Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

O laboratório do PROJECTO e do TTDD de HEARTROID no MIT partner para desenvolver dispositivos inovativos

O PROJECTO de HEARTROID e o laboratório de TTDD no MIT anunciaram hoje uma parceria criativa. A plataforma® de HEARTROID, um simulador cateter-baseado, participará no esforço do laboratório de TTDD de validar o desempenho do dispositivo com seu pulsatile e os modelos impressos 3D anatômica precisos, ajudando aceleram a revelação do dispositivo cirúrgico do conceito ao teste.

Indicação do PROJECTO de HEARTROID: “HEARTROID® ajudará à procura de comunidade de investigação científica a empurrar para a frente com dispositivos cateter-baseados novos e inovativos que ajudam finalmente a melhorar o resultado paciente. Nós olhamos para a frente a distribuir nossa experiência 3D com HEARTROID® para ajudar ao laboratório de TTDD no MIT a projectar os dispositivos médicos novos que sem emenda integram com e aumentam funções biológicas nativas.”

Indicação do MIT: “Nós somos excitados partnering com PROJECTO de HEARTROID para desenvolver e validar dispositivos inovativos com o potencial para o impacto clínico significativo. O teste e a avaliação detalhados do dispositivo cardiovascular funcionam e o desempenho é crítico para a aprovação reguladora bem sucedida e a aplicação clínica. Nós escolhemos a plataforma® de HEARTROID para que sua capacidade recapitule anatomias paciente-específicas humanas múltiplas, e incorpore-as sem emenda em um modelo cardíaco sintético do benchtop.”

Sobre o PROJECTO de HEARTROID: De “o PROJECTO HEARTROID” foi começado em 2013 pela escola da universidade de Osaka do departamento da medicina de Cardiovascular Medicina, JMC Corporaçõ e Fuyo Corporaçõ, apontando para desenvolver um sistema de treinamento com um modelo do coração e uma bomba pulsatile para cardiologistas e estudantes de Medicina interventional. Nossa divisa do projecto é “contribui às operações cardíacas seguras do cateter para os pacientes pelo mundo inteiro através do simulador tornando-se do cateter.” Este projecto foi apoiado pela agência de Japão para a investigação médica e a revelação (AMED).

Sobre HEARTROID®, criado pelo PROJECTO de HEARTROID: HEARTROID® oferece imagens angiográficas claras sob a fluoroscopia do raio X no laboratório da catedral, com uma estadia curto da preparação. Do treinamento completo baseado na prática da fluoroscopia do raio X ao treinamento da imagem em uma mesa, os médicos e os profissionais dos cuidados médicos podem facilmente praticar a operação do cateter em todo o ambiente. O 3D transparente especializado imprimiu trabalhos do coração sem emenda sob a fluoroscopia do raio X, assim como outras técnicas de imagem lactente de uso geral no laboratório da catedral. Morder 3D anatômica preciso e pulsatile modela, HEARTROID® é usada igualmente extensivamente por reveladores principais do dispositivo médico com a finalidade do R&D, do teste, e do controle da qualidade. HEARTROID® foi criado com o PROJECTO de HEARTROID e colocado no mercado em 2015 de JMC Corporaçõ, e até agora disponível em 15 países em todo o mundo. Não é “um dispositivo médico” sob o “acto na segurança da segurança.”

Sobre o laboratório de TTDD na pesquisa do MIT no laboratório de TTDD no MIT aponta projectar e desenvolver os dispositivos médicos implantable que aumentam ou ajudam à função nativa. Nós pedimos princípios da natureza para projectar dispositivos terapêuticos implantable, biomimetic. A pesquisa é categorizada amplamente em três dispositivos mecânicos áreas da assistência e do reparo de (i), (ii) dispositivos da entrega do matéria biológico e da terapia e (iii) revelação modelo aumentada do teste pré-clínico e computacional. Nossa visão é conduzir uma SHIFT do paradigma na aproximação a apoiar e a reparar órgãos com a função mecânica intrínseca (exemplificada pelos sistemas cardíacos e respiratórios) projetando as soluções a que adira fundamental, e integra a tecnologia em, a biomecânica complexa inerente do tecido, para melhorar finalmente a qualidade de vida para aquelas com órgãos disfuncionais em conseqüência da doença, defeitos congenitais, ou ferimento.