Estudo: 90% dos adolescentes matados por um sócio íntimo são meninas

O homicídio íntimo do sócio entre adolescentes ocorre e 90 por cento das vítimas são meninas, de acordo com um estudo novo na pediatria do JAMA.

“Este é um problema de saúde público que deva ser tomado seriamente,” disse o autor principal Avanti Adhia, um membro distinguido na prevenção de ferimento de Harborview e o centro de pesquisa na universidade da Faculdade de Medicina de Washington.

O estudo olhou dados do sistema de relatórios nacional da morte violenta desde 2003-2016, que incluiu 2.188 homicídios de jovens 11-18 anos onde o relacionamento entre a vítima e o autor foi sabido.

Destes homicídios, 150 (6,9 por cento) foram classificados como homicídio íntimo do sócio.

“Quando não uma ocorrência comum, ele ocorrer mais frequentemente do que os povos realizam,” disse Adhia.

Adhia disse que 90 por cento dos autores são masculinos, e as armas são a arma a mais comum usada.

“A maioria dos homicídios ocorre em uma adolescência mais velha entre as idades de 16-18,” disse. “Uma circunstância comum é quando uma vítima termina um relacionamento com o autor ou lá é inveja sobre a vítima que data alguém novo. ”

Adhia disse que uma outra encenação comum é uma altercação ou um argumento agudo que terminassem na morte pela arma de fogo ou cortante.

Os dados vêm de 32 estados e de cada dados contribuídos estado para um número diferente de anos, assim que nenhuma análise de tendência estava disponível. Mas o conjunto de dados foi expandido a 50 estados e mais casos estarão disponíveis no futuro.

“Em parte porque eu estava interessado neste assunto é a percepção que a violência datando adolescente é menos grave do que a violência íntimo do sócio entre adultos,” disse Adhia. “Mas é importante compreender que as coisas podem escalar entre adolescentes também.”

Disse que as intervenções evidência-baseadas devem ser executadas em ajustes da escola e da comunidade em torno da consciência, das habilidades de comunicação nos relacionamentos e da intervenção do espectador.