Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

A droga nova fornece a esperança para pacientes a distrofia muscular de Duchenne

A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é uma doença genética, neuromuscular em que um paciente falta o dystrophin, uma proteína estrutural actual dentro das pilhas de músculo. Isto conduz à inflamação e à necrose dos músculos e da substituição gradual do tecido do músculo com os tecidos gordos e fibrosos tendo por resultado a fraqueza de músculo.

DMD é uma condição progressiva e irreversível que afecte cada grupo do músculo. É mais comumente - visto nos meninos do que as meninas e ao longo do tempo, conduzem a uma diminuição na função respiratória. Isto conduz aos pacientes que precisam intervenções clínicas como o apoio do ventilador, causando a morbosidade e a mortalidade principais. Os pesquisadores trabalharam em estratégias tornando-se para parar ou retardar a fraqueza de músculo para prolongar vidas e para melhorar igualmente a qualidade de vida.

Três ensaios clínicos (nomeados 201, 202 e 204) foram conduzidos em uma droga nova; um oligonucleotide antisentido. Até agora, a droga foi mostrada para ajudar pacientes com DMD. Os resultados das experimentações foram publicados no jornal de doenças neuromusculares.

Pilhas de músculoJose Luis Calvo | Shutterstock

Os pesquisadores explicaram que a função respiratória pode ser medida em diversas maneiras, um de que é a capacidade vital forçada (FVC) que é a quantidade total de ar que pode ser expirada pelos pulmões após uma inspiração profunda. Isto pode ser comparado ao FVC previsto de um indivíduo saudável da mesma idade para calcular o FVC previsto por cento (FVC% p).

Nos pacientes com DMD que não foram tratados, começos de FVC% p a diminuir em 7 a 10 anos de idade. DMD aparece geralmente pela idade de 2 a 4 anos. Entre os pacientes tratados com os esteróides, a diminuição em funções respiratórias é atrasada ligeira. Contudo, a diminuição anual em FVC% p é ao redor 5 por cento e antes que a criança alcançar a segunda década de sua vida, há uma diminuição significativa em funções respiratórias independentemente do tratamento.

Uma diminuição em FVC% p às dificuldades respiratórias das causas de menos de 80 por cento e a um valor de menos de 50 por cento exige o apoio do ventilador pelo menos durante a noite, se não durante o dia demasiado. Os pesquisadores explicam aquele que atrasa a deterioração mais adicional da função respiratória mesmo em uns anos mais atrasados podem melhorar a qualidade de vida e as medidas reduzir esta taxa de diminuição reduziriam significativamente a exigência de intervenções clínicas nesta população e melhorariam a morbosidade.

Impedindo a diminuição respiratória para pacientes com DMD

A droga nova foi aprovada pelo FDA para o tratamento de DMD. É um “exon que salta o oligonucleotide antisentido” que modula a genética dos pacientes de DMD para retardar a progressão de sua doença.

Este estudo foi conduzido por Dr. Navid Z. Khan, Superior Director, Global Médico Casos, Sarepta Terapêutica, Inc., Cambridge, miliampère, EUA. E sua equipe avaliaram o efeito de uma droga nova em funções respiratórias em pacientes de DMD de três ensaios clínicos e compararam-no com os pacientes da base de dados global natural do estudo da história de Duchenne do grupo de investigação neuromuscular internacional cooperativo (CINRG DNHS).

Os dados de mais de 400 pacientes de DMD foram divididos em três coortes, de que 13 por cento têm mutações típicas de DMD. Estas mutações podem ser tratadas pela terapia de salto do exon 51, explicam os pesquisadores.

A primeira coorte era os pacientes glucocorticoid-tratados que poderiam ser tratados com o salto do exon (20 em número), a segunda coorte compreendida de todos os pacientes glucocorticoid-tratados (172 pacientes) e o terceiro grupo consistiu em todos os pacientes glucocorticoid-tratados que genotyped (148 pacientes).

Por quatro anos cada das experimentações foram conduzidos em pacientes ambulatórios ou móveis. Uma vez que eram não-ambulatórios, foram continuados outra vez por uns 2 anos mais adicionais. Os pacientes foram envelhecidos entre 7 e 16 anos.

Os genes são compo dos introns e dos exons. Os Exons sãos na proteína final, visto que os introns não sido. Isto significa que as mutações nos exons conduzem frequentemente à doença.

O salto do Exon refere um método por que uma molécula pequena liga ao exon transformado e impede que a pilha copie essa parte do gene. Isto conduz a uma proteína truncada, mas ainda funcional do dystrophin que já não produza os efeitos tóxicos que conduzem a DMD. A droga nova usa este mecanismo e foi mostrada à progressão lenta da doença.

Os três estudos

Estudo 201

O estudo 201 era um único estudo do centro com os 7 aos pacientes masculinos do adolescente de 13 anos com DMD que foram tratados com os glucocorticoids orais.

Estudo 202

Esta era uma extensão do estudo precedente para verificar a eficácia e a segurança das injecções semanais da droga. Este estudo durou quatro anos (216 semanas)

Estudo 204

O estudo 204 olhou meninos entre idades 7 e 21 anos que genotyped e teve as mutações genéticas de DMD que poderiam ser tratadas com a droga nova. Os pacientes foram instruídos parar de tomar a glucocorticoids 24 semanas antes do início do estudo. Eram soluções intravenosas semanais administradas da droga por 96 semanas. O estudo estendeu por 2 anos com FVC%p. periódico.

Que os resultados mostraram?

Os resultados de 74 pacientes que recebem o novo comparado com o glucocorticoid em pacientes de idade comparável de CINRG DNHS DMD mostraram que havia um retardamento significativo da diminuição respiratória da função. O retardamento de FVC% p era significativo quando comparado aos pacientes não tratados. Concluiu-se conseqüentemente que a qualidade da progressão da vida e da doença poderia ser melhorada através da droga.

Os resultados em pacientes ambulatórios e não-ambulatórios eram similares. Isto significa que a droga poderia ser útil mesmo para doença avançada, diz os pesquisadores. A equipe explica que poderia avaliar a eficácia dos músculos respiratórios avaliando a função de músculo superior do membro. Entre pacientes não-ambulatórios, a melhoria na função de músculo respiratória igualmente melhorou a actividade superior dos membros.

Os resultados mostraram que a diminuição anual em FVC% p estêve reduzida a 2,19 por cento em um estudo. Em outros dois estudos a diminuição anual em função dos músculos respiratórios era 3,66 por cento e 3,79 por cento respectivamente. Os pesquisadores sugerem uns estudos mais adicionais para compreender mais claramente as taxas da diminuição da função de músculo.

Os pesquisadores concluíram que havia um retardamento significativo da diminuição em funções respiratórias nos pacientes de DMD que estão sendo tratados com a droga nova durante um período da continuação de dois a quatro anos.

Quando traduzidos às encenações da vida real, estes resultados podem reduzir hospitalizações dos pacientes de DMD causados devido às doenças respiratórias e igualmente reduzir a exigência das intervenções respiratórias que incluem o apoio do ventilador.

Journal reference:

Eteplirsen Treatment Attenuates Respiratory Decline in Ambulatory and Non-Ambulatory Patients with Duchenne Muscular Dystrophy. Journal of Neuromuscular Diseases. DOI: 10.3233/JND-180351.

Dr. Ananya Mandal

Written by

Dr. Ananya Mandal

Dr. Ananya Mandal is a doctor by profession, lecturer by vocation and a medical writer by passion. She specialized in Clinical Pharmacology after her bachelor's (MBBS). For her, health communication is not just writing complicated reviews for professionals but making medical knowledge understandable and available to the general public as well.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Mandal, Ananya. (2019, July 10). A droga nova fornece a esperança para pacientes a distrofia muscular de Duchenne. News-Medical. Retrieved on September 22, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20190710/New-drug-provides-hope-for-patients-with-Duchenne-muscular-dystrophy.aspx.

  • MLA

    Mandal, Ananya. "A droga nova fornece a esperança para pacientes a distrofia muscular de Duchenne". News-Medical. 22 September 2021. <https://www.news-medical.net/news/20190710/New-drug-provides-hope-for-patients-with-Duchenne-muscular-dystrophy.aspx>.

  • Chicago

    Mandal, Ananya. "A droga nova fornece a esperança para pacientes a distrofia muscular de Duchenne". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20190710/New-drug-provides-hope-for-patients-with-Duchenne-muscular-dystrophy.aspx. (accessed September 22, 2021).

  • Harvard

    Mandal, Ananya. 2019. A droga nova fornece a esperança para pacientes a distrofia muscular de Duchenne. News-Medical, viewed 22 September 2021, https://www.news-medical.net/news/20190710/New-drug-provides-hope-for-patients-with-Duchenne-muscular-dystrophy.aspx.