Introspecção nova no retalho de crescimento rápido e na indústria medicinal do cannabis

O grupo de Edison, o investimento principal e a empresa consultiva da pesquisa, publicaram seu relatório do sector analisando o crescimento indústria varejo e medicinal do cannabis.

O sector do cannabis é relativamente largo, medindo drogas aprovados pelo FDA aos produtos de consumo. Ambos os mercados são ainda uma fracção de seus tamanhos máximos potenciais devido às leis que proibiram historicamente o uso do cannabis e do hesitance regulador aprovar drogas com os ingredientes activos relacionados. As vendas mundiais para toda a terapêutica regulador-aprovada do cannabinoid eram somente $53m em 2018 de acordo com EvaluatePharma, visto que o mercado legal total do cannabis nos Estados Unidos era em torno de $8bn em 2017, comparado a $234bn nas vendas para a indústria de bebidas alcoólicas. A paisagem é mudança, contudo, principalmente devido à legalização do cannabis que é popular com eleitores e o facto de que os políticos estão começando reconhecer as receitas fiscais que poderiam ser extraídas com os impostos de sales/VAT, que poderiam potencial encher furos orçamentais significativos.

America do Norte: A maré girou e fornece agora a oportunidade enorme

Apesar de um perfil de segurança relativamente benigno comparado ao álcool, o uso do cannabis foi proibido historicamente amplamente, mesmo para o uso médico. Isto está mudando toda. Canadá transformou-se o primeiro país ocidental principal para legalizar o cannabis médico e recreacional em 2018. Os Estados Unidos, que serão provavelmente o mercado o mais importante para o cannabis por algum tempo, são um estado híbrido. No total, 10 estados legalizaram o cannabis recreacional e uns outros 23, representando 43% da população dos E.U., legalizaram o cannabis médico (embora permanece ilegal em um nível federal). Os estados adicionais, tais como New-jersey e New York, são esperados seguir logo.

Mais importante, diversos candidatos presidenciais Democráticas proeminentes endossaram a remoção do cannabis da programação de substâncias controladas. Um motivador principal para esta tendência para a legalização é as receitas fiscais envolvidas como todos os estados que têm legalizado até agora têm impostos eficazes entre de 20% e de 47% em vendas.

Epidiolex que conduz o crescimento no mercado da terapêutica

Há surpreendentemente pouco terapêutica que contem os cannabis que foram aprovados por autoridades reguladoras principais, com as vendas mundiais que totalizam somente em torno de $53m em 2018 de acordo com EvaluatePharma. Isto é apesar do facto de que o cannabis estêve usado para várias finalidades médicas para milhares de anos e tem um perfil de segurança que seja superior ao álcool em vários aspectos. Quando determinados cannabinoids forem concedidos a aprovação do FDA desde 1985, o primeiro cannabinoid principal com potencial do sucesso de público, Epidiolex, estêve lançado recentemente por GW Pharma para tratar síndromes de Dravet e de Lennox-Gastaut, ambas as epilepsias pediatras. A aprovação ajudou eficazmente o mercado da terapêutica a girar um canto: a droga é esperada gerar as vendas de $1.7bn em 2024 de acordo com previsões do consenso do mercado, fazendo lhe a droga aprovado pelo FDA cannabis-relacionada a maior na história e no primeiro cannabinoid planta-baseado para ganhar a aprovação.

O mercado varejo de crescimento rápido é uma fracção pequena de sua capacidade plena

O mercado para o cannabis legal tem crescido muito rapidamente e tem um tamanho significativo, mas é uma fracção pequena de sua capacidade plena. Nos Estados Unidos, o mercado legal do cannabis - recreacional e medicinal - é calculado para ter sido $8bn em 2017 pelo capital de Ackrell, um banco de investimento centrado sobre empresas do cannabis. Se o nível de consumo se torna per capita similar nos estados que legalizaram recentemente o cannabis recreacional àquele considerado em Colorado, o mercado poderia vir $18.8bn apenas em alguns anos, como mercados amadurece-se nestes estados apenas. Se havia uma legalização completa nos Estados Unidos a níveis do uso de Colorado per capita, o país poderia potencial ser um mercado de $88bn.

É a biosíntese o futuro da extracção?

Os métodos actuais de extrair ou de fabricar cannabinoids têm alguns inconvenientes significativos. a extracção Planta-baseada dos cannabinoids é demorada (três a 10 meses apenas para cultivar a planta), que igualmente exige um alto nível da purificação remover os insecticidas indesejáveis, os moldes, os fungos ou as bactérias, solventes residuais e cannabinoids do não-alvo. Também, não é eficaz na redução de custos extrair os cannabinoids 100+ menores das plantas, como os cannabinoids que compo <1% do custo da planta sobre $100.000 pelo quilograma para produzir. Uns métodos mais eficientes da extracção poderiam ajudar, como a biosíntese, que produz um mais puro, um produto mais rentável criado com as bio-reacções da cultura celular. Há duas aproximações principais à biosíntese, um Escherichia Coli de utilização, o outro fermento de utilização.

InMed é a empresa principal que usa Escherichia Coli quando diverso outro tal como a nogueira-do-Japão Bioworks, Amyris, Intrexon, Librede e Tweewinot for centrado sobre a produção de cannabinoids no fermento.

A promessa de outros frutos proibidos

O cannabis que junta-se ao grosso da população médico, científico e regulador ajudou aberto a porta para outras drogas com uma história do uso recreacional, especificamente dentro da saúde mental. O Ketamine mostrou a eficácia notàvel rápida em pacientes deprimidos e a aprovação recentemente ganhada de Johnson and Johnson para Spravato, compor do s-isómero do ketamine, para a depressão tratamento-resistente. O Psilocybin é o ingrediente activo em cogumelos mágicos e está em uma experimentação da fase II de 216 pacientes em pacientes tratamento-resistentes da depressão com os resultados esperados na primeira metade de 2020. Importante, o FDA concedeu a designação da terapia da descoberta do programa, significando que estará fornecendo “a orientação intensa” no projecto do programa de ensaio clínico. Note que se aprovado, o psilocybin precisaria de ser reprogramado da programação do DEA mim a ser feito disponível aos pacientes e um argumento pode ser feito para um downgrade toda a maneira de programar IV.

Entrementes, 3,4 o methylenedioxymethamphetamine (MDMA), a droga do partido igualmente conhecida como a êxtase, está em um ensaio clínico da fase III para o tratamento da desordem cargo-traumático do esforço (PTSD), que está sendo conduzida pela associação multidisciplinar para estudos psicadélicos, uma pesquisa não lucrativa e a organização educacional. Houve diversos estudos em PTSD que mostraram que MDMA pode ser útil enquanto se pensa para aumentar o acoplamento emocional necessário processar eventos traumáticos.

Jacobs máximo, director da pesquisa de cuidados médicos na pesquisa do investimento de Edison disse:

Quando houver certamente uma campanha publicitária que cerca o mercado do cannabis, a realidade incontestável é que é um mercado com potencial tremendo. Podia facilmente ser quase um mercado de $90bn nos E.U. e um mercado excedente de $40bn dos países EU-5. Não é uma pergunta de se este acontecerá, apenas uma pergunta de quando como os governos são incentivados para se mover para a legalização, não apenas pelo apoio popular largo mas pela promessa dos impostos significativos que podem ser levantados fazendo este mercado ilegal em um legal. Embora é importante recordar que quando o Internet ajudado a revolucionar o mundo, de que não significou que todas as empresas do Internet eram bem sucedidas. Apenas porque era importante se diferenciar entre Amazon.com e Pets.com entre empresas do Internet, é importante centrar-se sobre os tipos direitos e os segmentos do direito no sector do cannabis.”

Source: https://www.edisongroup.com/