Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

O sistema Alt-r CRISPR-Cas9 inovativo de IDT melhora o genoma que edita a potência, reduz a toxicidade da pilha

As tecnologias integradas do ADN (IDT), introduzem uma aproximação nova a CRISPR-seu sistema Alt-R™ CRISPR-Cas9 inovativo, com base no sistema natural do RNA dos pyogenes CRISPR do S.

O sistema Alt-R™ CRISPR-Cas9 melhora extremamente o genoma que edita agradecimentos da potência aos crRNAs pesquisa-aperfeiçoados (RNA de CRISPR) e aos tracrRNAs (crRNA deactivação). Junto com a potência e a segurança melhoradas, o sistema ganha o tempo fornecendo os reagentes fáceis, prontos para uso do RNA que igualmente reduzem a toxicidade da pilha evitando a activação de respostas imunes inatas celulares.

O sistema CRISPR/Cas9 transformou-se uma ferramenta principal para alterar genomas dos organismos de Escherichia Coli aos seres humanos. O único-guia quiméricoe RNAs (sgRNAs, compor de uma fusão entre crRNAs e tracrRNAs) é clonado geralmente em vectores do plasmídeo, e usado então para expressar o disparador do RNA nas pilhas.

Contudo, o uso de vectores do plasmídeo conduzir a edição do genoma falta a eficácia e está suspeitado de causar efeitos significativos do fora-alvo, quando os sgRNAs obtidos in vitro pela transcrição puderem ser activação directa cara e citotóxico do sistema imunitário inato em muitos tipos da pilha mamífera. A fabricação dos sgRNAs de alta qualidade pela síntese química é igualmente difícil e caro devido a seu comprimento.

Endereçando os problemas do sistema sgRNA-baseado, IDT realizou a pesquisa extensiva em aperfeiçoar o sistema bacteriano nativo de pyogenes do S., que usa um crRNA bipartido: complexo do tracrRNA para dirigir a segmentação Cas9.

Os pesquisadores de IDT encontraram que era não somente ele possível encurtar o crRNA e tracrRNAs a 36 e 67 nucleotides respectivamente, mas que fazer aumentou assim a potência do em-alvo da reacção comparou com outras aproximações.

A gordura dos estes RNAs permite IDT de fabricar os componentes como os oligonucleotides de alta qualidade, sintéticos do RNA que induzem menos toxicidade e activação inata da resposta imune nas pilhas. Os pesquisadores podem igualmente tirar proveito de um seguro, rapidamente e do protocolo fácil sem a preparação viral da partícula, in vitro transcrição, ou as etapas da purificação.

O Dr. Marcação Behlke, CSO de IDT comentou:

Nós somos muito entusiasmado sobre nossa gama de produtos Alt-r CRISPR-Cas9 nova. Para nós era lógico reconsiderar o sistema natural, porque a natureza é geralmente muito boa em projetar soluçõesque altamente eficazes uma cotovelada hábil é no sentido correcto toda a que seja necessário.

Nossa pesquisa nesta área encontrou essa gordura os crRNAs e os resultados naturais dos tracrRNAs em um inesperado, contudo significativo, melhoria em métodos actuais de CRISPR. Editando a eficiência é melhorado não somente, mas o RNAs sintético mais curto é feito mais facilmente usar-se de alta qualidade, métodos de fabricação da alto-produção.

Este sistema bipartido do RNA é igualmente particularmente útil para manipulações muito limpas nas pilhas, porque não sae de uma pegada que poderia causar mudanças indesejadas ao genoma, como expressões que ADN-dirigidas os sistemas podem. Nós pensamos esta promessa das mostras do sistema grande não somente para fazer CRISPR muito mais acessível e eficiente na pesquisa mas igualmente em pedidos terapêuticos para exactamente essa razão.

Os pesquisadores podem encontrar mais sobre o sistema novo inovativo do “em uma eficiência intitulada webinar aumento do genoma que edita com o sistema Alt-R™ CRISPR-Cas9: projecto e uso” quarta-feira 4 de novembro de 2015. O Dr. Garrett Rettig, um cientista da pesquisa na genética molecular em IDT que conduziu esforços de pesquisa no genoma de CRISPR que edita métodos apresentará o webinar em 9 am e em 1 hora padrão da central do pm.

A apresentação segue sobre “das ferramentas novas recentes do RNA para a edição aperfeiçoada do genoma CRISPR/Cas-9” webinar, que apresentou detalhes da pesquisa que desenvolveu o sistema Alt-r CRISPR-Cas9. A característica webinar nova da vontade um olhar detalhado nos componentes do sistema, explica como projectar e crRNAs do Alt-r CRISPR do pedido, e fornece um guia passo a passo ao processo experimental.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Integrated DNA Technologies. (2019, June 20). O sistema Alt-r CRISPR-Cas9 inovativo de IDT melhora o genoma que edita a potência, reduz a toxicidade da pilha. News-Medical. Retrieved on October 29, 2020 from https://www.news-medical.net/news/20151029/IDTs-innovative-Alt-R-CRISPR-Cas9-System-improves-genome-editing-potency-reduces-cell-toxicity.aspx.

  • MLA

    Integrated DNA Technologies. "O sistema Alt-r CRISPR-Cas9 inovativo de IDT melhora o genoma que edita a potência, reduz a toxicidade da pilha". News-Medical. 29 October 2020. <https://www.news-medical.net/news/20151029/IDTs-innovative-Alt-R-CRISPR-Cas9-System-improves-genome-editing-potency-reduces-cell-toxicity.aspx>.

  • Chicago

    Integrated DNA Technologies. "O sistema Alt-r CRISPR-Cas9 inovativo de IDT melhora o genoma que edita a potência, reduz a toxicidade da pilha". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20151029/IDTs-innovative-Alt-R-CRISPR-Cas9-System-improves-genome-editing-potency-reduces-cell-toxicity.aspx. (accessed October 29, 2020).

  • Harvard

    Integrated DNA Technologies. 2019. O sistema Alt-r CRISPR-Cas9 inovativo de IDT melhora o genoma que edita a potência, reduz a toxicidade da pilha. News-Medical, viewed 29 October 2020, https://www.news-medical.net/news/20151029/IDTs-innovative-Alt-R-CRISPR-Cas9-System-improves-genome-editing-potency-reduces-cell-toxicity.aspx.