Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Os pesquisadores localizam a variação genética responsável para a revelação do IBD

Os pesquisadores no hospital de crianças de Philadelphfia (CHOP) localizaram uma variação genética responsável para conduzir a revelação da doença de entranhas inflamatório (IBD). O caminho genético associado com esta variação é envolvido em outras desordens imunes, sugerindo que o mecanismo que identificaram poderia servir como um alvo terapêutico importante. Os resultados foram publicados hoje pelo jornal de Crohn e de colite.

Os dois formulários principais do IBD, da doença de Crohn e da colite ulcerosa, têm um componente genético importante. Mais de 240 regiões genéticas foram identificadas que associam com o IBD, mais do que toda a outra condição patológica que for estudada. Contudo, como cada região genética tem marcadores múltiplos, é importante identificar aqueles que são causal involvidos.

Usando uma variedade de ensaios e último modelo que arranjam em seqüência métodos, a equipe de estudo procurou caracterizar o único polimorfismo rs1887428 (SNP) do nucleotide, que é ficado situado na região do promotor do gene JAK2. A proteína codificada por este gene é responsável para controlar a produção de glóbulos. As mutações de JAK2 foram ligadas aos vários cancros de sangue. As drogas múltiplas foram desenvolvidas para visar o caminho de JAK para tratar desordens e malignidades auto-imunes. Contudo, os marcadores genéticos e biológicos são necessários determinar se os pacientes lhes responderão.

Nós escolhemos este SNP para o estudo detalhado devido a sua probabilidade alta para alterar a expressão JAK2. O modelo que nós estabelecemos neste estudo pode ajudar-nos a aprender mais sobre o outro SNPs causal associado com outras doenças auto-imunes.”

Christopher Cardinale, DM, PhD, um cientista no centro para genómica aplicada na COSTELETA e primeiro autor do estudo

O estudo identificou as proteínas conhecidas como os factores da transcrição, que regulam a expressão genética, que foi associado com este SNP particular. Dois factores da transcrição em particular--RBPJ e CUX1--pode reconhecer a seqüência do ADN alterada pelo rs1887428 SNP. Adicionalmente, os pesquisadores encontraram que quando o SNP tiver somente uma influência muito modesta na expressão JAK2, o efeito estêve amplificado por outras proteínas no caminho JAK2.

“Usando este método, nós acreditamos nós adicionamos uma ferramenta importante a nosso arsenal de métodos da atribuição do SNP-à-gene, permitindo que nós localizem a doença-condução das mutações genéticas que têm sido previamente difíceis atribuir correctamente o risco,” dissemos Hakon Hakonarson, DM, PhD, director do centro para genómica aplicada na COSTELETA e no autor superior do papel. “Este estudo em particular igualmente fornece a evidência que as drogas que visam JAK2 podem fornecer algum benefício para aqueles pacientes que sofrem do IBD que levam as mutações que upregulate o caminho JAK2, embora tais as aproximações precisão-baseadas precisariam de ser validadas em estudos clínicos.”

Source:
Journal reference:

Cardinale, C.J., et al. (2020) Regulation of Janus Kinase 2 by an Inflammatory Bowel Disease Causal Non-coding Single Nucleotide Polymorphism. Journal of Crohn's and Colitis. doi.org/10.1093/ecco-jcc/jjz213.