Tinta Rx? Boa vinda ao mundo camuflado de tatuagens paramédicos

A primeira tatuagem da unha partiu como um gracejo por um homem que perdesse as pontas de dois dedos em um acidente da construção em 2018.

Mas isso deslocado após Eric Catalano, um auto gerente da finança girou o artista da tatuagem, terminado com sua agulha.

“O humor mudou dentro aqui,” Catalano recordou enquanto estêve em seu estúdio eterno da tatuagem da tinta. “Tudo girou de engraçado para uau.”

Quando Catalano afixou uma foto das unhas cobertas em linha em janeiro passado, pensou que talvez 300 povos gostariam da tatuagem realística. Não teve nenhuma ideia que a imagem seria vista por milhões de pessoas em todo o mundo. Mesmo “Ripley acredita-a ou não!” seguido lhe para baixo para caracterizar a tatuagem viral: um par de unhas que olharam tão real ninguém poderia acreditar seus olhos.

A foto viral empurrou Catalano, 39, promove no mundo de tattooing paramédico. Agora os povos com cicatrizes dealteração vêm até da Irlanda visitar a loja da tatuagem de Catalano nesta vila rural aproximadamente 30 milhas fora de St Louis. Entram na tinta eterno que procura o toque que cura viram em linha. Com tinta carne-tonificada e uma agulha, Catalano faz seus clientes sentir outra vez inteiros com uma forma de arte e uma indústria que pegare onde os doutores saem fora.

Catalano é conhecido para seu talento com unhas intrincadas e enchimento nas placas deixadas vazias por acidentes ou por cirurgias, mas outros artistas paramédicos da tatuagem igualmente estão tentando pigmentos carne-tonificados para camuflar imperfeições, cicatrizes e descolorações para todas as cores da pele.

Usando tatuagens para misturar-se dentro um pouco do que esteja é para fora um campo relativamente novo. Uma Atlanta exterior começada escola aproximadamente quatro anos há treinou mais de 100 artistas paramédicos de aspiração da tatuagem.

Porque o trabalho é considerado cosmético, embora, não é coberto tipicamente pelo seguro médico. Ainda, a indústria na maior parte não regulada continua a crescer mesmo enquanto os profissionais dos cuidados médicos debatem a segurança da tinta da tatuagem. Muitos povos são dispostos pagar o para fora--bolso por essa parte final de cura.

Leslie Pollan, 32, uma mamã caseiro e criador de cão em Oxford, Mississippi, sente que este serviço é impagável. Foi mordida na face por um cachorrinho em 2014. Submeteu-se a cirurgias incontáveis para corrigir uma cicatriz em seu bordo.

“Eu fui aos cirurgiões plásticos que foram supor ser o melhor em Memphis,” Pollan disse. “Não me deram nenhuma esperança, assim que eu comecei procurar outras opções.”

Viajou finalmente seis horas para uma sessão paramédico da tatuagem com Catalano. Usou a tinta e a sua agulha da tatuagem para camuflar a cicatriz do bordo de Pollan, dando lhe para trás uma parte de sua confiança.

“Você não compreende até que você esteja com ela,” Pollan disse. “Fez-me realmente ter uma probabilidade diferente na vida.”

Um negócio crescendo

Mais de 500 milhas da loja de Catalano, o perito da indústria e instrutor paramédico Feleshia Sams da tatuagem, 41, artistas das mostras e profissionais de saúde como cobrir marcas de estiramento, cicatrizes da cirurgia e pele descolorada com o pigmento carne-tonificado no curso que se lançou na academia de cosméticos avançados em Alpharetta, Geórgia.

Quando uma licença da tatuagem for exigida para tal trabalho, o treinamento paramédico separado da tatuagem não é.

Catalano auto-é ensinado. Usa as técnicas que pegarou anos há ao ajudar os sobreviventes do cancro da mama que quiseram as tatuagens dos areolas - a área escura em torno dos bocais - em seguida ter mastectomias. Aquelas tatuagens estão entre os pedidos paramédicos os mais comuns.

Sua avó estêve com o cancro da mama. Sua batalha com a doença é uma razão Catalano é dedicada assim a ajudar aqueles com o diagnóstico.

O “cancro levou embora uma parte de meu corpo que eu posso nunca receber de volta,” disse Sarah Penberthy, um sobrevivente do cancro da mama que viesse de Festus, Missouri, para tatuagens do areola. “Eu senti como eu era nem sequer humano.”

Penberthy, 39, disse que era grata para sua vida mas ainda sentia incompleta até que Catalano pisou dentro. Tattooed bocais e um projecto criativo da âncora de um navio em sua caixa que me diz “RECUSA AFUNDAR-SE.”

Catalano faz agora até oito tatuagens reconstrutivos cada “bem-estar quarta-feira,” desenho em bases do prego em amputados do dedo e zombaria acima dos umbigos depois que dobras da barriga.

Catalano não cobra para tatuagens paramédicos. Uma página de GoFundMe estabeleceu trazido no ano passado em mais de $12.000, permitindo que Catalano doe suas habilidades pelo momento.

“Financeira não faz o sentido, mas é apenas algo que eu amo fazer,” Catalano disse.

Mas o único pai de três precisará mais de manter ir das coisas. Quer encontrar outras maneiras de financiar seu trabalho.

Em outra parte, o negócio de tatuagens paramédicos é apoiado pelo interesse crescendo em cosmético e cirurgia plástica, Sams disse. Os americanos gastaram mais de $16,5 bilhões em procedimentos cosméticos em 2018. Depois que as dobras da barriga, os aumentos do peito e outros procedimentos, alguns pacientes querem cobrir suas cicatrizes.

“Está indo descolar ainda mais do que o que nós vimos no passado,” disse Sams. “Nós estamos fornecendo estudantes uma maneira não-tradicional de fazer uma carreira.”

Adicionou que uma dela graduados relata um salário de seis números após ter estabelecido um negócio do seus próprios.

Cada vez que eu ver essa emoção, eu sou 100% certo isto sou algo que eu não posso parar de fazer.”

Eric Catalano

Tatuagens da tentativa e erro

Cliente da unha de Catalano o primeiro, Mark Bertram, 46, perdeu as pontas de dois dedos no trabalho quando sua mão se tornou prendida em uma correia de ventilador.

“É vida que muda mas não é término da vida,” Bertram disse. “Fazer o trabalho é mais duro agora. Tudo é apenas um pouco de diferente.”

Não pode amarrar suas sapatas facilmente, datilografá-las em um teclado ou guardarar o alimento a mesma maneira anymore. Mas após duas cirurgias e a terapia ocupacional, decidiu fazer a luz de sua condição nova pedindo Catalano para criar a tatuagem da unha. A ideia fez todos no riso do estúdio até elas considerou o resultado final.

Bertram retornou à loja para um toque-acima. A manutenção ajuda seus pregos a manter seu olhar realístico. A tinta em tatuagens da unha, contudo, não absorve sempre na pele da cicatriz-tissued.

As duas tatuagens da unha que José Alvarado, 44, do bosque de Pingree, Illinois, obtido de Catalano vestiu em novembro fora dentro das semanas.

Alvarado tinha assentado bem em um amputado 16 anos há quando danificou dois dedos no trabalho em uma fábrica da impressão. Resistiu duas cirurgias após o acidente e tinha-as decidido visitar o estúdio da tatuagem de Catalano de sua HOME fora de Chicago após ter visto o trabalho do artista em linha. Embora fosse virado quando as tatuagens vestiram primeiramente fora, disse ele, gostaria de tentá-las outra vez porque gostou de como olhou.

Catalano nao certo porque trabalham para o algum e não outro.

Obter os mesmos resultados para povos com tons de pele mais escuros é igualmente um desafio porque a cor de suas bases do prego não combina a cor de sua pele. E as tatuagens paramédicos do tipo para a pessoa de cor podem ser mais difíceis de executar, que é uma razão Sams criou uma linha de 30 pigmentos pele-colorido e da sugestão para profissionais treinados que vende em linha e em sua escola. Catalano segue a tinta que se usa enquanto continua a figurar para fora coisas ao longo do caminho.

“Não pode ser um-tamanho-toda coisa que cabe todos,” ele disse.

Catalano ainda faz tatuagens regulares fora do estúdio que estabeleceu mais de 10 anos há. Sua taxa de $100 pela hora para aquelas tatuagens ficou o mesmos quando doar seu trabalho paramédico cada quarta-feira.

“Cada vez que eu ver essa emoção, eu sou 100% certo isto sou algo que eu não posso parar de fazer,” que ele disse.


Notícia da saúde de KaiserEste artigo foi reimprimido de khn.org com autorização da fundação de Henry J. Kaiser Família. A notícia da saúde de Kaiser, um serviço noticioso editorial independente, é um programa da fundação da família de Kaiser, uma organização de investigação nonpartisan da política dos cuidados médicos unaffiliated com Kaiser Permanente.