Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

O estudo descobre os factores ligados com a terapia de interrupção do cancro da mama

Para mulheres com cancro da mama receptor-positivo da hormona, a terapia a longo prazo da glândula endócrina pode extremamente reduzir o risco de retorno. Muitas mulheres, especialmente aquelas em populações underserved, não continuam o tratamento, contudo. Um estudo novo da Psicótico-Oncologia descobre alguns dos factores que podem ser involvidos.

No estudo de 1.231 mulheres que terminaram questionários, 59% relatou pelo menos uma barreira à aderência à terapia da glândula endócrina. Três factores foram identificados como importantes: hábito (desafios que se tornam medicamentação-tomando o comportamento), trocas (efeitos secundários e interesses percebidos da segurança da medicamentação), e barreiras do recurso (desafios relativos ao custo ou à acessibilidade). A raça preta foi associada com o relatório aumentado de todos os três destes factores.

A terapia da glândula endócrina pode oferecer um benefício grande para sobreviventes do cancro da mama, mas muitas das estratégias que nós nos usamos para ajudar as mulheres que se estão esforçando com a aderência da medicamentação são projectadas somente endereçar uma barreira de cada vez. Nosso estudo encontra que há pelo menos três tipos distintos das barreiras que as mulheres puderam experimentar ao tomar a terapia da glândula endócrina--sugerir as estratégias dessa intervenção que podem ajudar a endereçar imediatamente barreiras múltiplas pôde ser mais eficaz, especialmente para mulheres negras.”

Jennifer Spencer, PhD, autor principal, universidade de North Carolina em Chapel Hill

Source:
Journal reference:

Spencer, J.C., et al. (2020) Factors Associated with Endocrine Therapy Non‐Adherence in Breast Cancer Survivors. Psycho-Oncology. doi.org/10.1002/pon.5289.