A procura de uma mulher do transgender para a cirurgia travou em ventos laterais políticos

Com o país no curso para encaixar os direitos de americanos do transgender, a carriça Vetens introduziu-se como uma mulher pela primeira vez em janeiro de 2016, na reunião anual da sociedade astronômica americana. Após o levantamento como um menino e lutando com sua identidade do género por anos, sentiu de liberação para ser referido como “ela.”

Vetens, que é agora 24, começou a tomar hormonas para desenvolver as características fêmeas que saltam, como a administração de Obama revelou uma regra do marco exceto a maioria de fornecedores de serviços de saúde da discriminação baseada na identidade do género, sob o perigo de financiamento federal perdedor.

Que verão, enquanto se preparou para começar um programa do Ph.D. na física na universidade de Wisconsin, os oficiais de Wisconsin votaram para permitir que a transgender os empregados públicos - incluindo alunos diplomados que trabalharam como assistentes de ensino - obtenham a cobertura para terapias e cirurgia da hormona, em conformidade com a regra da anti-discriminação de administração de Obama.

Vetens eyed o waitlist de um cirurgião respeitado em Califórnia, esperando ter sua cirurgia da confirmação do género assim que o verão de 2017.

Então, com a eleição do presidente Donald Trump, a política tomou uma inversão de marcha, mudando a paisagem para americanos do transporte. Um grupo novo de oficiais social conservadores do governo descascou para trás aquelas protecções um por um, com desafios legais e não-aplicação. A regra de administração de Obama que protege pacientes do transporte da discriminação é esperada ser eliminada formalmente este verão.

“Que é um resultado potencial devastador para povos do transporte em particular mas para todas as comunidades vulneráveis,” disse Jocelyn Samuels, que ajudou a escrever a regra como o director do departamento do escritório de saúde e serviços humanos para direitos civis sob o presidente Barack Obama.

Contra esse contexto novo, os oficiais de Wisconsin decidiram que não tiveram que oferecer a cobertura para hormonas transição-relacionadas e procedimentos afinal.

Em uma matéria dos meses, Vetens foi de escolher uma tâmara da cirurgia que preocupa-se à ela não poderia ter recursos para a cirurgia. Sem o seguro do estado para cobrir sua operação, passou os meses que executam um labirinto financeiro das avaliações, das facturas, das contas e das procuras para o pagamento de um hospital e de um segurador que não soubessem fixar o preço ou cobrir de um procedimento relativamente novo.

“Sente como cada única parte do sistema teve um papel nefasto diferente neste,” Vetens disse.

Crescer acima de pensamento “algo era errado”

Vetens descreve a aflição que tinha sentido ao longo de sua vida como “a ansiedade filosófica, existencial.”

“Era inicialmente o sentimento que algo era errado,” ela disse, “o sentimento que o mundo não era real ou eu não era real ou nada era real.”

Crescendo acima em um subúrbio de Salt Lake City, Vetens era brilhante mas esforçado para focalizar na escola, resistindo tiranizar sobre sua estatura pequena. Às vezes chicotearia para fora, na idade 5 que perfura um colega na vagina que disse que Vetens não poderia jogar com as meninas no campo de jogos porque era um menino.

Como muitas crianças, desafiou as normas do género, trocando ocasionalmente roupas de banho com um amigo fêmea, que igualmente tivesse o cabelo louro e os olhos azuis, porque fingiram se ser. Não conheceu quase nada sobre o que significou ser transporte, sua primeira exposição que vem quando um colega da escola primária lhe disse que o estrela pop Michael Jackson era “um homossexual, pedophile do transgender.”

Na escola, imergiu-se nos mundos de duelo da ciência e da fantasia, jogando Dungeon & dragões com seus amigos durante o almoço e trabalhando no laboratório de um geneticista devencimento de Nobel durante o verão. Desejando derramar o legado de um pai com quem não obteve avante, mudou seu sobrenome a Vetens, uma derivação do vetenskap, a palavra sueco para a ciência.

Vetens estava em uma conferência do jogo em 2013 quando a considerou primeiramente pôde ser transgender. Então 19, gravitou às sessões de painel que se centraram sobre ser transporte na comunidade do jogo. “O que faz o esse diga sobre minha identidade do género?” quis saber.

Oprimida, pôs o pensamento fora de sua mente até o nacional que vem para fora dia que cai, quando um amigo saiu como não-binário, um termo que descreve aqueles que não identificam como exclusivamente o homem ou a fêmea. Mim, também, pensamento de Vetens. Afixou em Facebook, pedindo para ser referido como “eles.”

A notícia veio como um choque ao Dr. Kimberly Moreland, sua matriz, que encontrou sobre o cargo das irmãs de Vetens. Chamou Vetens e perguntou porque não lhe tinha dito antes do compartilhar em Facebook. “Mamães, eu não o disse que porque eu soube você seria fino com ele,” Vetens respondeu. Os dois tinham sido sempre próximos.

Moreland, um OB-GYN, disse que Vetens - o mais velho de suas três crianças - “lhe iluminou” de várias maneiras. Ainda, o ajuste era difícil. Mais de dois anos depois que Vetens saiu, obtiveram em uma discussão caloroso sobre as referências ocasionais de Moreland a Vetens como “ele.” Sendo “feltro misgendered como um perfurador no intestino,” Vetens disse.

A conversação girou para a cirurgia quando Moreland pediu Vetens se era algo que quis. Embora respondeu inicialmente “não,” começou pesquisar.

“Assim que eu vi uma imagem de um procedimento moderno, eu pensei, oh meu deus, eu estou tendo este,” Vetens disse.

Preparar para a cirurgia

Vetens não teve nenhum problema receber a letra da recomendação do terapeuta exigida para começar a terapia da hormona, quando na faculdade de Reed em Portland, minério. Vestiu um vestido a sua primeira nomeação. O terapeuta “olhou mim e disse “fresco, “” recordou.

Os indivíduos do Transgender têm uma identidade ou uma expressão do género que difiram do sexo identificado no nascimento. Quando usado frequentemente permutavelmente, o “sexo” refere os traços fisiológicos e biológicos de ser masculino ou fêmea, quando o “género” referir traços mais social conduzidos, tais como comportamentos e atributos. O sentido de um indivíduo de seu próprio género é chamado identidade do género; a maneira que comunicam aquele a outro é chamada expressão do género.

Do “a disforia género” é o diagnóstico para aquelas com “a aflição clìnica significativa” devido à diferença entre seus género e sexo, de acordo com a associação psiquiátrica americana.

Vetens coube o diagnóstico, e o sincronismo de sua transição engrenou com uma expansão do pensamento social. Em 2013, o ano Vetens saiu, manual diagnóstico e estatístico dos APA dos transtornos mentais esclarecidos que do “o não-conformismo género não é em si mesmo um transtorno mental.” Os programas televisivo como “transparente” e a “laranja são” os carácteres simpáticos retratados pretos novos do transporte. O olímpico anterior Bruce Jenner transformou-se Caitlyn.

A cirurgia homem-à-fêmea Vetens submeteu-se, inversão penile vaginoplasty, é um procedimento cuidadoso usando o tecido penile e scrotal para criar uma vagina.

O Dr. Madeline Deutsch, director médico para o cuidado do transgender na universidade de Califórnia-San Francisco, disse que terapia e cirurgias da hormona das mostras da pesquisa foi eficaz em melhorar a qualidade de vida, em reduzir a depressão e a ansiedade, e em melhorar o social total que funciona - os resultados que são especialmente notáveis para uma população em um risco startlingly aumentado de suicídio.

A política federal erige planos

Quando Vetens procurarou por um programa graduado na teoria da corda, um subfield da física teórica, desenhou uma linha na areia: A escola teve que ser amigável transgender estudantes.

Madison pareceu um lugar de acolhimento, uma ilha liberal em um estado pela maior parte conservador - mas um que somente derrubou estreita para o trunfo na eleição 2016 presidencial. A universidade do terreno de Wisconsin lá tem um centro activo de LGBTQ, e o sistema da saúde de UW está construindo um programa que abastece aos pacientes do transporte.

“Eu apenas esperei meio estão indo ser razoáveis sobre este,” Vetens disse, “e eu supor que I aprendeu um bit de uma lição sobre a ingenuidade.”

Embora Wisconsin excluísse especificamente a cobertura para do “o reafectação género ou a transformação sexual” para empregados de estado, sua placa do seguro de grupo de 11 membros votou unânime em julho de 2016 para virar a proibição, mencionando a regra federal nova da anti-discriminação.

Quando chegou no terreno que cai, Vetens foi dito que o plano do seguro de saúde do estado cobriria sua cirurgia uma vez que a política nova tomou o efeito o 1º de janeiro de 2017.

Veio então a vitória da surpresa do trunfo, que tinha construído uma campanha em rejeitar as políticas de Obama e tinha abraçado conservadores sociais como seu candidato, moedas de um centavo de Mike. Como um congressista e um regulador, as moedas de um centavo opor as protecções para a comunidade de LGBTQ, incluindo escolas pedindo diretivas de uma administração de Obama para permitir que os estudantes do transporte usem o banheiro que correlaciona a sua identidade do género.

Com o deslocamento nacional do impulso, Vetens era home para os feriados em que aprendeu que tinha perdido a cobertura que tinha contado sobre para pagar por sua operação: Em uma reunião quase inteiramente à porta fechada, a placa do seguro votou para inverter sua decisão mais adiantada. A placa tinha cavado para exercer pressão sobre do caminhante de Scott, do regulador republicano do estado, e de seu departamento de justiça, que tinha chamado a regra da anti-discriminação “ilegal” antes de se juntar outros estados em um processo legal contra a administração de Obama.

Os balanços dramáticos da política, da expansão inaudita de direitos do transporte sob Obama à redução imprevisível de direitos do transporte sob o trunfo, sairam de muitos que sentem a chicotada.

Outras duas mulheres do transgender empregadas pela universidade de Wisconsin e cobertas pelo plano do seguro de saúde do estado processaram a placa do seguro de grupo, a placa da universidade de regentes e outro, alegando a discriminação de sexo baseada em sua incapacidade obter a cobertura para seus procedimentos. O caso é programado para ir à experimentação em outubro.

Obstáculos dos cuidados médicos

Determinado ter sua cirurgia esperada desde há muito tempo, Vetens e sua matriz expor para comprar uma outra política que o cobrisse.

“O que está golpeando sobre ele é a urgência esta família sentida sobre a obtenção deste procedimento feito, mesmo sem ter alguma pena fechado das perguntas grandes,” disse Katie Keith, cofounder de Out2Enroll, uma organização que ajudasse a comunidade de LGBTQ a obter o seguro de saúde, adicionando: “Se você não a obtem agora, quanto tempo você tem que esperar, e o que faz aquele faz a seu estado mental?”

Vetens pesquisou o preço do procedimento, calculando que custaria $19.000 a $25.000. Fixou então o seguro novo que cobriria até $25.000, transformou-se um paciente do Dr. Katherine Gast, um cirurgião recrutado recentemente pela universidade do hospital de Wisconsin, e programou-se o procedimento durante sua ruptura do inverno em seu segundo ano. Seu segurador, planos consolidados da saúde, preapproved sua operação.

Então, aproximadamente dois meses antes de sua cirurgia, um representante do faturamento do hospital chamado: Tinham executado os números e o faturamento antecipado seu segurador aproximadamente $100.000. Vetens, que faz aproximadamente $20.000 um o ano como um assistente de ensino, poderia ter estado no gancho para tanto quanto $75.000.

O telefonema provocou meses da agitação como Vetens e Moreland lutado para conseguir o hospital e seu segurador negociar um preço melhor para um procedimento que os peritos digam custa $20,000-$30,000 sem seguro. O hospital e o segurador responsabilizaram a divergência larga nas avaliações no facto de que teve pouca experiência no faturamento para uma inversão penile vaginoplasty e não conheceu quanto deve custar.

Paul Meyer, Director de Operações para Alliance - que negocia preços com os fornecedores para o sistema do seguro de Vetens - disse tinha sido facturado nunca para uma inversão penile vaginoplasty, significando que não poderia oferecer de antemão a pacientes como Vetens umas citações “disponíveis imediatamente”.

Meyer disse que não havia nenhuma taxa negociada para esse procedimento. Em lugar de, seria fixado o preço baseou na parte em que de aproximadamente 1.000 categorias gerais foi agrupado - provavelmente um agrupamento conhecido como “desordem da saúde mental com procedimento de O.R.,” disse. O preço seria determinado mais por despesas como fontes da sala de operações e outros factores, tais como quantos dias da hospitalização foram exigidos.

A certo ponto, Gast, o cirurgião de Vetens, chamado Vetens e perguntado lhe para reconsiderar mover-se para a frente antes de figurar para fora como pagar por ele, um argumento Vetens descrito como “uma bofetada” de um aliado crítico que incitasse o hospital e o segurador em seu nome. Tinha sido um ano difícil, interrompido pelo assassinato de um amigo e pelo suicídio de outro, Vetens disse. Foi determinada ter o procedimento.

Na frustração, uma semana antes da cirurgia programada, Vetens e Moreland aceitaram uma oferta do hospital para abandonar usando seu seguro e para pagar directamente $20.080 honestos como um acordo - mesmo que o segurador dissesse que não reembolsaria Vetens para aquele amável das despesas.

“O que é um outros $20.000 do débito para mim que é a pessoa que eu sou?” Vetens disse. “Se aquele é o preço que eu tenho que pagar para ser eu mesmo, então seja assim ele.”

Vetens submeteu-se a uma inversão penile vaginoplasty o 27 de dezembro de 2017, e é excitado com os resultados. Mas a matriz e a filha - um médico e um físico - permanecem chocado pelos obstáculos que enfrentou, e pela preocupação sobre aqueles que não têm a fortaleza e os recursos a lutar para trás.

Moreland encerrou uma apelação aos planos consolidados da saúde, escrevendo: “Nós sentimos que esta discriminação em práticas do faturamento/cobertura de seguro é especificamente porque [Vetens] é o transgender.” Indicou que os pacientes sem o seguro pagariam o mesmo preço que fizeram e acusariam o segurador de tratar Vetens diferentemente do que ele trataria as mulheres que procuram procedimentos comuns como histerectomia.

Os povos de Transgender experimentam muita desigualdade nos cuidados médicos, Keith de Out2Enroll disse. O cuidado preventivo pode ser duro de obter, com as mulheres do transporte que esforçam-se para obter a cobertura para selecções de cancro da próstata rotineiras, por exemplo. E os seguradores têm exclusões de uso geral para que os tratamentos transição-relacionados justifiquem não cobrir nenhuns cuidados médicos para pacientes do transporte.

Sob a discriminação de proibição da regra da Obama-era baseada no género, os indivíduos do transporte que foram executado no problema poderiam arquivar queixas ao departamento da saúde e serviços humanos, que poderiam interceder. Agora que a opção está fora da tabela.

Vetens dito: “Meu caso é original que eu tenho bastante privilégio ainda ter um término feliz.”

Bram Zibelina-Smith de media públicos dos efeitos secundários contribuiu o relatório.

Notícia da saúde de KaiserEste artigo foi reimprimido de khn.org com autorização da fundação de Henry J. Kaiser Família. A notícia da saúde de Kaiser, um serviço noticioso editorial independente, é um programa da fundação da família de Kaiser, uma organização de investigação nonpartisan da política dos cuidados médicos unaffiliated com Kaiser Permanente.