Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Os genes ciliary transformados amarraram ao defeito congénito em válvula de coração

O coração bombeia o sangue durante todo o corpo para fornecer o oxigênio e os nutrientes necessários. No coração, circulações sanguíneas para conseguir o oxigênio dos pulmões entregar às pilhas. Algumas das estruturas as mais importantes no coração são as válvulas, porque impedem o recuo do sangue, evitando a mistura do sangue oxigenado com esses que ainda precisam de ser oxigenados. Em conseqüência, a circulação apropriada acontece. Se o sangue mistura, o corpo não conseguirá o oxigênio necessário funcionar correctamente.

Entre crianças, o defeito de válvula o mais predominante do coração é válvula aórtica do pré-molar (BAV), afetando aproximadamente 70 milhões de pessoas através do globo. Na válvula aórtica do pré-molar, dois dos três folhetos são juntados junto, danificando a função da válvula. Pode conduzir ao redução da válvula aórtica, igualmente denominado como a estenose aórtica. Quando isto acontece, reduz ou obstrui a circulação sanguínea do coração ao resto do corpo.

Por os anos passados, houve pouco conhecimento sobre a base genética para uma grande maioria de casos de BAV, embora alguns genes causais foram identificados. Em alguns casos, BAV pode conduzir às várias condições tais como a dilatação aórtica calcificante da estenose (CAVS) e da ascensão da válvula aórtica. Quando a aorta é afetada, pode conduzir ao impedimento na circulação sanguínea às partes diferentes do corpo.

Em um estudo novo por pesquisadores na universidade de South Carolina médica, podem ter encontrado uma razão para a revelação da válvula aórtica do pré-molar (BAV). Ligaram uma mutação em um gene que controlasse a produção de pestanas, estruturas microtubule-baseadas situadas na superfície de muitas pilhas.

Joshua Lipschutz, M.D., director da divisão da nefrologia na universidade de South Carolina médica, é um dos autores superiores do artigo da circulação. Crédito de imagem: Bloco de Sarah, universidade de South Carolina médica
Joshua Lipschutz, M.D., director da divisão da nefrologia na universidade de South Carolina médica, é um dos autores superiores do artigo da circulação. Crédito de imagem: Bloco de Sarah, universidade de South Carolina médica

O estudo, que foi publicado na circulação do jornal, os pesquisadores mostra que a doença de BAV e o redução da válvula aórtica estão associados com uma alteração do exocyst, um complexo shuttling essencial que mova a carga das pestanas para a membrana de pilha. Igualmente ajuda na revelação das pestanas, e foi ligado aos defeitos na produção das pestanas.

As pestanas são estruturas importantes no corpo. A maioria de pilhas contêm pestanas, que trabalha como antenas para que as pilhas detectem seus arredores. As pestanas são compor das proteínas menores chamadas tubulin, que são conectadas à pilha pelo corpo básico. As costas das pestanas trabalham junto para mover líquidos e moléculas após as pilhas, em um processo chamado transporte intraflagellar.

Recentemente, os peritos deslocaram seu foco em como as pestanas são relacionadas à saúde humana e à revelação potencial da doença.

“Acima até 20 anos há, os povos escreviam que as pestanas eram organelles vestigial e não tinham nenhuma função, agora, há um campo inteiro dos ciliopathies,” o Dr. Joshua H. Lipschutz, um professor de medicina e o director da divisão da nefrologia em MUSC e do autor co-superior do estudo da pesquisa disseram.

Introspecção nova na origem da doença de BAV

Para aterrar a seus resultados, os pesquisadores executaram um estudo genoma-largo (GWAS) da associação e da réplica usando mais de 2.000 pacientes de BAV e mais de 2.700 controles saudáveis. Os pesquisadores deram a prioridade a batidas de GWAS.

Igualmente compararam os genomas dos povos com os BAV e os aqueles que são saudáveis. As diferenças as mais ligadas nos genomas foram encontradas em ou perto dos genes que são essenciais para o regulamento do ciliogenesis através do exocyst.

Para determinar as mutações em Exoc5, uma proteína central do exocyst, causada doenças em outros organismos, usaram os modelos animais. Encontraram que desabilitar ou girar fora o gene para Exoc5 nos zebrafish conduziram à obstrução severa da circulação sanguínea do coração. Em conseqüência, conduziu à função cardíaca e mesmo à morte prematura diminuídas.

Contudo, quando injectaram a seqüência direita do gene para Exoc5 no animal, impediu a formação de defeitos do coração, sugerindo que a mutação é uma causa potencial da doença. Os pesquisadores promovem estudaram seu conceito de modelos dos ratos. Descobriram que os ratos com duas cópias do gene danificado tiveram adiantado morrido quando aqueles com a uma bobina do gene dos enfermos eram nascidos com uma taxa alta de doença de BAV e de alguns problemas na produção de pestanas.

Os povos com doença de BAV tiveram complicações características, tais como a calcificação da válvula aórtica, que sugere frequentemente ao redução ou à estenose da abertura da válvula. Nas experiências, os investigador encontraram que os ratos com o gene dos enfermos igualmente desenvolveram as mesmas complicações, e algumas mesmo raizes aórticas maiores tidas.

O conhecimento do estudo podia abrir a porta para terapias novas, fornecendo um alvo novo para as drogas futuras.

Journal reference:

Fulmer, D., Toomer, K., Guo, L., Moore, K., Glover, J., Moore, R., Stairley, R., Lobo, G., Zuo, X., Dang, Y., Su, Y., Fogelgren, B., Gerard, P., Chung, D., Heyfarpour, M., Mukherjee, R., Body, S., Norris, R., and Lipschutz, J. (2019). Defects in the Exocyst-Cilia Machinery Cause Bicuspid Aortic Valve Disease and Aortic Stenosis. Circulation. https://www.ahajournals.org/doi/10.1161/CIRCULATIONAHA.119.038376

Angela Betsaida B. Laguipo

Written by

Angela Betsaida B. Laguipo

Angela is a nurse by profession and a writer by heart. She graduated with honors (Cum Laude) for her Bachelor of Nursing degree at the University of Baguio, Philippines. She is currently completing her Master's Degree where she specialized in Maternal and Child Nursing and worked as a clinical instructor and educator in the School of Nursing at the University of Baguio.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Laguipo, Angela. (2019, September 17). Os genes ciliary transformados amarraram ao defeito congénito em válvula de coração. News-Medical. Retrieved on April 18, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20190917/Mutated-ciliary-genes-tied-to-heart-valve-birth-defect.aspx.

  • MLA

    Laguipo, Angela. "Os genes ciliary transformados amarraram ao defeito congénito em válvula de coração". News-Medical. 18 April 2021. <https://www.news-medical.net/news/20190917/Mutated-ciliary-genes-tied-to-heart-valve-birth-defect.aspx>.

  • Chicago

    Laguipo, Angela. "Os genes ciliary transformados amarraram ao defeito congénito em válvula de coração". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20190917/Mutated-ciliary-genes-tied-to-heart-valve-birth-defect.aspx. (accessed April 18, 2021).

  • Harvard

    Laguipo, Angela. 2019. Os genes ciliary transformados amarraram ao defeito congénito em válvula de coração. News-Medical, viewed 18 April 2021, https://www.news-medical.net/news/20190917/Mutated-ciliary-genes-tied-to-heart-valve-birth-defect.aspx.