Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

CLARIOstar usou-se para medidas da fluorescência na embarcação de pesquisa finalidade-construída do CSIRO

O CLARIOstar foi usado em um navio da pesquisa para medidas da fluorescência no mar alto

Professor Peter Karuso, do departamento de ciências moleculars na universidade de Macquarie, vela recentemente ajustada na embarcação de pesquisa finalidade-construída do CSIRO, investigador do rv, em uma viagem de 31 dias que cobrisse sobre 2.600 milhas náuticas fora da costa australiana ocidental. A bordo de era o CLARIOstar que faz medidas da fluorescência e da absorvência no mar alto possível.

O CLARIOstar foi usado para a bordo de medidas da fluorescência e da absorvência.

O alvo de Peter, enquanto no investigador do rv, era provar esponjas das profundidades de 20-120 m e avaliar a correlação entre a fluorescência nestas esponjas com a presença de cyanobacteria simbiótico ou algas unicellular. Porque há somente uma esquerda clara azul abaixo de 100 m, se as esponjas contiveram os fluorophores que converteram o azul à luz vermelha, este ajudaria à fotossíntese em uma água mais profunda em troca do nitrogênio e do carbono orgânicos do cyanobacteria. O interesse particular de Peter em produtos naturais marinhos e fluorescentes centra-se sobre a aplicação de moléculas pequenas aos sistemas biológicos, a seu significado ecológico e a aplicações na biotecnologia. Na viagem, Peter provou sobre 100 locais, recolhidos 20,5 toneladas de esponja e preservados 1.551 amostras de tecido da esponja.

BMG LABTECH Austrália apoiou amavelmente esta pesquisa emprestando um leitor do microplate de CLARIOstar, que fizesse a bordo das leituras da fluorescência e da absorção possíveis. Devido à natureza labile das clorofilas, sem o acesso a bordo ao CALRIOstar a avaliação da clorofila/fluorescência da esponja não seria possível.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    BMG LABTECH GmbH. (2019, June 20). CLARIOstar usou-se para medidas da fluorescência na embarcação de pesquisa finalidade-construída do CSIRO. News-Medical. Retrieved on October 22, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20181019/CLARIOstar-used-for-fluorescence-measurements-on-CSIROs-purpose-built-research-vessel.aspx.

  • MLA

    BMG LABTECH GmbH. "CLARIOstar usou-se para medidas da fluorescência na embarcação de pesquisa finalidade-construída do CSIRO". News-Medical. 22 October 2021. <https://www.news-medical.net/news/20181019/CLARIOstar-used-for-fluorescence-measurements-on-CSIROs-purpose-built-research-vessel.aspx>.

  • Chicago

    BMG LABTECH GmbH. "CLARIOstar usou-se para medidas da fluorescência na embarcação de pesquisa finalidade-construída do CSIRO". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20181019/CLARIOstar-used-for-fluorescence-measurements-on-CSIROs-purpose-built-research-vessel.aspx. (accessed October 22, 2021).

  • Harvard

    BMG LABTECH GmbH. 2019. CLARIOstar usou-se para medidas da fluorescência na embarcação de pesquisa finalidade-construída do CSIRO. News-Medical, viewed 22 October 2021, https://www.news-medical.net/news/20181019/CLARIOstar-used-for-fluorescence-measurements-on-CSIROs-purpose-built-research-vessel.aspx.