Aviso: Esta página é uma tradução automática da página original em inglês. Por favor note uma vez que as traduções são geradas por máquinas, não tradução tudo será perfeita. Este site e suas páginas da Web destinam-se a ler em inglês. Qualquer tradução deste site e suas páginas da Web pode ser imprecisas e imprecisos no todo ou em parte. Esta tradução é fornecida como uma conveniência.

As ondas futuras de COVID-19 conduzirão provavelmente a uns fechamentos mais adicionais da escola

Os pesquisadores no Reino Unido advertiram aquele dado como as ondas futuras da doença 2019 do coronavirus (COVID-19) parecem ser inevitáveis, ele são prováveis que as escolas estarão postas sob uma pressão mais adicional se fechar.

A equipe diz que os fechamentos negativos da escola dos impactos poderiam ter em crianças e a sociedade em grande deve apropriadamente ser considerada antes de decidir se continuar.

A peça que jogo de crianças na transmissão do coronavirus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2) o agente que causa COVID-19 - permanece obscura.

Contudo, a evidência actual sugere que ao contrário de outros vírus respiratórios, o ajuste educacional faça somente uma parte pequena na transmissão SARS-CoV-2 uma vez que as medidas de controle foram executadas.

Os pesquisadores dizem medidas pandémicas da mitigação que o bem estar das crianças do impacto não deve ser executado a menos que houver a prova suficiente que este ajudaria.

Matthew Snape (universidade de Oxford) e Russel Viner (University College Londres) expressaram suas opiniões em uma parte da opinião publicada recentemente na ciência do jornal.

Ponto de vista: COVID-19 nas crianças e em jovens. Crédito de imagem: Olhares fixos de Becky/Shutterstock
Ponto de vista: COVID-19 nas crianças e em jovens. Crédito de imagem: Olhares fixos de Becky/Shutterstock

As crianças tinham sido esperadas ser um componente-chave na transmissão

A propagação inaudita e em curso de SARS-CoV-2 levantou desafios significativos em termos de controlar o cuidado das crianças e dos adolescentes no mundo inteiro.

Os fechamentos difundidos das escolas em resposta à pandemia COVID-19 reflectiram a suposição razoável, dada manifestações precedentes de vírus respiratórios, que as crianças fariam uma parte fundamental na transmissão.

Contudo, um corpo crescente da evidência sugeriu que este não fosse necessariamente o caso.

Ao contrário do teste padrão usual da infecção viral respiratória, as crianças e os adolescentes estão em um risco significativamente mais baixo de desenvolver COVID-19 sintomático, comparado com todos grupos de idade restantes.

Contudo, um interesse é derramamento viral potencial entre crianças assintomáticas e as associações tornando-se das escolas da circulação viral de que a transmissão às HOME dos alunos e além poderia ocorrer.

Dado que as escolas foram fechados ao lado da aplicação de várias medidas do lockdown, foi difícil calibrar se o fechamento das escolas fornece qualquer benefício sobre outras intervenções.

A evidência sugere que a transmissão para a frente através das crianças seja mínima

A “evidência dos estudos deseguimento sugere que as crianças e os adolescentes sejam menos suscetíveis à infecção SARS-CoV-2 do que adultos,” escreve a equipe.

Os estudos múltiplos demonstraram somente a transmissão para a frente mínima de SARS-CoV-2 em escolas preliminares e secundárias. Depois da re-abertura das escolas primárias no Reino Unido, por exemplo, no somente 1 de 23.358 cotonetes nasais tomados das crianças teve em junho de 2020 níveis detectáveis do vírus.

Além disso, as avaliações recentes conduzidas em vários países europeus encontraram que a re-abertura das escolas não teve em abril e maio nenhum efeito significativo na transmissão da comunidade. O número de infecções continuou geralmente a cair uma vez que as escolas tinham reaberto.

“Relativo a seu risco de contratar a doença, as crianças e os adolescentes foram afectados desproporcionalmente por medidas do lockdown,” Snape e Viner escreve. Os “advogados das saúdes infanteis precisam de assegurar-se de que os direitos das crianças ao cuidado de saúde e social, o apoio da saúde mental, e a educação estejam protegidos durante todo ondas pandémicas subseqüentes.”

Os próximos meses serão importantes para avaliar a eficácia das intervenções

Os exemplos das medidas da mitigação que estão sendo executadas como as escolas reabrem através do hemisfério Norte incluem a criação de coortes ou de “bolhas separadas” dos alunos com a interacção mínima, o uso de máscaraes protectoras em áreas aglomeradas, e a selecção regular dos alunos e do pessoal.

Os próximos meses fornecerão um indicador valioso da hora de avaliar que destas intervenções são o mais eficazes em reduzir a transmissão. Isto ajudará a criar uma “melhor prática padrão” que se assegure de que os direitos do jovem a uma educação não estejam transgredidos ao igualmente os proteger na comunidade mais larga.

Contudo, os pesquisadores dizem que haverá inevitàvel caixas dos alunos contaminados que atendem à escola e que algumas manifestações da escola são prováveis.

Os efeitos potenciais de manter escolas fechados

Não obstante, manter-se educa fechado quando os sectores do retalho e da hospitalidade reabrirem são difíceis de justificar, dado o negativo indirecto impactam isto poderiam ter em jovens e a sociedade, diz a equipe. As avaliações sugerem até agora que o impacto na educação poderia conduzir a um quarto da mão-de-obra das nações que é depois de meados de 2020 s menos especializado e a perda de biliões de dólares da riqueza.

Outros riscos às crianças incluem a re-emergência potencial das doenças tais como o sarampo em conseqüência do rompimento aos programas de vacinação e de um aumento nos ferimentos acidentais e nonaccidental na HOME devido às crianças que são menos visíveis aos serviços de protecção.

Os efeitos adversos na saúde mental do jovem devem igualmente ser considerados, escrevem os pesquisadores.

“Por exemplo, a evidência preliminar sugere que mortes pelo suicídio de jovens sob 18 anos velho aumentado durante o lockdown em Inglaterra,” dizem.

Há agora uma base da evidência em que para basear decisões

Contudo, há agora uma base da evidência em que basear decisões, e em fechamentos da escola deve ser empreendido com o trepidação dado o indirecto prejudica que incorre, diz a equipe.

“As medidas pandémicas da mitigação que afectam o bem estar das crianças devem somente acontecer se a evidência existe que ajudam porque há a abundância da evidência que prejudicam,” os autores concluem.

Journal reference:
Sally Robertson

Written by

Sally Robertson

Sally has a Bachelor's Degree in Biomedical Sciences (B.Sc.). She is a specialist in reviewing and summarising the latest findings across all areas of medicine covered in major, high-impact, world-leading international medical journals, international press conferences and bulletins from governmental agencies and regulatory bodies. At News-Medical, Sally generates daily news features, life science articles and interview coverage.

Citations

Please use one of the following formats to cite this article in your essay, paper or report:

  • APA

    Robertson, Sally. (2020, October 18). As ondas futuras de COVID-19 conduzirão provavelmente a uns fechamentos mais adicionais da escola. News-Medical. Retrieved on January 28, 2021 from https://www.news-medical.net/news/20201018/Future-waves-of-COVID-19-will-likely-lead-to-further-school-closures.aspx.

  • MLA

    Robertson, Sally. "As ondas futuras de COVID-19 conduzirão provavelmente a uns fechamentos mais adicionais da escola". News-Medical. 28 January 2021. <https://www.news-medical.net/news/20201018/Future-waves-of-COVID-19-will-likely-lead-to-further-school-closures.aspx>.

  • Chicago

    Robertson, Sally. "As ondas futuras de COVID-19 conduzirão provavelmente a uns fechamentos mais adicionais da escola". News-Medical. https://www.news-medical.net/news/20201018/Future-waves-of-COVID-19-will-likely-lead-to-further-school-closures.aspx. (accessed January 28, 2021).

  • Harvard

    Robertson, Sally. 2020. As ondas futuras de COVID-19 conduzirão provavelmente a uns fechamentos mais adicionais da escola. News-Medical, viewed 28 January 2021, https://www.news-medical.net/news/20201018/Future-waves-of-COVID-19-will-likely-lead-to-further-school-closures.aspx.