Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

Os pesquisadores identificam o agente da anticoagulação que suprime a réplica SARS-CoV-2 in vitro

A infecção do coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2) pode causar a síndrome de aflição respiratória aguda, o hypercoagulability, a hipertensão, e a deficiência orgânica multiorgan.

Nos últimos meses, SARS-CoV-2 espalhou gradualmente a mais de 200 países e regiões, tendo por resultado mais de 500.000 mortes global.

Os antivirais eficazes com perfil clínico seguro são urgente necessários melhorar o prognóstico total. Em uma análise de uma coorte aleatòria recolhida de 124 pacientes com COVID-19, os autores encontraram que o hypercoagulability como indicado por concentrações elevados de D-dímero estêve associado com a severidade da doença.

Pela selecção virtual de uma biblioteca aprovada FDA da droga dos E.U., os autores identificaram um dipyridamole do agente da anticoagulação (DIP) in silico, que suprimisse a réplica SARS-CoV-2 in vitro.

Em uma experimentação do prova--conceito que envolve 31 pacientes com o COVID-19, o suplemento do MERGULHO foi associado com as concentrações significativamente diminuídas dos D-dímero (P<0.05), a recuperação aumentada do linfócito e da plaqueta na circulação, e melhorou marcada resultados clínicos para os pacientes severamente doentes em comparação com os pacientes do controle.

Em resumo, o MERGULHO podia ser usado para o tratamento de pacientes severamente doentes com o COVID-19 com os efeitos do antiviral e da anticoagulação.

Source:
Journal reference:

Liu, X., et al. (2020) Potential therapeutic effects of dipyridamole in the severely ill patients with COVID-19. Elsevier. doi.org/10.1016/j.apsb.2020.04.008.