Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Os pesquisadores do UM concederam o financiamento de NIH à bactéria do estudo que causa a doença de Lyme

A universidade de pesquisadores Dan Drecktrah e Scott Samuels de Montana foi concedida recentemente $449.998 dos institutos de saúde nacionais pelo primeiro ano de um projecto de cinco anos para estudar a bactéria que causa a doença de Lyme.

Trabalharão conjuntamente com Meghan Lybecker da Universidade do Colorado - Colorado Springs. Lybecker ganhou seu Ph.D. do UM em 2007.

Junto investigarão o “regulamento da utilização do glicerol no burgdorferi do Borrelia.” Com os 300.000 casos calculados anualmente, doença de Lyme são a doença vector-carregada a mais predominante nos Estados Unidos. Resulta da infecção com o burgdorferi do Borrelia do spirochete transmitido através da mordida de um tiquetaque.

O objetivo de seu trabalho é compreender os mecanismos reguladores que permitem que o burgdorferi do B. responda e se adapte às fontes de carbono variadas na transmissão do tiquetaque-à-mamífero e na patogénese da doença de Lyme, que conduzirá às estratégias melhoradas do diagnóstico, da prevenção e do tratamento. O objetivo a longo prazo é aliviar a doença humana.

Drecktrah igualmente recebeu recentemente quase $260.000 no financiamento de NIH para seu projecto intitulado “regulamento metabólico durante o ciclo de vida do dois-anfitrião do Borrelia.” Neste projecto, investigará um caminho novo da sinalização que regule a interacção do burgdorferi do B. com seu vector do tiquetaque. O objetivo a longo prazo deste projecto é compreender as estratégias e os usos originais do burgdorferi dos mecanismos B. persistir no tiquetaque e transmitir aos mamíferos.